Archive for abril, 2012

Uma gandula de sucesso

Loco Abreu marcou dois gols. Maicosuel fechou a vitória por 3 a 1 sobre o Vasco. Fellype Gabriel teve grande atuação. Os heróis do título da Taça Rio conquistado pelo Botafogo no último domingo são muitos. Mas na segunda-feira, uma mulher dividiu os holofotes. Fernanda Maia, a gandula que “iniciou” a jogada do primeiro gol alvinegro curtiu a fama repentina sob a marcação do namorado Jonatan. E, no dia seguinte do seu grande momento desde que passou a trabalhar na beira do campo, ela revelou que não conseguiu acompanhar o prosseguimento da jogada.

Assim que lançou a bola para Maicosuel cobrar o lateral, Fernanda saiu correndo para buscar a bola que tinha sido rebatida por Fagner. Ela só foi perceber que Loco Abreu tinha aberto o placar quando viu a reação dos torcedores. Aí escancarou o sorriso. “Foi tudo muito rápido. Eu não entendi nada. A gente tem essa preocupação de repor a bola rapidamente para os dois lados. Nunca tinha acontecido comigo de sair um gol após eu devolver a bola. Mas o Maicosuel foi esperto e calhou de ser com o meu Botafogo. E eu nem pude ver. Só pela televisão mesmo (risos)”, afirmou Fernanda, sem ter a real dimensão de que uma reposição de bola fosse dar tanto estardalhaço.

Bonita, simpática e com o sorriso aberto, a professora de educação física de 23 anos tirou inúmeras fotos com admiradores. E acompanhando tudo de longe estava o seu marcador mais implacável: Jonatan Peixoto. Namorado de Fernanda há sete anos, o também botafoguense se mostrou surpreso com tanto assédio. Mas, seguro, garante que não sente ciúme algum. O sentimento só vem na cabeça quando ele relembra as duas vezes em que a namorada se candidatou ao posto de musa do Botafogo. As fotos de biquíni que correram pela internet geraram muitas brincadeiras e algumas provocações. Jonatan brinca e lembra que se conseguiu suportar aquela pressão, o que vem acontecendo nas últimas horas é bem tranquilo.

A sintonia do casal não poderia ser maior. Os dois são fãs de futebol e torcedores do Botafogo. Mas o próprio Jonatan admite que a paixão pelo Glorioso ficou muito maior depois que começou o namoro. Antes frequentava pouco os estádios, coisa que Fernanda faz desde pequena. (Com informações do Globoesporte.com)

30 de abril de 2012 at 23:35 15 comentários

Lecheva começa a definir escalação do Papão

Ronaldo; Pikachu, Douglas, Tiago Costa e Jairinho; Billy, Vânderson (Neto), Djalma e Harisson; Rafael Oliveira e Tiago Potiguar. Foi o time titular que Lecheva usou no treinamento da manhã desta segunda-feira e, salvo mudanças de última hora, deve enfrentar o Coritiba na quinta-feira, no Mangueirão. (Foto: MÁRIO QUADROS/Bola)

30 de abril de 2012 at 13:56 22 comentários

Botafogo levanta primeira taça no Engenhão

30 de abril de 2012 at 11:43 19 comentários

Paissandu espera público de 20 mil contra o Coritiba

A diretoria do Paissandu espera um público de no máximo 20 mil pessoas para o jogo contra o Coritiba, quinta-feira à noite, no Mangueirão, válido pela terceira fase da Copa do Brasil. O valor promocional de R$ 10,00 será mantido até hoje, mas a partir de amanhã o torcedor terá que desembolsar R$ 15,00 pelo ingresso de arquibancada e R$ 30,00 pela cadeira.

30 de abril de 2012 at 10:03 23 comentários

Uma torcida de Primeira Divisão

A torcida azulina lotou o Mangueirão para ver a decisão do returno. No tal, 40.139 espectadores presentes – sendo 36.809 pagantes. A renda foi de R$ 367.094,00, cabendo ao Remo o valor líquido de R$ 236.460,20 (descontadas as despesas, de R$ 130.633,80).Foi o maior público do Campeonato Paraense, ultrapassando o do Re-Pa. Foi o segundo maior público da rodada em todo o Brasil, perdendo apenas para o super clássico paulista São Paulo x Santos, que teve 45 mil pagantes. (Fotos: MÁRIO QUADROS/Bola)  

30 de abril de 2012 at 9:44 30 comentários

Joelson, arbitragem nota 10

Joelson Silva dos Santos foi o encarregado de conduzir a difícil partida final do returno do Parazão. Árbitro mais atuante da competição, com 12 aparições, Joelson mostrou tranquilidade e domínio técnico. Não deixou que os jogadores entrassem no clima de rivalidade, segurou a partida de perto, assinalando todas as faltas e sem economizar nos cartões amarelos. Importante: com excelente condição física, acompanhou todos os lances de perto, impedindo que os atletas tivessem motivos para reclamar. Quando Valdanes ensaiou uma pressão mais acintosa, chamou o atacante marabaense de lado e deu o recado claro para ele e para quem estava assistindo: qualquer exagero a mais seria punido com o vermelho. Deu certo. Charles, um dos mais faltosos jogadores do campeonato, levou amarelo por uma trombada em Fábio Oliveira no começo do segundo tempo. Onze minutos depois, aplicou uma rasteira em Marciano junto à linha lateral e foi excluído. Nem seus companheiros chiaram. No final, o técnico do Águia, João Galvão, habitualmente crítico da arbitragem quando é derrotado, fez questão de reconhecer que não havia o que reclamar. Nem havia mesmo, Joelson tirou nota 10 no clássico. (Fotos: MÁRIO QUADROS/Bola)

30 de abril de 2012 at 9:33 7 comentários

Capa do DIÁRIO, edição de segunda-feira, 30

30 de abril de 2012 at 9:17 1 comentário

Posts antigos


CONTAGEM DE ACESSOS

  • 7,131,023 visitantes

Tópicos recentes

gersonnogueira@gmail.com

Junte-se a 19.736 outros seguidores

VITRINE DE COMENTÁRIOS

Jorge Paz Amorim em Leão confirma jogo contra o Cu…
Caroline Kriger em Enquanto isso…
Antonio Oliveira em A OAB e sua incoerência
Antonio Oliveira em Capa do Bola – segunda-f…
Jorge Paz Amorim em Capa do Bola – segunda-f…

ARQUIVOS DO BLOG

FOLHINHA

NO TWITTER

GENTE DA CASA

POSTS QUE EU CURTO


%d blogueiros gostam disto: