Uma nova Época vem aí

| Foto: Reprodução

Sinal dos tempos. Revistas encolhem, tiragens diminuem e outros caminhos são buscados. A partir do dia 28 de maio, a revista Época deixa de circular semanalmente na forma impressa, e seu conteúdo passa a ser publicado como uma seção dentro do jornal O Globo, tanto no digital quanto no papel.

Com a mudança, o site da revista migrará para o site do jornal e passará a fazer parte do conteúdo disponível ao assinante. Na edição impressa do Globo, Época terá páginas fixas aos sábados, sempre com reportagens de fôlego.

E também ocupará espaços nas páginas do jornal nos demais dias da semana, com uma presença mais analítica e reflexiva do noticiário. Os assinantes da revista terão a opção de migrarem, sem custos adicionais, para o Globo digital.

“Olhar para o futuro sempre foi a vocação da revista Época. O primeiro número, que circulou em 25 de maio de 1998, detalhava expectativas e preocupações dos brasileiros e refletia sobre “um futuro melhor”. Neste maio de 2021, quando a revista completa 23 anos, Época, mais uma vez, mira os novos tempos”, diz o texto de O Globo.

Na última década, os incontáveis desafios impostos pela internet mudaram radicalmente o ciclo das notícias. A dinâmica de uma revista semanal de notícias impressa começou a perder relevância em um tempo em que os furos de reportagem são publicados em tempo real e alertados nas telas dos celulares.

Ao mesmo tempo, no Brasil, o conteúdo publicado digitalmente pelas principais revistas semanais de informação vem crescendo em alcance nos últimos anos, seguindo a tendência de aumento de consumo de notícias na rede. Em janeiro de 2017, eram 16 milhões de visitantes únicos nos sites das quatro principais publicações semanais do país. Em março deste ano, foram 55 milhões. (Com informações de O Globo)

Remo atinge 143 mil interações no Facebook e ocupa 10º lugar em ranking nacional

Remo está em 10ª luigar em ranking semanal redes sociais — Foto: Ascom/ Remo

O Remo foi o único clube do norte do Brasil a ser mencionado em um levantamento que avalia as interações semanais nas páginas oficiais das equipes em redes sociais. O Leão aparece em 10º lugar entre os times com mais interações no Facebook. O levantamento é do site Marketing Esportivo em parceria com o Samba Digital e divulgado nesta quarta-feira (5).

O levantamento levou em consideração as interações das páginas oficiais de redes sociais de equipes do Brasil durante os últimos sete dias. Foram avaliados os engajamentos nos perfis do Facebook, Twitter e Instagram. No final, o estudo fez um ranking “agregado”, juntando as interações das três redes sociais.

O único dos três rankings que o Remo aparece entre os 10 melhores em número de interações é no Facebook. O Leão ficou na 10ª posição, com 143 mil interações na última semana.

Segundo a assessoria do Leão, no ranking geral, o clube se manteve no Top 20 nas oito últimas semanas, com 493 mil interações. Além disso, o Mais Querido garantiu a 16ª colocação no Instagram, com 329 mil interações.

No sufoco, Papão derrota Bragantino e garante presença nas semifinais

Muito pressionado pelas atuações ruins nas últimas partidas, o PSC enfrentou o Bragantino na noite desta quarta-feira na Curuzu, teve amplo domínio, mas só conseguiu marcar o gol já na reta final da partida, após um bate-rebate na área do Tubarão. O goleiro Deco Jr. tentou segurar uma bola alta, ela escapuliu e na sequência houve um chute no travessão, seguido de rebote que o volante Elyezer, que entrou no 2º tempo, aproveitou. O disparo ainda desviou no zagueiro Romário e enganou o goleiro.

Apesar de a posse de bola contra um Bragantino excessivamente recuado, o PSC não encontrava jeito de entrar na área ou criar situações perigosas. Insistia nos cruzamentos, sem conseguir sucesso. As mudanças feitas pelo técnico Itamar Schulle renovaram as forças e o time partiu para resolver o jogo. Jhonnatan, Elyezer e Ruy entraram e o meio-de-campo passou a tocar a bola com mais acerto, acuando o Tubarão ainda mais.

Pela sexta partida consecutiva, a defesa alviceleste não sofreu gols, fato bastante destacado pelo técnico Itamar Schulle, que na hora do gol de Elyezer vibrou muito e gritou em direção às cabines de imprensa, como uma resposta-desabafo às seguidas críticas ao desempenho da equipe no Parazão.

Nos minutos finais, na base do abafa, o Bragantino tentou chegar ao empate, mas se perdeu na falta de criatividade e pontaria de seus atacantes. Com a vitória, o PSC vai enfrentar o Castanhal nas semifinais. O Japiim derrotou o Independente por 2 a 1, dentro de Tucuruí e já é o campeão do interior da temporada – prêmio ofertado pelo Troféu Camisa 13.

Elyeser comemora o gol da vitória do Paysandu sobre o Bragantino-PA

Tuna x Remo, uma semifinal que não acontecia há 19 anos

Remo X Tuna voltam a fazer clássico no Baenão | Esporte Pará | Diário  Online | DOL

As semifinais entre Remo x Tuna, confirmadas com a classificação da Lusa nesta quarta-feira, trazem confrontos que a torcida há muito tempo não via. Os times não se enfrentam desde 2019, quando o Remo venceu amistosamente por 1 a 0 no Baenão, com um golaço do lateral Ronaell.

Oficialmente, Remo x Tuna não se enfrentam oficialmente desde 2013, quando o Leão Azul venceu por 1a 0, no Baenão, com gol de Thiago Galhardo (hoje no Inter), e o goleiro Fabiano defendendo um pênalti.

A última vez em que as duas equipes se enfrentaram no estádio do Souza foi em amistoso de 2013, com vitória azulina por 2 a 0, com gols de Leandro Cearense e Branco.

A última vez que Leão Azul e Águia do Souza se enfrentaram em semifinal de Parazão foi em 2002, e quem levou a melhor foi a Tuna, que venceu por 1 a 0 na ida e empatou em 1 a 1 na volta.

Como o PSC se classificou para as semifinais, derrotando o Bragantino por 1 a 0, a Tuna garantiu automaticamente participação na Série D 2022 como representante paraense.

Abra um livro pra livraria Fox não fechar

Amigos da Fox Belém, que este ano completa 34 anos, abriram nesta quarta-feira uma campanha para salvar a livraria. “Ela corre o risco de fechar as portas, em razão do impacto econômico causado pela pandemia. E a gente não pode deixar. A Fox é genuinamente paraense, e, além dos lançamentos nacionais e internacionais, tem todos os títulos dos escritores paraenses”, diz o anúncio, que circula nas redes sociais.

“Nosso desafio é que você compre, nos próximos dez dias, um livro ou dvd ou blue ray ou artigos de papelaria e presentes na Fox. Vá lá direto ou compre pelo telefone. Aproveite o Dia das Mães. Vamos deixar a Fox de portas abertas. A Fox é do Pará”.

Endereço da Fox: travessa Doutor Moraes, 584. Entre Conselheiro e Mundurucus. Fone: (91) 4008 0007.