Archive for setembro, 2017

Lava Jato passa país “a limpo” e promove farra de dinheiro público

DKMIzFoX0AIeuA7

DKLd__PXcAAmPdm

20 de setembro de 2017 at 16:16 1 comentário

Corrupção foi grande na ditadura. Pouca foi a divulgação

POR FLORESTAN FERNANDES JUNIOR

Só para lembrar os que já esqueceram: não foram poucos os escândalos de corrupção durante o regime militar. Pouca foi a divulgação na mídia censurada pelo regime.

O pouco que se sabia vinha das páginas dos tabloides de oposição como o Movimento. Não raro, eles eram recolhidos das bancas e seus redatores, presos. Bom lembrar também alguns dos “honestos” parceiros políticos dos generais presidentes: Paulo Maluf, José Sarney, João Agripino, ACM, Fernando Collor, Ademar de Barros…

get_img

20 de setembro de 2017 at 16:12 Deixe um comentário

Na Espanha, clube é multado por público baixo e obrigado a baixar preços

oZnY9Syn

POR BRUNO BONSANTI, no Trivela

Cadeira vazia é prejuízo, dizem os especialistas em gestão de estádios, porque geralmente há torcedores querendo assistir à partida, se o preço for correto. Agora, imagina o prejuízo quando essas cadeiras vazias, além de tudo, geram uma multa? Celta de Vigo recebeu uma multa da liga espanhola por não ter conseguido preencher pelo menos 70% da capacidade do Balaidos nas suas duas primeiras rodadas do Campeonato Espanhol como mandante.

O Celta colocou 16,961 torcedores contra a Real Sociedad e 17,384 diante do Alavés. As arquibancadas vazias do estádio para 29 mil pessoas foram vistas claramente nas transmissões da televisão, e a diretoria do clube decidiu agir para evitar que isso volte a acontecer – e que novas sanções financeiras sejam impostas.

O próximo jogo no Balaidos será na quinta-feira à noite, contra o Getafe, um duelo de baixa expectativa de público. Por isso, o preço dos ingressos foi reduzido. O mais barato, nos setores Gol e Marcadorcaiu de € 20 contra o Alavés para € 15. O mais caro, na Tribuna Alta, foi de € 50 para € 40.

A multa para clubes que não conseguem uma lotação mínima em seus estádios é uma maneira de maquiar a imagem da liga para as transmissões de televisão. Mais do que realmente encher todas as partidas, o importante é que elas pareçam cheias. A medida, quando foi anunciada, em maio do ano passado, fazia parte de uma série para tornar o Campeonato Espanhol mais atraente e concorrer com a Premier League.

“Na temporada que vem vamos trabalhar com uma câmera central fixa, que a Premier League já tem. O regulamento que prevê diferentes padrões e na próxima temporada haverá sanções econômicas para os clubes que não estiverem com todos os lugares ocupados na câmera”, disse Javier Tebas, presidente de La Liga, em entrevista à agência EFE. Incrível que não tenha funcionado.

