Qual é a maior torcida do Pará?

12 de outubro de 2013 at 2:37 79 comentários

Por Vinícius Paiva – do blog Teoria dos Jogos

(Amostra: 840 entrevistas em setembro de 2013; margem de erro: 3,4 p.p)

Uma das principais controvérsias envolvendo a construção das arenas da Copa do Mundo reside na escolha da representante para o Norte do Brasil. Manaus, com vocação turística e encravada no coração da Floresta Amazônica, foi selecionada. Mas muitos alegam que o legado (na figura de um imponente estádio) deveria colocar a vocação esportiva acima do turismo. São as vozes que defendiam Belém como a melhor opção. Ao menos no tocante à paixão e à existência de fortes torcidas locais, os adeptos desta corrente estavam cobertos de razão. É com inenarrável satisfação que apresentamos mais um resultado da parceria do Blog Teoria dos Jogos com o Instituto GPP: eis os números do Pará, importante reduto futebolístico brasileiro, até então desconhecido quanto à sua configuração de torcidas:

Fig-012 (1)

A existência de clubes locais parece não ser barreira para a avassaladora presença da torcida do Flamengo no Norte do Brasil. O rubro-negro lidera as preferências paraenses com 26,9% da população total, quase o dobro do segundo colocado. Se é que se pode falar em “segundo colocado” mediante o incrível empate técnico envolvendo Remo (14,5%) e Paissandu (14%). O Corinthians mostra força (9,7%) ao deixar para trás a tradicional torcida do Vasco da Gama (6,3%). E o São Paulo (4,6%) se vê representado, junto a Palmeiras(3,4%), Santos (1,8%) e Botafogo (1,7%).

O percentual atingido pela dupla Re-Pa é um oásis em termos de Região Norte. O único paralelo se daria em estados nordestinos com clubes locais fortes, como Pernambuco e Ceará. E mais: considerando os quase 8 milhões de habitantes estimados para o estado em 2013 (dados do IBGE), significa que Remo e Paissandu possuem mais de um milhão de torcedores cada. Patamar possivelmente superado apenas por Sport e Bahia em todo o Norte-Nordeste. Um verdadeiro colosso.

Agora, uma novidade: a divisão dos números entre Belém e o interior do Pará:

Fig-022

A região metropolitana, como não poderia deixar de ser, é o principal reduto de Remo (30,5%) e Paissandu (27,8%). Mas não significa que ambos desapareçam no interior, pelo contrário. Marcando respectivamente, 8,2% e 8,6%, a dupla da capital denota ascendência nada desprezível sobre a população do estado. O interior, a propósito, é amplamente flamenguista (33,9%). Se dependesse da força rubro-negra em Belém, o Flamengo se sairia mal. Por lá, Nação apresenta o mesmo tamanho da Fiel corintiana (9,6%), torcida que apresenta incrível estabilidade na distribuição capital-interior. Outro que se salva no interior é o Vasco, já que todos os paulistas o superam em Belém. Destaque final para a ausência de citações à Tuna Luso, tradicional equipe paraense.

Fig-03

Praticamente todas as torcidas crescem em meio aos homens, menos a do Corinthians – situação recorrente nas pesquisas publicadas em 2013. Outra recorrência é o crescimento corintiano entre jovens: o clube sai de míseros 1,8% em idade avançada para 17,4% abaixo de 24 anos. Neste patamar, apenas o Flamengo oferece resistência: embora de maneira menos vigorosa, o rubro-negro também cresce a 33,2%. Remo e Paissandu se enfraquecem – especialmente o Papão, que dominava o Pará no passado (38,9% acima de 60 anos). Ao caírem para níveis inferiores a 8%, os locais perdem espaço para os ascendentes Vasco, São Paulo e Palmeiras.

Por nível de instrução e renda:

Fig-04

Fig-05

Remo e Paissandu colam no Flamengo entre pessoas com maior nível de instrução. A torcida do Santos também avança à medida com que aumentam os anos de estudo. Por renda, o Flamengo amplia a liderança entre os que auferem mais de 5 salários mínimos, em direção oposta à maior parte da concorrência.

