25 comentários em “Capa do Bola, edição de quinta-feira, 26

  1. Neste momento, enquanto aguardo com o coração batendo forte de felicidade a hora exata de me dirigir ao Evandro Almeida. O estádio paraense, que acolheu e que viu desfilar sob o seu gramado, o maior número de consagrados craques do futebol brasileiro e até mundial, volto um pouco ao tempo, e me recordo da noite do 27/09/1972. Quando eu ainda garoto um menino de nove anos de idade, um apaixonado torcedor do mais querido, vislumbrava, sonhava com o momento de estar dentro do nosso querido estádio, e ver de perto , Ado, Zé Maria, Rivelino, consagrados tri campeões mundiais de futebol, além de outros valorosos atletas do Corinthians paulista, como Baldochi, Vaguinho, Mirandinha, Aladim e Paulo Borges, comandados pelo conhecido Duque. Foi um jogo inesquecível, de um lado o timaço do Leão e do outro a força e tradição do timão paulista. As nove da noite baenão lotado, pena que que naquela época, o público não era informado, porém creio que mais de vinte mil azulinos, estavam ali para prestigiar mais uma histórica partida de futebol. O mais querido embalado , marca logo aos 10 minutos com o gigante Alcino, o mesmo Alcino, que na data de 28/04/1972, humilhou o freguês listrado dentro da curuzu, ao driblar toda a zaga bicolor e sentar na bola dentro da área do listrado, sob os olhares perplexos de todos os presentes. Feito o registro, volto ao grande jogo. Embalado pelo já na época Fenômeno Azul, o leão chega aos 2 x 0 aos 18 minutos com um gol do craque Roberto Diabo Louro.. Jogo eletrizante contra um gigante do futebol brasileiro, que não se entrega e aos 36 minutos do primeiro tempo, Mirandinha balança as redes azulinas diminuindo a vantagem azul. O primeiro tempo termina , e eu nervoso delirava de emoção. Os times voltam para o segundo tempo e o jogo mais eletrizante fica, chances perdidas de um lado e do outro, Dico e Ado se transformam em duas verdadeiras muralhas. Porém aos 46 minutos do segundo tempo, Lance que havia entrado no lugar do meia Tião, marca de cabeça e empata aquele histórico confronto. E eu, uma mistura de euforia e decepção, no fundo no fundo , retornaria para casa com o coração batendo mais forte ainda, com a certeza de que havia assistido, testemunhado um jogo que entraria para a história do nosso futebol. Relato esse fato, para dizer que 41 anos depois, o mesmo sentimento se apossa de mim, a mesma expectativa e a mesma emoção. Pois acima de tudo digo, que o mais importante de tudo isso, é torcer, vibrar, se emocionar com o filho da gloria e do triunfo. Independentemente de quem seja o seu adversário ou competição disputada.

    Curtir

  2. Eita que o velho Roça tá cunsca! Baixou Ataulfo Alves: “eu não sei porque que a gente cresce, se não sai do peito essa lembrança…eu era feliz e não sabia”.

    Curtir

  3. Pergunta básica aos amigos do blog:o que caracteriza um grande clube, as vitórias ou os titulos?é evidente que são os titulos,prova disso ´e que muitos clubes comemoram titulos mesmo perdendo jogo decisivo por já terem obtido vantagens em partidas anteriores.sendo assim vamos a um breve comparativo com a dupla rexpa:

    campeonato paraense :papão 45 titulos
    remorto 42 titulos

    campeonato brasileiro série b :papão 2 titulos
    remorto 0 titulos(nunca vai ser)

    campeonato brasileiro série c: papão 0 titulos (nunca vamos ser,porque nunca mais jogaremos esta maldita série)
    remorto 1 titulo (quase se mataram de tanto comemorar,imagina se um dia ganhassem a série b)

    copa dos campeões : papão 1 titulo (inesquecivel)
    remorto 0 titulo (sem comentários)

    Conclusão:Não há a minima condição de compararação,o papão tem mais titulos,já disputou a taça libertadores,foi campeão do norte,é o atual campeão paraense e esta representando o Pará na série b,enquanto isto o remorto vai vivendo na lama,não conquista um mísero parazão desde 2008 e vive SEM DIVISÃO.

    Curtir

  4. Mauricio, isso é tática, prá não ser esquecido, como está no limbo, no ostracismo, só lhe resta incorporar, como bem lembrastes, o Ataulfo Alves, aliás, ele deve aproveitar mesmo as últimas oportunidades que tem, prá ir ao estádio dêle, pois o retalhamento já começou, o grupo de farmácias correu da raia, mas as construtoras estão avançando, vão começar pela esquina da Almirante Barroso onde tem um pedaço de terra de ninguém, durante muito tempo utilizado como espaço destinado à jogatina e outros descaminhos, até que enfim, darão utilidade social àquele rincão.
    Quanto ao objeto da capa do Bola, vai longe esse moleque, principalmente, porque agora está no comando, alguém que além de conhecer do riscado, sabe trirar o máximo potencial, de cada atleta, é só não cair na gandaia.

    Curtir

  5. Amigo Jairo, agora espera que eles vão falar de tabu, penta, 100% e outras bobagens que só interessam a eles.

    Aguarda….

    Curtir

  6. Rocildo,na tua idade(pensava q fosses mais novo),ainda vives sob ilusão de filmes que já se passaram há séculos ? Vou sugerir ao Gerson,que faça-te uma homenagem no espaço: ” O passado é uma parada”. Só que vou pedir autorização para colocarem assim ” O Rocildo e o seu time,pararam na parada ” KKKKKKKKKKKKK ! Coitados, por isso que ele chora e seca todo dia. Tenho medo q um dia dê a louca e ele vire “PAPÃO”.Com todo respeito !

    Curtir

  7. Amigo Joseney, sempre ouv dizer que contra fatos não existem argumentos,comprovadamente o paysandu,é o clube que deu as maores glórias para o estado do Pará.

    Curtir

  8. Remorto deveria mudar o mascote de leão para o caranguejo,pois como todos sabem este infeliz clube vive na lama faz um bom tempo.

    Curtir

  9. O remorto deveria mudar de mascote e nome, também. Remo é coisa ultrapassada a onda agora é RABETA.
    Quanto sofrimento dos sem divisão.
    O novo mascote deveria ser o pato que morre na véspera da festa.
    hahahahaha…. o PATO AZUL é o novo mascote do remorto.

    Nome: RABETA (ao menos conserva o R inicial)
    Mascote: PATO AZUL (mantém pelo menos o azul)kkkkkkkkkkk….

    Curtir

  10. Olha sinceramente, tô com pena do Rocildo, eu realmente achava q ele era mais novo e outra coisa, isso é delírio, tô com pena do Remo, é muito escroto ser remista.

    Curtir

  11. Meus fregueses a grandeza do mau apaixonante clube está dentro de mim, dentro da minha alma, dentro do meu coração. Salve o mais amado, querido e maior clube do Norte brasileiro. O primeiro a representar nossa região em uma primeira divisão e aquele que melhor representou a mesma tanto na primeira quanto na Copa do Brasil. E mais uma dica, o mais querido também ganha fora kkkkk.

    Curtir

  12. Fico imaginando quando o remorto tiver divisão (se um dia tiver…),
    e os torcedores nas arquibancadas carregando orgulhosamente seu mascote o “PATO AZUL DE ANTÔNIO BAENA”

    hahahahahah….. e quem não conhece a lenda do clube (história o clube não tem) irá perguntar: por que o nome desse clube é RABETA? o sofredor explica: porque remo não se usa mais. e o interlocutor pergunta novamente: por que o mascote é PATO? o sofredor esclarece: Pato não participa da festa, morre na véspera, igual ao extinto remorto. hahahahah…..

    Uma coisa é certa. Qualquer coisa é mais bonita que aquela estátua escrota.

    Curtir

  13. Ganhei o CD com Samba do Rancho do carnaval de 2014, homenageando o mais importante clube do Norte do Brasil, o PAYSANDU.
    PAPÃO………

    Curtir

  14. O Passado dele é um dos mais longos.Será que é da era das Pedras.? Ele so fala em mil novecentos e antigamente ! Parece a música do Cazuza,salve engano: “O tempo não para ” O que um ex time nao faz na cabeça de torcedor inveterado !

    Curtir

  15. Meus caros e eternos fregueses listrado, nesse momento quando o relógio marca pontualmente 18:04 da noite de 26/09/2013, , eu me de despeço de vocês, pois irei tomar um banho, e vestir a mais linda e exuberante camisa do futebol brasileiro, aquela camisa que Márcio Guedes, hoje comentarista da Rede Brasil, momentos antes de testemunhar o Leão Azul, eliminar da Copa do Brasil, dentro de São Januário, o renomado Vasco da Gama, quando o mais querido entrou em campo, disse a todos que acompanhavam aquele momento, pela televisão : – Muito bonito o uniforme do Clube do Remo, lembra muito a camisa da seleção escocesa. Eu que já vi clubes do mundo inteiro jogar, não tenho medo em afirmar, que trata-se de um dos mais belos uniforme do futebol mundial. Nesse momento, eu e todos os azulinos vibramos, os listrados que secavam, se entreolharam e logo discordaram. Saliento, que como esse jogo foi jogado no dia 21/03/1991, uma quinta feira a tarde, azuis e listrados se acotovelavam torcendo e secando no salão de refeição da E B C T, na Senador Lemos 1749 , já que estávamos em horário de trabalho. Pois bem estarei agora elegantemente uniformizado, como disse Márcio com uma das mais belas camisas do futebol mundial, seguindo rumo ao aconchegante Evandro Almeida, ver e me emocionar com o meu amado Clube do Remo. Tenham uma boa noite, meus eternos fregueses listrados.

    Curtir

  16. kkkk…esse rocildo é hilário., esse sim sabe viver com ele não tem tempo ruim, o time dele tá no fundo do poço e ele tirando onda.

    Curtir

  17. O seu roça já viveu nessa terra 50 anos e fica parece pinto no lixo com o que o seu cachorro de peruca já lhe deu, ainda bem, pois se fosse Paysandu já tinha infartado de tanta felicidade.
    Esse coração não ia aguentar uma conquista da copa Norte quanto mais uma copa dos campeões…

    Nessas horas ser remista tem suas vantagens. Tanto é verdade que o próprio Caxiádo já passou muito aperreio com aquele coração dele, inclusive no ar.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s