20 de setembro de 2017 at 12:24 Deixe um comentário

Enquanto isso…

DKFOUSUXkAExKVX

20 de setembro de 2017 at 11:48 Deixe um comentário

Moro usou depoimento sem provas para condenar Lula, diz parecer de Janot

cms-image-000402575
DO JORNAL GGN
A sentença do caso triplex proferida por Sergio Moro contra Lula foi golpeada por um parecer enviado pelo ex-procurador-geral da República, Rodrigo Janot, ao Supremo Tribunal Federal, no mês passado.
No documento (em anexo, abaixo), Janot afirma que Léo Pinheiro não fechou acordo de delação premiada com o Ministério Público Federal e, portanto, “não há nenhum elemento de prova obtido a partir dessas tratativas preliminares.” Além disso, o então PGR apontou que mesmo que o acordo tivesse sido fechado e homologado pela Justiça, seria necessário investigar se as falas e os indícios de provas eventualmente entregue por Pinheiro seriam verdadeiros.
O entendimento caiu nas graças da defesa de Lula, que utilizou o parecer de Janot para sustentar, perante o tribunal que vai revisar a sentença de Moro, que o ex-presidente foi condenado apenas com base em falatório sem provas.
Moro sentenciou Lula a 9 anos e seis meses de prisão mais pagamento de multas que ultrapassam os R$ 13 milhões exclusivamente a partir dos depoimentos de Léo Pinheiro e Agenor Franklin Medeiros, ex-executivos da OAS. Como não há acordo de colaboração, eles falaram contra Lula na condição de corréus – ou seja, sem compromisso de dizer a verdade.
Segundo Janot, “eventuais tratativas preliminares [com Pinheiro e Medeiros] não interessam à defesa de qualquer acusado – aí incluído o reclamante [Lula] –, tanto porque, nesse momento, ainda não se tem certeza acerca do fornecimento de informações incriminadoras.”
Para a defesa de Lula, Janot também assinalou que uma delação informal e sem provas jamais deveria ter sido base fundamental para uma sentença condenatória.
“Somente após o juízo homologatório, no qual cabe ao juiz aferir o cumprimento da legalidade do acordo, em seus aspectos formais, há a apresentação de elementos de corroboração das informações anteriormente prestadas por parte do colaborador. Para fins de instrução do processo criminal, tais elementos é que, ordinariamente, interessam de fato, na medida em que as declarações dos colaboradores, isoladamente, não podem subsidiar a condenação do acusado”, apontou Janot.
O posicionamento do ex-PGR foi inserido em uma representação enviada ao Tribunal Regional Federal da 4ª Região pelos advogados Cristiano Zanin, Valeska Martins e Roberto Batocchio, nesta terça (19).
Eles assinalaram, no documento, que segundo entendimento de Janot, “Léo Pinheiro não apresentou qualquer elemento concreto que pudesse incriminar o Peticionário [Lula] e, além disso, (o depoimento por ele prestado como corréu na presente ação — sem o compromisso da verdade — não poderia servir de base para a prolação de uma sentença condenatória.”
“De mais a mais, o Procurador Geral da República reconhece que se a delação de Léo Pinheiro vier a ser homologada — o que não ocorreu até a presente data — haverá necessidade de investigação, pois as palavras de um delator nada provam. Mas, no caso da sentença recorrida, as palavras de Leo Pinheiro, como já dito, serviram para impor uma inaceitável condenação sem prova de culpa ao Peticionário, o que não pode ser admitido”, acrescentou a banca.
A defesa ainda avaliou que a delação informal de Pinheiro diante de Moro e dos procuradores de Curitiba, “buscando incriminar indevidamente” o ex-presidente, foi reportardo pela imprensa como “condição para destravar esse acordo de colaboração que vêm sendo negociado há muito tempo”.
O pedido dos advogados de Lula é para que o desembargador João Gebran Neto adicione o parecer de Janot aos autos do caso triplex no TRF4.
“Somente após o juízo homologatório, no qual cabe ao juiz aferir o cumprimento da legalidade do acordo, em seus aspectos formais, há a apresentação de elementos de corroboração das informações anteriormente prestadas por parte do colaborador. Para fins de instrução do processo criminal, tais elementos é que, ordinariamente, interessam de fato, na medida em que as declarações dos colaboradores, isoladamente, não podem subsidiar a condenação do acusado – muito embora sejam suficientes para fundamentar a decisão de recebimento da denúncia.

20 de setembro de 2017 at 11:37 Deixe um comentário

Real pode superar hoje antigo recorde do Santos de Pelé

cristiano-ronaldo

Atual bicampeão da Liga dos Campeões da Europa, o Real Madrid pode fazer história e quebrar um tabu que já dura mais de 50 anos. Se balançar a rede contra o Betis, em partida válida pelo Campeonato Espanhol nesta quarta-feira (20), o time de Zidane vai alcançar a incrível marca de 74 jogos seguidos anotando ao menos um gol. Apenas o Santos de Pelé havia conseguido uma marca tão expressiva na era profissional, ao fazer gols em 73 partidas consecutivas entre 1962 e 1963.

O esquadrão merengue marca gols em todos os jogos desde abril do ano passado. No total, o Real assinalou 197 gols e venceu 54 partidas nesse período. E, se precisa de gols contra o Betis, o gigante espanhol terá a volta de Cristiano Ronaldo. O atacante português retorna após cumprir suspensão por ter empurrado o árbitro no confronto diante do Barcelona, pela Supercopa da Espanha.

1960-Em-pé-Zito-Dalmo-Calvet-Formiga-Mauro-e-Laércio.-Agachados-Dorval-Mengálvio-Ney-Blanco-Pelé-e-Pepe-2 (1)

20 de setembro de 2017 at 11:31 Deixe um comentário

Rainha da praia visita Paragominas

larissa635

A rainha do vôlei de praia Larissa França, 35 anos, retorna após 10 anos a Paragominas. A visita, que começa na sexta-feira (22), consistirá de programação intensa no final de semana, tendo como ponto alto a inauguração do CFO – Centro de Formação Olímpica da Amazônia. Natural de Cachoeiro do Itapemirim (ES), Larissa cresceu e viveu muitos anos em Paragominas. Durante o fim de semana, a atleta conhecerá os projetos sociais Juquinha e Menino Feliz, participando das finais dos XXIV Jogos Intercolegiais da cidade para incentivar ainda mais os jovens à pratica de esportes.

20 de setembro de 2017 at 11:25 Deixe um comentário

Posts antigos


CONTAGEM DE ACESSOS

  • 7,320,927 visitantes

Tópicos recentes

gersonnogueira@gmail.com

Junte-se a 12.815 outros seguidores

ARQUIVOS DO BLOG

FOLHINHA

setembro 2017
S T Q Q S S D
« ago    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930  

NO TWITTER

Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.

GENTE DA CASA

POSTS QUE EU CURTO


%d blogueiros gostam disto: