“Erramos. A população ficou contra a gente”

Por Cláudia Collucci (da Folha de SP)

“Erramos. Não soubemos fazer o diagnóstico da situação. A população ficou contra a gente”. Ouvi a frase acima de um médico após debate sobre mercado de trabalho médico, promovido na noite de ontem pelo núcleo da GVSaúde, da Fundação Getúlio Vargas.

Antes disso, outros médicos, inclusive um dos palestrantes, Miguel Srougi, professor titular de urologia da USP, já havia manifestado sua insatisfação sobre a maneira como as entidades médicas conduziram o debate sobre o programa Mais Médicos até agora.

Ele lembrou que foi perdido tempo demais na defesa de que o país não precisava de mais médicos ou de mais escolas médicas, quando agora existe uma unanimidade de que não só o Brasil como o resto do mundo vive uma escassez de médicos.

Outros médicos avaliaram como “um grande equívoco” os protestos contra os cubanos, considerada a cereja do bolo da antipatia médica perante a população.

Em debate na USP na semana passada, Paulo Saldiva, professor de patologia da USP, resumiu a insatisfação numa frase. “Tive vergonha da minha categoria”, comentou, quando se referiu às vaias recebidas pelos cubanos ao chegarem ao Brasil.

Drauzio Varella, na sua coluna do último sábado, também já tinha ido na mesma linha: “O que ganhamos com essas reações equivocadas? A antipatia da população e a acusação de defendermos interesses corporativistas.”

Embora essa não seja a opinião oficial das entidades de classe que os representam, esses médicos estão certos em relação a que lado a população está agora. Pesquisa da Confederação Nacional do Transporte (CNT), divulgada ontem, apontou que 73,9% dos brasileiros se declararam favoráveis à importação dos profissionais formados no exterior. Em julho, esse percentual era de 49,7%.

O número de entrevistados que disse ser contra o programa caiu de 47,4% em julho para 23,8% em setembro.

Talvez os médicos tirem uma lição disso tudo: a necessidade de se colocarem na pele de quem vive nos rincões sem assistência médica. Essa população não quer saber se a União está se esquivando de investir os 10% em saúde ou de que os estrangeiros teriam que passar por exames de revalidação do diploma antes de começarem a atuar no país. Ela só quer um médico por perto.

Essa resposta imediata as entidades médicas não deram. O governo federal, com mais erros do que acertos, deu.

Que a medida do governo Dilma é eleitoreira, tomada às pressas como resposta às manifestações das ruas, ninguém duvida disso. Tampouco há dúvidas sobre a insustentabilidade do programa a médio e longo prazo.

Sem mais recursos para a saúde, sem uma gestão eficiente do SUS, sem equipes multidisciplinares e sem um plano consistente para reter os médicos em regiões longínquas, há pouquíssimas chances de alguma coisa dar certo. Outros países como Canadá e Inglaterra já fizeram essa lição e deveríamos ter aprendido alguma coisa com eles.

Mas o ministro Alexandre Padilha, apontado pelo ex-presidente Lula como candidato ao governo de São Paulo nas eleições do próximo ano, não se lembra disso quando busca nesses países álibis para justificar a importação de médicos. E já colhe os frutos da iniciativa, com o aumento da aprovação popular. E agora, doutores?

Tudo pelo amor à arte

316342-640x480-1

Suzy Pianista Sexy resolveu divulgar seu trabalho de uma forma inusitada. A musicista, formada em piano pela Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC), publicou no Youtube vídeos em que aparece tocando seminua. Suzy, cujo verdadeiro nome é Rita Tibes, diz que o principal objetivo foi chamar atenção para o seu talento.

“A ideia surgiu da minha mentalidade fértil de artista. Estou sempre querendo inovar, buscando o ineditismo. Queria fazer alguma coisa diferente, que misturasse arte mais algum elemento que chamasse atenção para o que eu estava fazendo” contou Suzy.

Nos vídeos, Suzy, 30, veste apenas calcinha e usa um adesivo cor da pele para cobrir os mamilos. “Sou muito fã do Chico Buarque. Nua ou vestida, meu sonho é tocar piano com ele”, contou a catarinense, que acredita que no Brasil existe pouco espaço na música para mulheres que tocam instrumentos.