Diante do exposto, é incrível a penúria em que vivem os clubes do Pará – especialmente o Remo, excluído até da Série D do Brasileirão. A falta de visibilidade faz com que estes clubes angariem patrocínios na casa dos R$ 100 mil mensais, equivalentes a equipes de menor expressão no Rio ou em São Paulo. A demanda reprimida remista – quase sem partidas oficiais no segundo semestre – levou nada menos que 23.294 torcedores ao Mangueirão numa partida sub-20 contra o Flamengo, há apenas duas semanas. Na ocasião, o médico do Flamengo prestou atendimento a um atleta do Remo pois não havia médicos no quadro de funcionários do azulino. A solução de tantos problemas deveria passar, inequivocamente, pela enorme paixão alimentada pelos paraenses ao futebol.

E-mail da coluna: teoriadosjogos@globo.com

Entry filed under: Uncategorized.

Capa do DIÁRIO, edição de sábado, 12 Galeria do rock

79 Comentários Add your own

  • 1. Cláudio Santos - Técnico do Columbia - Val de Cans  |  12 de outubro de 2013 às 7:41

    Pesquisa, ao que parece, muito bem feita, mas uma coisa me deixou em dúvida, quando ele fala que Remo e Paysandu, em número de torcedores, só perdem para Bahia e Sport… Bahia, tudo bem, mas ao que parece, se perde para o Sport, perde, também, para o Santa Cruz, que é a maior torcida de Pernambuco… Elementar..

    ” A falta de visibilidade faz com que estes clubes angariem patrocínios na casa dos R$ 100 mil mensais, equivalentes a equipes de menor expressão no Rio ou em São Paulo”…

    – Me tire o tubo”..Sabe o que é isso?, falta de um bom planejamento de marketing, em Remo e Paysandu, para valorizar mais essas duas marcas..
    – Remo e Paysandu, ainda nos dias de hoje, são administrados, através de empréstimos de Agiotas, por não saberem projetar esses clubes, e quem paga essa irresponsabilidade, são os torcedores e patrocinadores… Pode?

    É por isso que sempre vou bater palmas ao Amaro Klautau, pois esse, nunca emprestou dinheiro de agiota, nunca colocou seu dinheiro dentro do Remo, e se conseguiu recursos, foi junto a CBF(1 Milhão de Reais), coisa que nenhum presidente conseguiu, até hoje…
    Cadê a competência dos Cardeais de araque, para conseguir isso?

    – Hoje, qualquer projeto dentro do Remo, passa pela negociação do Carrossel e do estádio Baenão… Todos pegando carona do Amaro…Te contar..

    Competência, poucos tem, amigos..

    É a minha opinião.

    Curtir

  • 2. Edilson Costa Silva( Enciclopédia do Paysandu)  |  12 de outubro de 2013 às 8:26

    La vem choro. kakkakakakakakak
    Apesar do remorto está com meio por cento de vantagem em Belém e região metropolitana , a pesquisa demonstra que depois da torcida flamenguista a nação bicolor é a maior do estado do Pará e consequentemente a maior do norte entre somente os clubes nortistas. Disso eu já sabia, mas tinha muito remorto que não queria aceitar. Isso é mais uma grande prova que a nível local o remorto ainda é grande, tem conquistas, a torcida ainda tem alguma coisa para festejar. Mas saindo de Belém, a passando para nível estadual, regional e nacional quem comanda a coleção de glorias até em matéria de torcida é o Paysandu Sport Club, sem grito…….
    kakakakakakakakakakakak
    kakakakakakakaka
    kakakakakakaka
    Foram mexer na ferida dos homens remortos com essa pesquisa colocando o remorto com menor torcida que o Papão no Par´[a e norte do Brasil. Não demora muito vão inventar outra história para dizer que o remorto tem a maior torida do estado e do norte
    kakakakakakakaka
    kakakakakakakakakakakakak

    Curtir

  • 3. Jorge alves  |  12 de outubro de 2013 às 8:29

    Claudio, isso é sofisma, camarada. O fato dos demais utilizarem agiotas e AK não (partindo da premissa de que esta informação é verdadeira), não o credencia a melhor, só por isso, nem o torna competente. Se usarmos uma premissa diferente, poderia ser considerado o pior e incompetente: o único dirigente que tentou vender, a preço de banana, o maior patrimônio do clube.
    Quanto ao número da torcida, la vem choro rsss
    Abraço.

    Jorge Alves

    Curtir

  • 4. Edilson Costa Silva( Enciclopédia do Paysandu)  |  12 de outubro de 2013 às 8:33

    PAYSANDU SPORT CLUB
    Comprovadamente o clube de maior torcida no estado do Pará e do norte do Brasil. É incrível como a pesquisa para equilibrar tudo por aqui e amenizar o sofrimento dos remortos que levam essa questão de maior torcida muito a serio, colocaram o remorto como o de maior torcida na região metropolitana, mas so que o estado do Pará tem 173 municípios, e não somente os da região metrolitana. E Pará inteiro a maior torcidas é bicolor entre os clubes locais. sem grito..
    kakakakakakakakakakak
    kakakakakakakakakaka
    kakakakakakakakakakak

    Curtir

  • 5. Edilson Costa Silva( Enciclopédia do Paysandu)  |  12 de outubro de 2013 às 8:42

    La vai processo e xingamento da torcida remorta contra essa fonte porque os caras não querem ser a maior torcida da região metropolitana, eles querem ser do estado e do norte, mas isso pertence ao Paysandu
    kakakakakakakakakak
    kakakakakak como é que vai ficara cara do Paulo caxiado que foi novamente desmentido publicamente por iludir a torcida remorta, pois o cara grita diariamente no microfone da Clube: ” O clube do fenômeno azul, o clube que tem 5 milhões de torcedores na Amazônia legal. “”kakakakakakakak A pesquisa demonstra que nem remo e Paysandu juntos possuem 5 milhões de torcedores e maior torcida do Pará ( tema da pesquisa) e consequentemente a maior do norte entre os clubes nortistas e nação bicolor do Paysandu.

    chupa essa manga caxiado paradeixar de ser ilusionista
    kakakakakakakakakaka
    kakakakakakakakak
    kakakakakakak
    kakakakaksem grito
    kakakakakakakak

    Curtir

  • 6. PP Correa  |  12 de outubro de 2013 às 8:55

    Caro Edilson, não faça vergonha em seus comentários, veja a tabela 2.1 e depois interprete a tabela 2.1.2. As demais tabelas detalham o global da tabela 2.1.

    Curtir

  • 7. Edilson Costa Silva( Enciclopédia do Paysandu)  |  12 de outubro de 2013 às 9:02

    Essa colocação da torcida do remorto na tabela é tipo candidato a governo do estado ou senador onde o cara pode ter um bom reduto em Belém, mas se não conquistar a maioria dos votos do interior, o cara não se elege

    kakakakakakakakakakakak
    kakakakakakakak
    kakakakakak

    fenômeno azul do caxiado, a maior torcida de Belém e região metropolitana.

    Nação bicolor ou avalanche bicolor, a maior torcida do estado e do norte do Brasil.

    Se remo e Paysandu fossem candidatos ao governo do estado que tem 8 milhões de pessoas, o eleito a governador seria o Paysandu, com os votos do interior do Estado. kakakakakakak

    É por isso que o senador dono deste jornal, foi eleito com voto maciço de quase 2 milhões de eleitores, e como sabe-se que ele não tem um grande eleitorado em Belém, os votos elegíveis vieram do interior, da nação bicolor espalhada pelo estado, maior do estado
    kakakakakakaka

    foi por isso que dizem que mesmo sendo simpatizante azulino, ele já ajudou muito o Paysandu enquanto senador. ai dele se não ajudasse, com certeza não seria eleito so com votos de Belém, dos azulinos. kakakakakakakakakakakaka
    kakakakakakakak
    kakakakakakak

    Curtir

  • 8. Edilson Costa Silva( Enciclopédia do Paysandu)  |  12 de outubro de 2013 às 9:06

    Atenção vcs candidatos ao governo e ao senado pelo pará em 2014, a nação bicolor tem a maior torcida no interior do Pará, não decepcionem essa torcida e nem façam mal ao Paysandu Sport Clube, senão, senão, senão já erasenado e governo do estado
    kakakakakakakakakakakakakak

    Curtir

  • 9. Édson do Amaral - Paysandu o melhor do Pará  |  12 de outubro de 2013 às 9:16

    Continuo com minha opinião obvia, Remo já teve a maior torcida, mas de 80 pra cá o Paysandu passou, se estabilizou e só não tá muito maior pela incompentencia de LOP e Vandick, pois mesmo o Papão estando na série B e o rival mais próximo sem divisão, ainda conseguem dar vida com campanhas pifias para os mortos vivos.

