Russas tiram a roupa para atrair patrocínio

Dirigentes e atletas do FC Rossiyanka, time feminino russo, tiveram uma ideia supimpa para tentar arranjar patrocínio. A equipe de Krasnoarmeysk decidiu entrar em campo de biquíni na sua próxima partida. O objetivo é atrair público para os jogos e patrocinadores, já que o time é o melhor do país e faz parte da Uefa, entidade máxima do futebol na Europa. “Achamos uma ótima ideia. Poucas pessoas ouviram falar de nós e vão assistir nossos jogos. Somos o melhor time feminino do país e ganhamos muitos campeonatos. Está na hora de nos valorizarem mais”, afirmou a técnica Tatyana Egorova ao jornal inglês “The Sun”.

Os limites da liberdade

Por Carlos Brickmann

A história circulava há muitos anos, mas sempre como fofoca: como o hoje governador de Pernambuco, Eduardo Campos, tem certa semelhança com o compositor Chico Buarque de Holanda, comentava-se que seria filho dele. Como a história nunca foi publicada, era tratada como lenda urbana. Havia até, imagina-se, quem acreditasse nela.

Mas agora a coisa esquentou: um site editado em Taquaritinga do Norte, Pernambuco, publicou a fofoca como se fosse comprovadamente verdadeira. E a mãe de Eduardo Campos, a deputada federal Ana Arraes, do PSB pernambucano, reagiu duro: desmentiu a história, confirmou que Campos é filho dela e de seu falecido marido, o escritor Maximiano Campos, e deu queixa à polícia. Três dos responsáveis pelo site, segundo a polícia, já foram identificados, mas sua identidade não foi revelada. O advogado Antônio Campos, filho de Ana Arraes e irmão de Eduardo Campos, levanta a possibilidade de processá-los por calúnia, injúria e difamação. O Google foi notificado para retirar do ar as referências ao caso. Chico Buarque não quis comentar a notícia. Segundo sua assessoria, não deu importância ao caso, considerando-o “uma piada de internet”.

É um acontecimento importante: “território livre da internet” não significa que na web se possa escrever qualquer coisa, sem qualquer embasamento, apenas pelo prazer de ferir outra pessoa. Como em qualquer meio de comunicação, quem relata um fato deve estar em condições de responsabilizar-se por ele.

Começam as dispensas no Paissandu

O presidente do Paissandu confirmou a saída de Ney, Hebert, Alisson e Zeziel. Vânderson e Ari devem ser os próximos. O cartola teria se irritado com declarações do atacante Mendes e dispensado o jogador em função disso. Os jogadores Paulo Wanzeler e Billy negociam com o Independente para disputar a Série D. Ao mesmo tempo, Diogo Galvão não vem mais e o Paissandu sai à procura de Tatu, que defendeu o Ceará até o começo do ano.

A seleção do Troféu Camisa 13

Seleção do Campeonato Paraense, eleita por voto popular, no Troféu Camisa 13: Alexandre Fávaro; Sidny, Ari, Morisco e Fábio Gaúcho; San, Billy, Robinho e Gian; Rafael Oliveira e Leandro Cearense (foto). Técnico: Sinomar Naves. A lamentar as ausências de Marçal e Adson, do Independente. (Foto: MÁRIO QUADROS/Bola)