Nada mais natural: zebra solta na África

68653738-7372-3006-9fb5-087c82de54d1

Os Estados Unidos eliminaram a Espanha nas semifinais da Copa das Confederações nesta quarta-feira e foram responsáveis pela maior zebra do ano no futebol mundial. Os norte-americanos venceram por 2 a 0, gols do atacantes Altidore e Dempsey. Os EUA, praticamente eliminados das Confederações até domingo – precisavam vencer o Egito, torcer por um triunfo brasileiro sobre a Itália e, ainda por cima, reverter um saldo negativo de quatro gols -, agora decidem o título na África do Sul. O próximo adversário do time será definido em Joanesburgo, às 15h30 (de Brasília) desta quinta-feira, entre brasileiros e sul-africanos.

O chato da história é que os americanos impediram a gente de ver o duelo entre Brasil e Espanha, o jogo mais esperado da temporada. E, no melhor estilo zebra de um jogo só, vão se abrir domingo diante do escrete canarinho. 

5 comentários em “Nada mais natural: zebra solta na África

  1. Rapaz o futebol não cansa de nos dar lições. Última rodada: Brasil, Itália e Egito com 3 pontos e a podre seleção yanke com nada e além disso com -6 de saldo. Eis que já está na final. É bom que o Brasil aprenda essa lição e não nos surpreenda amanhã, o que acho muito pouco provável.

  2. Gerson, para quem ouviu e/ou assistiu, vc falar domingo no Bola na Torre, que seria meramente um protocolo os jogos das semifinais entre Espanha e U.S.A e Brasil x Africa, vc caiu do cavalo, ou melhor, da zebra, he he he …E pode dar sim, Brasil e Espanha, pq não ? rsrsrs……na decisao do terceiro lugar….sds, Edmundo Neves…1 Bom dia….

Deixe uma resposta para Marco Alencar Cancelar resposta