    Curtir

  • 10. Edilson Costa Silva( Enciclopédia do Paysandu)  |  12 de outubro de 2013 às 9:25

    PP CORREIA, amigo
    eu é que te digo para analisar bem as tabelas, sem fanatismo principalmente a tabela 2.1.2 , analise o texto antes dela e verifique quem tem maior torcida no interior do Pará. Verifique a surpresa do redator quando ele diz: ” Agora, uma novidade. A divisão dos números entre Belém e o INTERIOR DO PARÁ”

    REMO 8,2%
    PAYSANDU 8,6%%%%%%%%%%%%%%%%%%%%
    ainda QUERES DISCUTIR QUEM É MAIOR DO ESTADO DE VERDADE???
    kakakakakakakaka
    kakakakakakakakak

    O redator ficou tão surpreso que o remorto ganhando em Belém, ele tinha em mente que ganharia fácil no interior do estado, mas se equivocou porque a maior torcida espalhada por todo o Pará, o colosso dos estados brasileiros e a nação bicolor
    sem grito……..
    kakakakakakakakaka
    kakakakakak
    kakakakakak

    é por isso que jogando no interior do Pará o Paysandu é campeão de publico e renda, inclusive subiu para a serie b depois de muito tempo, no interior do Para, contra um time modesto do rio de janeiro, mas o estádio super lotado de bicolores.

    ou tem duvidas????????

    kakakakakakakakakakaka
    kakakakakakak
    kakakakakakak
    kakakakakakakak
    vei ter muito choror

    kakakakakakaka

    eu nem me meto nessa briga
    kakakakakakakakakaka

    Curtir

  • 11. Jorge alves  |  12 de outubro de 2013 às 9:29

    Edilson, vou repetir pela enésima vez pra você: o pior cego é o que não enxerga. Aprenda a ler e interpretar, depois vem comentar este “post” novamente. Que coisa feia. Como mencionou o PP Correa, você está fazendo vergonha aos seus pares. Édson, cuidado que você está indo no mesmo rumo. A pesquisa mostra justamente o contrário do que você diz.
    ___
    Já morei no Sul e no Oeste do Pará e o que já sabíamos foi constatado pela pesquisa: Remo e Paysandu exercem menos influência que times do Sul do país.

    Abraços

    Curtir

  • 12. Torcida do Remo a maior do Norte.  |  12 de outubro de 2013 às 9:29

    Onde o “Edilson Costa Silva( Enciclopédia do Paysandu) ” tá vendo o Paysandu na frente do Remo???? Não sabe interpretar uma tabela de pesquisa ?? kkkkkkkkkkk em todas as tabelas o Remo tem % maior global. Global é isso que importa 3º torcida do Estado! kkkkkkk

    Curtir

  • 13. celira  |  12 de outubro de 2013 às 9:32

    Apesar de paissandu, a mim pouco intergrandeuem é maior, posto que a diferença é tão ínfima que qualquer afirmação soa equivocada.

    No caso da pesquisa, alguns aspectos são importantes de refletir.
    1) Estamos perdendo torcedores crianças, torcedor do futuro,. Tanto Remo quanto Paissandu devem investir pesado nesse núcleo. Inclusive voltando as gratuidades para as crianças (fica muito caro levar dois filhos para jogos) e/ou ingressos simbólicos.
    2) O dominio do Flamengo e reflexo da grande migração de pessoas de outras regiões para o sul e sudeste do Pará. Vale destacar que, por ser um estado continental, até recentemente o Paraense era un metropolitano.
    3) Copa Verde e Paraense podem funcionar como importantes competições para conquistar torcedores regionais, principalmente se tiverem visibilidade da TV.
    4) apesar disso, Remo e Paissandu devem se restruturar o mais rápido possível, a fim de disputar competições de alto nivel como série B com competitividade.
    Abraços e bom cirio.

    Curtir

  • 14. celira  |  12 de outubro de 2013 às 9:33

    Onde está confuso quis dizer; interessa quem é maior…

    Digitar em cel. é horrível.

    Curtir

  • 15. ANTONIO Valentim  |  12 de outubro de 2013 às 9:43

    Muito bem feita essa pesquisa e a mais próxima do real que eu já vi. Flamengo, em razão dos torcedores do interior, lidera; Remo vem em seguida, logo depois o Psc.

    De parabéns o público paraense pela paixão ao velho esporte bretão, priorizando suas cores locais, em que pese a influência no interior das ondas da rádio Nacional – nos primórdios – e da rede Globo, atualmente, em favor do Flamengo.

    Contra os números não há argumentos.