“Infelizmente, essa área ainda é predominantemente masculina, digo, na área instrumental (exceto voz). Existem muitas mulheres competentes, mas são pouco exploradas. Basta olhar as bandas, existe um predomínio de homens”, explica ela, que não tem medo das críticas. “Desde que não caia na vulgaridade, por que não? Há muitos séculos que se utiliza nudez como uma forma de arte” explica Suzy. (Da Folha de SP)

Informe para sócios e torcedores do Leão

Comunicação expedida pelo Departamento Comercial do Remo aos associados do clube:

INFORME DO DEPARTAMENTO COMERCIAL DO CLUBE DO REMO

1- Ontem foi o último dia de isenções para a atualização de sócios , a promoção de 30,00 reais para regularizar acabou. Não haverá prorrogação da promoção.

2- Agora as taxas serão as seguintes (até 30 de setembro): Para 12 meses de atraso- R$ 100,00 De 13 até 24 meses- R$ 210,00 Acima de 25 meses – R$ 350,00.

3- O proprietário que não atualizou seu título, terá até 30 de setembro para regulariza-lo, após este prazo será utilizado a nova regra e o título será considerado CANCELADO.

4- Continua a promoção para Sócio Remido, atualize-se até 30 de setembro, pague R$ 150,00 na campanha “reforma da sede” e ganhe 01 camisa e mais 2 ingressos para o primeiro jogo do Remo no Parazão 2014.

5- O remido que não comparecer até 30 de setembro terá seu título arquivado como suspenso, até a devida regularização, não podendo este participar das atividades sociais e das promoções do clube.

6- Até 30 de setembro, as transferências de títulos remidos entre parentes seguirá gratuito, e custará R$ 240,00 para terceiros, a partir desta data, a transferência de qualquer especie custará a taxa de R$ 2500,00, de acordo com a nova regra estatutária.

7- Até 30 de setembro, o valor do novo título será de R$ 400,00 a vista e R$ 500,00 parcelados, já a partir de 01 de outubro, o valor voltará a ser R$ 500,00 a vista e R$ 600,00 parcelados, somente de 6 vezes. Em 2014, a perspectiva mediante a conclusão das obras na sede social e os benefícios aos sócios é que o título tenha seu valor fixado acima de R$ 1000,00. Por tanto, quem ainda não é sócio faça logo. Qualquer duvida, procure a sede social fale com Octávio Sinimbu Filho ou Cleide, ou me acionem pelo facebook. 

Os méritos de Arturzinho

PSCXCEARA serieB2013-Mario Quadros (26)

Por Gerson Nogueira

Não é nada, não é nada, mas o Paissandu está invicto há quatro jogos (sua melhor sequência na Série B até agora) e conseguiu sair da zona do rebaixamento depois de várias rodadas. A empolgante vitória de ontem sobre o Ceará teve vários responsáveis. Eduardo Ramos, Jailton, Zé Antonio, Pablo, Héliton. Acima de todos, porém, pontificou o trabalho que Arturzinho vem desenvolvendo no clube.

Bol_qua_100913_15.psAtravés de mudanças implantadas por ele, o Paissandu conseguiu alguns pequenos avanços desde aquele primeiro tempo primoroso diante do Palmeiras, no Pacaembu. A partir dali, o time começou a ter um perfil mais bem definido – e a sair do buraco. Sujeito a altos e baixos ainda, é bem verdade, mas já muito mais aprumado do que antes.

Contra o Ceará, em confronto equilibradíssimo e de dura marcação no meio-campo, as apostas de Artur voltaram a funcionar. A opção dele por Pablo deu mais consistência ao setor (que não tinha em ação o melhor zagueiro do elenco, Fábio Sanches), com a expressiva ajuda de Vânderson, cujo recuo para a área é uma das melhores ideias que o técnico teve até agora.

No primeiro tempo, o Paissandu foi ligeiramente superior, mas ainda capengou na insistência com as ligações diretas, menosprezando o bom toque de bola de Eduardo Ramos, Jaílton e Zé Antonio no meio-campo. No bloqueio, porém, o time esteve sempre em bom nível, anulando as tentativas cearenses.

O gol logo aos 9 minutos, em magistral disparo de Ramos, trouxe tranquilidade e poderia ter aberto caminho para uma vitória mais folgada, mas os atacantes (Aleílson principalmente) voltaram a falhar no arremate final, pecando por afobação.

PSCXCEARA serieB2013-Mario Quadros (11)

Depois do intervalo, o Ceará veio com o bom Léo Gamalho no ataque, aumentando o grau de problemas para a defensiva do Papão. Sobreveio na torcida o temor de um fantasma recente: a queda de rendimento no segundo tempo, com o time cedendo espaço e vantagem nos instantes finais.

Artur não liberou Ramos, como aconselhava o bom senso, a equipe começou a recuar como habitualmente faz e sofreu o empate aos 21 minutos (com Rogerinho). O cenário já era de pré-revolução nas arquibancadas da Curuzu, com as vaias começando a pipocar.

O técnico não fez milagres ou mexidas estratégicas, mas teve sorte – e este, como se sabe, é item fundamental na bola e na vida. A opção por Héliton se desenhou perfeita aos 39 minutos, quando o atacante fez bonita manobra pela esquerda e bateu cruzado, desempatando o jogo.

PSCXCEARA serieB2013-Mario Quadros (21)

Foi meio no sufoco, principalmente na busca pela vitória nos instantes finais, mas o Paissandu foi superior e não merecia um novo tropeço em casa. É um caminho que se abre para a recuperação no campeonato, graças à teimosa determinação de Arturzinho em modificar o time. O técnico tem seus erros, mas seus méritos são incontestáveis. (Fotos: MÁRIO QUADROS/Bola)

————————————————————————–

Felipão faz aposta arriscada

Desassombrado como sempre, Felipão aproveita a boa fase do escrete para delimitar espaço e confirmar autoridade. O anúncio de que Julio César é o primeiro convocado para a Copa não deixa de ser uma aposta arriscada, pois outros bons goleiros poderiam ter chances de ir à Copa.

O técnico, porém, parece ter se decidido levando em consideração o fator experiência, embora em 2002 tenha optado por um goleiro (Marcos) virgem em Copas. Ao mesmo tempo, deixou de lado a má impressão deixada por Julio César no último mundial, quando foi responsável direto pela eliminação brasileira com atuação desastrosa diante da Holanda.

Em disponibilidade no Queens Park Rangers, Julio deve ficar inativo pelos próximos meses, dificultando a manutenção da forma física e técnica. Torçamos para que Felipão esteja realmente certo.

Quanto ao time, a vitória sem atropelos sobre Portugal confirmou que já há um formato bem desenhado e que o técnico acertou a mão. O Brasil já consegue se impor a qualquer adversário, coisa que não se via há um ano.

————————————————————————-

Consequências de uma tuitada

A ainda imberbe relação com as redes sociais anda vitimando muita gente pela dificuldade em medir a intensidade das reações de um público cada vez maior e heterogêneo, em todos os sentidos. O jornalista Flávio Gomes, de estilo escrachado no Twitter, foi demitido da ESPN por comentários considerados ofensivos à torcida gaúcha.

Penso que Gomes, um analista corajoso e que prima pela independência, se deixou trair pela paixão – criticou a atuação do árbitro, que operou a Portuguesa diante do Grêmio. Mas vejo como excessivamente dura a atitude da empresa, que abre perigoso precedente, pois foi também pressionada pelos dirigentes gremistas.

(Coluna publicada na edição do Bola/DIÁRIO desta quarta-feira, 11)

Brasileiro da Série B: Classificação geral

PG J V E D GP GC SG
Palmeiras 48 21 15 3 3 42 16 26 76.2
Chapecoense 43 21 13 4 4 37 18 19 68.3
Paraná 39 21 11 6 4 34 15 19 61.9
Joinville 37 21 11 4 6 36 22 14 58.7
América-MG 33 21 9 6 6 33 29 4 52.4
Icasa 32 21 10 2 9 30 36 -6 50.8
Boa Esporte 32 21 8 8 5 19 20 -1 50.8
Sport 31 21 10 1 10 35 37 -2 49.2
Avaí 31 21 8 7 6 29 26 3 49.2
10º Figueirense 29 21 9 2 10 38 36 2 46.0
11º Bragantino 27 21 7 6 8 20 21 -1 42.9
12º Oeste 26 21 7 5 9 21 32 -11 41.3
13º Ceará 26 21 6 8 7 29 28 1 41.3
14º Guaratinguetá 24 21 7 3 11 23 32 -9 38.1
15º ASA 23 21 7 2 12 24 36 -12 36.5
16º Paissandu 23 21 6 5 10 24 30 -6 36.5
17º São Caetano 22 21 6 4 11 26 28 -2 34.9
18º América-RN 22 21 5 7 9 23 33 -10 34.9
19º Atlético-GO 20 21 6 2 13 19 31 -12 31.7
20º ABC 17 21 4 5 12 19 35 -16 27.0