Fifa desconfia de Del Nero, mas autoriza liberação de grana da Copa 2014

img_6589

A Fifa fez um acordo com a CBF e vai liberar os R$ 300 milhões do fundo especial de legado da Copa de 2014, retidos por conta das suspeitas de corrupção que pesam sobre o presidente da confederação, Marco Polo Del Nero, e vários de seus diretores. A liberação deve sair nos próximos dias, mas não significa que a Fifa acredita na inocência dos cartolas brasileiros. Pelo contrário. A entidade concordou em liberar o dinheiro mediante criação de uma empresa, pela própria Fifa, para gerir os recursos.

O dinheiro foi destinado à CBF pelo então presidente Josep Blatter para que fosse investido em centros de treinamento em todo o país com foco na formação de atletas. Ocorre que só um centro foi construído, em Belém, por influência do vice-presidente da CBF, coronel Antonio Carlos Nunes. Os demais foram adiados devido ao escândalo que envolveu Ricardo Teixeira, Del Nero, José Maria Marín em 2015.

Em nota, a CBF garante que caíram as restrições antes existentes em relação à gestão Del Nero. A Fifa não confirma tal mudança e mantém a intenção de fiscalizar de perto a aplicação do dinheiro. (Do blog de Rodrigo Mattos)

Papão de olho em zagueiro que disputou a Série C

1435052901

O campeonato avança, mas o Paissandu não para de contratar. Atento ao fim do prazo (18 de setembro) para inscrever jogadores na Série B, o clube mira em mais um atacante, um zagueiro e um volante, a fim de cobrir também as vagas abertas com a liberação de Rhayner e Ricardo Capanema.

Para a zaga, mesmo contando hoje com cinco zagueiros (Perema, Lombardi, Gualberto, Rafael Dumas e Diego Ivo), Marquinhos Santos quer outro defensor, que pode vir da Série C. E o nome de Douglas Mendes, que jogou pelo Cuiabá na Terceirona, ganha força. O zagueiro, de 28 anos, disputou todas as 18 partidas da equipe de Mato Grosso na competição.

Caso se confirme a contratação, Douglas será o 33º reforço adquirido pelo Papão na temporada e o segundo jogador oriundo da Série C – o outro é o lateral Guilherme Santos, ex-Fortaleza. O atacante Dico, do Botafogo-PB, que havia sido cogitado na Curuzu, acabou optando pelo Náutico.