    Curtir

  • 16. Cláudio Santos - Técnico do Columbia - Val de Cans  |  12 de outubro de 2013 às 9:55

    Quanto a uma torcida ser maior ou menor que a outra, não mudo minha opinião. Remo e Paysandu, são iguais em números de torcedores, e defino as duas torcidas, da seguinte maneira:

    Paysandu, tem uma torcida apaixonada

    Remo, tem uma torcida Fanática

    Claro que teremos uns 10% de fanáticos na torcida do Papão, como teremos o mesmo percentual, de apaixonados, na torcida do Leão… Nada é 100%..

    Sempre defini assim, essas duas grandes torcidas…

    Curtir

  • 17. Edilson Costa Silva( Enciclopédia do Paysandu)  |  12 de outubro de 2013 às 9:55

    que global o que camarada. vcs tem de aprender a estudar matemática para não falar besteiras.

    Para. 8 milhões de pessoas

    Belém e região metropolitana cerca de 3 milhões de pessoas no global .

    meio por cento em favor da torcida remorta desses 3 milhões significa em tese 15000 torcedores a mais que o remorto possui a mais que o papão em Belém e região metropolitana. correto????

    agora:

    No restante do estado ou interior do para onde o Paysandu ganha com 0,4% a mais que o remorto, cujo Pará tem cercade 8 milhões de habitantes segundo o ultimo censo , restariam os 5 milhões de pessoas. Então 0,4 por cento de 5 milhões resulta em 20 mil torcedores a mais que o Paysandu tem sobre o remorto. Dessa forma, fazendo a comparação entre os 2 resultados resulta:

    REMORTO 15 MIL TORCEDORES A MAIS QUE O PAYSANDU NA REGIÃO METROPITANA

    PAYSANDU 20 MIL TORCEDORES A MAIS QUE O REMO NO INTERIOR DO PARÁ

    SUBTRAINDO: 20.000 BICOLORES – 15000 REMORTOS= 5000 BICOLORES A MAIS QUE REMORTOS NO PARÁ. CORRETO JORGE ALVES AO VOU TER DE TE ENSINAR MATEMATICA ???

    KAKAKAKAKAKAKAKAKAKAKAKAK
    KAKAKAKAKAKAKAKAKA

    Curtir

  • 18. celira  |  12 de outubro de 2013 às 10:06

    Edilson, apesar de ser indiferente a estes números, ja que há um evidente empate técnico, você está equivocado quanto as suas análises gráficas e matemáticas.

    Para mim a pesquisa não é sinônimo de regozijo da grandeza de Papão e Leão, mas motivo de preocupação do crescimento de times do eixo sul e sudeste no setor torcedor do futuro.

    Curtir

  • 19. Jorge alves  |  12 de outubro de 2013 às 10:09

    Celira, concordo plenamente com você. A ínfima diferença de meio ponto percentual considera-se empate técnico, portanto, não dá para afirmar quem é a maior. E quanto a tendência, a leitura é perfeita. No entanto, a maior questão que se deve tirar não é nem uma nem outra, mas o que se deve fazer no futebol paraense para que os times locais consigam, aos poucos ir conquistando a torcida do PARÁ, e não somente da região metropolitana. Isto é longo prazo, mas há que ser feito algo. No cenário atual, mesmo o Paysandu ainda na série B, não se vislumbra progresso algum. Há necessidade, ainda, de recuperação de outra agremiação: Tuna Luso. Esta, talvez, seja ainda mais difícil.

    Abraço.

    Curtir

  • 20. celira  |  12 de outubro de 2013 às 10:22

    Jorge, fiz essa análise sobre o que falas em um comentário inicial, ja que devemos pensar nisso.

    Também escrevi, em outra postagem do grande Gerson Nogueira, sobre o importante papel desempenhado pela TV Cultura.

    Curtir

  • 21. PP Correa  |  12 de outubro de 2013 às 10:25

    Edilson, aprenda a fazer conta. Estime a população que reside no Pará em 7.000.000 e retire os percentuais de 14,5 e 14,0 e veja qual é o maior. A tabela global representa a somatória da região metropolitana com o interior.

    Curtir

  • 22. Antonio Oliveira  |  12 de outubro de 2013 às 10:44

    Mais uma vez, apurado o quantitativo da capital, zona metropolitana e interior, a torcida do Clube do Remo sai na frente, dentro ou fora da margem de erro, no Global os números sempre sorriem pro Leão. E não adianta “mandrakear” a análise, pois a primeira tabela é clara como a luz do dia quando mostra o comportamento dos números na capital, na zona metropolitana, no interior, e, depois, consolida a apuração mostrando o resultado global.

    Agora, é impositivo reconhecer que num certo quesito das tabelas divulgadas nesta postagem a torcida listrada tem uma boa margem de vantagem sobre o Fenômeno Azul. E não estou me referindo aos idosos, não. Isso é emblemático do desgoverno a que vem sendo submetido o Brasil nestes mais de 500 anos de existência.

    Quanto aos flamenguistas, não é de surpreender. Afinal, até no exterior, com destaque para a Europa e para os Estados Unidos, o Flamengo tem um formidável número de torcedores. Aliás, foi por isso que a classificação do Leãozinho recentemente teve uma repercussão globalizada.

    FELIZ CÍRIO A TODOS!

    Curtir

  • 23. Antonio  |  12 de outubro de 2013 às 10:59

    Enquanto Remistas e Bicolores disputam uma guerra pra obter uma vitória sobre o outro (Vitória de Pirro), deveriam guerrear juntos contra a perda de relevancia em relação a clubes de outros estados aqui dentro de casa….isso mesmo: o controle remoto da Tv da Sala já não segue a vontade do dono da casa….tem outro controlando.
    Esse é o movimento a ser combatido pra evitar o que aconteceu no Amazonas….um olhar atento indica que isso é um fato.
    As crianças paraenses torcem pra quem? Observem….
    Sei que vou ouvir que a rivalidade é que é legal…blá…blá…blá…
    Go ahead brothers(bloggers)!!!!

    Curtir

  • 24. Edilson Costa Silva( Enciclopédia do Paysandu)  |  12 de outubro de 2013 às 11:11

    ATENÇÃO.
    VEJAM AGORA OS NUMEROS EXATOS DA POPULAÇÃO PARAENSE SEGUNDO O CENSO DO IBGE 2013 E QUEM REALMENTE TEM MAIOR TORCIDA DO ESTADO:

    população do pará: cerca 8 milhões

    população da região metropolitana 2. 176. 334 milhões

    população do interior do Pará menos região metropolitana 8 milhões menos 2.176.334 é igual a 5.823.666 milhões de habitantes no interior. Assim:

    0,5 % de 2.176.334 resulta em 10.883 torcedores remortos a mais que a nação bicolor nessa região.

    Porém: 0,4%%%% de 5.823.666 resulta em 23.294 torcedores bicolores a mais que os remortos no restante do Pará.

    LOGO: 23.294 torcedores bicolores do interior menos 10823 azulinos da região metropolitana resulta em 12.411 torcedores bicolores a mais que os azulinos no Pará inteiro, e não so 5000 como falei. Dessa forma com numeros exatos a nação bicolor no Estado aumenta mais ainda. Ou alguem ainda tem dúvidas?????//

    papãoooooo a mior torcida do norte
    kakakakakakakaka
    contra fatos e matematicanão ha argumentos
    kakakakakakakakaka sem grito
    kakakakakakakakak
    atenção remortos nervosos, sugiro que procurem um professor de matematica para explicar como funciona esse calculo e como tenho razão.

    kakakakakaka

    Curtir

  • 25. Edilson Costa Silva( Enciclopédia do Paysandu)  |  12 de outubro de 2013 às 11:18

    agora se tem azulinos chateados com meu calculo peço que o façam contra a fonte que colocou o paysandu como a maior torcida do interior do pará onde a população é infinitamente maior que a da região metropolitana onde os azulinos são maiores

    comigo não violão..

    kakakakakakakakakakakakakak

    Curtir

  • 26. Torcida do Remo a maior do Norte.  |  12 de outubro de 2013 às 11:19

    Alguém por favor indique um curso de pesquisa básica do IBGE pelo menos ou um hospital para o “Edilson Costa Silva( Enciclopédia do Paysandu)” O cara tá delirando com os números e interpretação …é o time do Paysandu está voltado pra série c…talvez isso seja a razão do delírio com a interpretação da pesquisa.kkkkkkkkkkkkkk

    Curtir

  • 27. Edilson Costa Silva  |  12 de outubro de 2013 às 11:47

    Eu quero dizer aos meus amigos bloguistas que não invento cálculos até porque os mesmos estão aí para analise de qualquer um que saiba ler sem fanatismo. O calculo de maior torcida do Pará seria realmente favorável aos remortos se além da região metropolitana eles ganhassem também no interior ainda que com pequena minoria, mas que pelo menos ganhassem. