Papão começa a reforçar o ataque

POR GERSON NOGUEIRA

Com o campeonato confirmado para começar no dia 1º de agosto, como definido pelo conselho técnico, os clubes começam a acelerar os preparativos, o que inclui a contratação de reforços para a retomada. O Castanhal anunciou o zagueiro Rafael Lima (ex-Real Ariquemes), o Remo confirmou cinco aquisições (Zé Carlos, Júlio Rusch, Lucas, Kevem e Everton Silva).

O Paysandu oficializou a contratação do... - Paysandu Informações ...

Faltava alguma notícia por parte do PSC, que se manteve em silêncio desde a volta aos treinamentos. Ontem, finalmente, surgiu o primeiro nome para se juntar aos 29 atletas do elenco. É o atacante Erik Bessa, de 24 anos, velocista que joga pelos lados do campo, com 4 gols marcados em 2019.

É claro que a cautela demonstrada pelo clube se justifica por duas razões importantes. O Papão não tem as mesmas necessidades das outras equipes, pois foi o único clube que manteve intacto o elenco que disputou a primeira fase de classificação do Estadual, e ainda teve o retorno de dois jogadores que estavam cedidos a outros clubes – Alan Calbergue e Victor Diniz.

A segunda justificativa é a própria crise financeira que afeta o futebol após quatro meses de paralisação de atividades, sem garantia de receita que permita aos clubes arriscar em novos investimentos. No caso específico do PSC, há o receio de novos endividamentos em meio a uma verdadeira tempestade de ações trabalhistas referentes à temporada 2018.

Ao todo, 20 atletas acionaram judicialmente o clube. A somatória das ações alcança R$ 5,3 milhões, com a ressalva de que são processos em andamento, alguns nem iniciados, que podem ser parcialmente revertidos ou alvos de negociação. Acrescente-se a isso valores cobrados pela BWA.

Ao oficializar o primeiro reforço, vindo do futebol goiano, o executivo de futebol Felipe Albuquerque ressaltou a qualidade técnica de Bessa, que atua pelos lados e é um bom assistente. Um reforço para o ataque, onde Nicolas se mantém como ave solitária desde o ano passado.

Outros nomes devem ser anunciados nos próximos dias, provavelmente um meia-armador e um lateral-direito. O clube, porém, não confirma nenhuma movimentação no mercado em busca de atletas.

Parazão tem início mantido e decisão em plena Série C

A ideia de antecipação do começo do Parazão em pelo menos uma semana não vingou. A proposta partiu do PSC, que teme o desgaste gerado pela sobreposição de datas do Estadual com a Série C. O Remo, também participante do Brasileiro, não sugeriu mudança no calendário já aprovado, alegando que já tem programação em andamento.

De qualquer modo, a alteração nas datas da Série C, que agora vai começar a 9 de agosto, impôs adaptações na tabela das semifinais e decisão do Parazão. Os jogos decisivos do Estadual serão realizados nos meios de semana, entre a primeira e a terceira rodadas do Brasileiro.

O primeiro semifinalista é o PSC, já classificado. O Remo está virtualmente garantido, dependendo de um ponto em dois jogos. Águia de Marabá (5°) e Independente (6°) terão que vencer os dois jogos e torcer por vacilos de Castanhal (3º) e Paragominas (4º). O Bragantino (7º) tem chances remotas de classificação.

Um brasileiro se aproxima de recorde na Espanha

O Brasil tem uma longa tradição de presença no futebol da Espanha. O início foi nos anos 30 com a contratação de Fernando Giudicelli pelo Real Madrid, sem grande sucesso, mas nas décadas seguintes o caminho foi trilhado por vários jogadores de alto calibre.

Didi, por exemplo, chegou ao Real em 1959 com cartaz de astro internacional após comandar a meiúca da Seleção Brasileira na Copa do Mundo de 1958, na Suécia. Evaristo Macedo e Canário foram outros brazucas contratados nessa leva. Canário ajudou o Real a ganhar, em 1960, a Copa dos Campeões da Europa.

A partir dos anos 80, o fluxo de atletas brasileiros se ampliou em relação à Espanha. Tempos de Romário, Roberto Carlos, Ronaldo, Rivaldo, Ronaldinho Gaúcho, Daniel Alves e Marcelo, cuja trajetória pode ser enriquecida com a conquista da La Liga deste ano.

Com quatro pontos de frente sobre o Barcelona, a duas rodadas do fim do certame, o Real tem a faca e o queijo na mão para levantar a taça e Marcelo pode atingir a marca de cinco títulos nacionais, ficando a uma conquista de Daniel Alves, que, pelo Barcelona, acumulou seis títulos.

Caso o campeonato seja conquistado neste final de semana, Marcelo irá igualar Dani Alves no total de títulos oficiais, pois tem no cartel 21 taças – 4 da Liga dos Campeões, 4 do Mundial de Clubes, 3 da Supercopa da Uefa, 4 de La Liga, 4 da Supercopa da Espanha e 2 da Copa do Rei.

Revelação do Fluminense, Marcelo continua a frequentar convocações da Seleção Brasileira e tem contrato com o Real até 2022, o que lhe dá a chance de ganhar pelo menos mais dois títulos espanhóis. Se isso ocorrer, passará a ser o brasileiro mais vitorioso no torneio por um mesmo clube.

Meritocracia à brasileira na Corte maior do esporte

Nota publicada por Lauro Jardim, ontem, em O Globo, revela o tamanho dos conchavos e manobras políticas de bastidores que fazem do Superior Tribunal de Justiça Desportiva, há muito tempo, abrigo para filhos e parentes de magistrados. O futebol, tema dos debates e atribuições da corte, passa a ser veículo para acomodar interesses maiores.

Segundo o jornalista, foi formalizada a eleição de Otávio Noronha para presidir o STJD. Filho de João Otávio Noronha, presidente do STJ, ele fica no cargo até 2022. A eleição foi por aclamação, sem qualquer disputa.

Desde que Paulo César Salomão Filho, sobrinho de Luís Felipe Salomão, também integrante do STJ, foi eleito há dois anos, já havia um acordo tácito entre os membros do tribunal para que o jovem Otávio assumisse o posto neste ano. Tudo em casa, portanto.

(Coluna publicada na edição do Bola desta quarta-feira, 15)

Úrsula desiste de candidatura e segue como secretária de Cultura

A secretária estadual de Cultura, Úrsula Vidal, não será candidata à prefeitura de Belém nas eleições 2020. Ela anunciou, ontem à noite, em nota oficial, que permanecerá no cargo, acumulando a presidência do Fórum Nacional de Dirigentes e Secretários de Cultura.

Ursula Vidal: Mais mulheres. Porque é urgente. Porque merecemos um ...

Abaixo, na íntegra, a nota:

“Escutar, aprender, construir, partilhar. Quando esses verbos são conjugados no plural, tudo que se ergue do chão dos nossos sonhos é feito do barro mais sagrado: aquele que dá forma à justiça social, aos direitos individuais e coletivos, à uma vida mais solidária e feliz pra toda gente.
A política pode e deve ser esse lugar onde se chega pra mudar o mundo pra melhor. Eu, daqui de onde estou hoje, na Secretaria de Cultura do Pará, ocupando também a presidência do Fórum Nacional de Secretários e Dirigentes Estaduais de Cultura, estou remando pra que essa maré de justiça e de direitos leve o barco da cultura brasileira para um porto mais seguro, onde a criatividade, a diversidade e a alma de nossas manifestações e expressões seja eterna e brilhe! Brilhe forte!

Nesse período de pandemia, temos lutado para garantir que os 3 bilhões de reais previstos na Lei Aldir Blanc de Emergência Cultural cheguem aos trabalhadores da cultura e da arte em todos os 5 mil 570 municípios do país. Já avançamos muito graças à luta de artistas, mestras e mestres da cultura popular, parlamentares e dirigentes. No meio dessa missão de luta pela sobrevivência está um calendário eleitoral. Desde a eleição de 2016, em que fui candidata à prefeitura de Belém, venho debatendo modelos democráticos e soluções criativas, inovadoras e sustentáveis pra tirar nossa cidade deste cenário de abandono.
Minha pré-candidatura em 2020 sempre foi pública. Um mês e meio atrás, eu decidi não sair da Secult porque uma alteração no período eleitoral já estava em curso no Congresso, por meio de uma PEC. Assim como eu, dezenas de outros secretários e secretárias pré-candidatos em todo o Brasil decidiram aguardar a votação do projeto e manter a dedicação total à gestão de suas cidades e estados, no período mais difícil da pandemia.
Só que o projeto aprovado no Congresso deixou as regras do calendário eleitoral abertas à muitas interpretações.

E nessa situação de instabilidade jurídica, eu decidi não abraçar uma candidatura que precisa ter a força de milhares de vozes, de milhares de sonhos possíveis, de uma Belém das mães, das filhas, das trabalhadoras, das mulheres e dos homens que acreditam que no rio caudaloso das nossas enormes diferenças, também habitam nossas riquíssimas semelhanças. Porque todas e todos nós precisamos de uma cidade onde haja pão, paz e trabalho; onde a dignidade seja coisa de se conjugar com felicidade. Uma cidade pra gente gostar e ser feliz”.

PSOL pede ao MPF que apure exoneração de coordenadora do Inpe

O deputado Edmilson Rodrigues e os demais integrantes da bancada do PSOL na Câmara Federal solicitaram providências urgentes do Ministério Público Federal sobre a exoneração de Lúbia Vinhas, coordenadora-geral de Observação da Terra do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), estrutura responsável por monitorar o desmatamento na Amazônia.

A dispensa ocorreu na segunda-feira, 13, logo após o Inpe divulgar alerta de desmatamento recorde do ano, com mais de 1 mil Km2 de floresta suprimida somente em junho. 
Na semana passada, o Inpe divulgou que em junho foi registrado o maior número de alertas de desmatamento para o mês em toda a série histórica, iniciada em 2015. O ofício foi protocolado nesta terça-feira, 14 de julho, endereçado a Carlos Alberto Vilhena, subprocurador-geral da República na Procuradoria Federal dos Direitos do Cidadão do MPF.
Em agosto de 2019, o governo Jair Bolsonaro anunciou a exoneração do ex-presidente do Inpe, Ricardo Galvão, também logo após a divulgação de pesquisas que indicavam o alarmante aumento de 88% nos índices de desmatamento na Amazônia em comparação ao mesmo mês de 2018.

Ele, que é respeitado mundialmente pela comunidade científica, disse em entrevistas que foi demitido justamente por confirmar a veracidade dos dados divulgados pelo instituto, inclusive, os quais o presidente da República tentava desmentir.
Os servidores do instituto divulgaram uma carta pública em que afirmam que “quando o Inpe completará 59 anos, talvez seja também o primeiro aniversário do início de seu fim como o conhecemos”. O documento afirma que o diretor interino, Darcton Policarpo, está promovendo uma transformação institucional sem a participação do Comitê de Busca ou dos técnicos do órgão, de maneira que “existe uma estrutura administrativa oficial, a que está no regimento atual e válido, e uma estrutura paralela, que opera, governa e decide sobre o Inpe, mas que não existe na regulação administrativa”.

O texto também destaca que “é importante ressaltar que essa estrutura paralela de gestão incluiu a verticalização e unificação de comando aos moldes das estruturas militares, claramente na contramão das tendências atuais de pesquisas em redes colaborativas com liberdade acadêmica e autonomia científica”.

TV de Portugal garante que Benfica vai tirar Mister, Gerson e Bruno Henrique do Flamengo

De acordo com o Sport TV, de Portugal, o Benfica já chegou a um acordo com Jorge Jesus. O treinador do Flamengo é aguardado neste sábado em seu país, depois de disputar a final do Campeonato Estadual contra o Fluminense. Ainda segundo o Sport TV, Jesus não será o único a trocar o Flamengo pelo Benfica. O volante Gerson e o atacante Bruno Henrique também fazem parte do pacote, e o Benfica está disposto a pagar até R$ 180 milhões pela dupla, que custou R$ 65,3 milhões ao rubro-negro.

Jorge Jesus, técnico do Flamengo

Segundo o jornal português “Correio da Manhã” informou nesta segunda, o clube espera dar um passo decisivo da negociação na próxima sexta-feira, depois que o rubro-negro disputar o jogo de volta.

Num possível retorno a Portugal, Jesus teria carta branca para decidir quem entra e quem sai do grupo, de acordo com o jornal. Em conversas com o técnico nas ultimas semanas, o presidente do Benfica, Luís Filipe Vieira prometeu um equipe competitiva, capaz de lutar pela Champions.

O empréstimo de 50 milhões de euros realizado pelas Águias deve ajudar o clube a manter seus principais jogadores e estudar contratações a pedido de Jesus.

Advogada apontada como namorada de Jesus reage e desabafa na internet

Jorge Jesus e Ana Paula Belinger

A advogada Ana Paula Belinger viu sua vida virar de cabeça pra baixo após ser acusada por alguns torcedores do Flamengo de ser amante do treinador do time, o Jorge Jesus. A torcida rubro-negra acredita que a saída de Jorge Jesus do Flamengo não tenha muito a ver com dinheiro ou qualquer questão profissional. Para alguns deles, pode ter a ver com uma questão pessoal, especificamente a suposta relação extraconjugal do treinador com Ana Paula que, ainda de acordo com os boatos, teria sido descoberta pela mulher do português.

Nas redes sociais, começaram a viralizar algumas fotos da moça com Jorge Jesus, com alguns dos jogadores do Flamengo e ainda circulam registros de Ana Paula em Doha, pela disputa do Mundial de Clubes. Desde então a morena, que advoga para o técnico aqui no Brasil, vem sendo atacada pela torcida do Flamengo e por conta disso ela resolveu se pronunciar sobre o assunto. 

“Nas últimas 24h eu venho sendo covardemente agredida e caluniada nas redes sociais. Por um momento eu pensei em bloquear meu Instagram, encerrar minhas contas nas redes sociais, mas eu pensei em quantas mulheres são violentadas diariamente, não só fisicamente, mas moralmente também. E eu decidi que o meu Instagram e todas as minhas redes ficarão públicas, como elas sempre foram, porque eu quero que a nossa sociedade perceba o quanto a gente ainda é machista. O quanto uma mulher como eu, que trabalha, que é independente e quer sim ter o seu lugar no mundo é subjugada. Eu não vou permitir isso. Não vou me acovardar como essas pessoas que têm me agredido têm feito”, disse Ana Paula em seu desabafo. 

Rádio paraense perde Oséas Silva, aos 87 anos

Menos de um mês após a morte de Astrogildo Corrêa, com quem formava a impagável dupla Braguinha & Barnabé, do lendário quadro “A Consciência do Braguinha”, na Rádio Marajoara, o radialista, ex-vereador, deputado e ex-prefeito de Belém Oséas Silva morreu nesta terça-feira, aos 87 anos, vítima de AVC.

Além do quadro de imenso sucesso na Marajoara, Oséas manteve por mais de 50 anos um programa de grande audiência, em contato direto com a população. Como vereador, assumiu interinamente o cargo de prefeito quando o titular, Augusto Rezende, sofreu acidente de moto em Mosqueiro.

No exercício interino da Prefeitura de Belém, Oséas ficou conhecido como defensor do patrimônio histórico de Belém ao ocupar simbolicamente um casarão da avenida Magalhães Barata, cuja família proprietária iniciou a derrubada para a construção de um edifício.

O jornal “A Província do Pará” estampou na capa a solitária atitude de Oséas, em foto do então prefeito dormindo sobre os escombros do prédio.

Em nota oficial, a Câmara Municipal de Belém lamentou o falecimento de Oséas: “Ele representou a população de Belém por três mandatos. Dos anos 1987 a 1989, presidiu o Poder Legislativo da capital. A CMB se solidariza com os familiares e amigos”.

Trabalhou na TV RBA, a meu convite, para reproduzir o quadro do Braguinha & Barnabé junto com Astrogildo Corrêa. Muito humilde, de temperamento discreto, Oséas relutou em aceitar a proposta. Assim como Astrogildo, ele achava que não ia se adaptar à TV.

Com a ajuda de Luiz Eduardo Anaice, conseguimos trazê-lo juntamente com Astrogildo para participar do programa Barra Pesada e o êxito do quadro mostrou que estávamos certos.

Papão anuncia reforço para o ataque

Imagem

O Paissandu anunciou nesta terça-feira o seu primeiro reforço para a retomada das competições – Parazão e Série C. Erik Bessa, atacante de lado, 24 anos de idade, é o contratado. Ele foi um dos destaques do Campeonato Goiano defendendo o Jaraguá (GO), marcando 4 gols.

Bessa desembarca em Belém na tarde de hoje e será submetido a exames para poder ser integrado ao elenco bicolor. O vínculo do jogador foi firmado até o dia 31 de janeiro do ano que vem, segundo a diretoria do clube.

Esporte Goiano

Bessa é natural de S. Paulo (SP), passou por alguns clubes – S. Caetano-SP, Grêmio Mauaense-SP, Catanduvense-SP, S. Bernardo-SP, S. José-SP, Comercial-SP e Marília. O executivo Felipe Albuquerque avaliou a chegada do jogador e explicou qual a função dele no jogo.

“É um jogador agudo de muita velocidade, que tem o drible rápido como principal característica. É o tipo do atacante que normalmente inicia as jogadas que terminam em gol”, destacou Albuquerque.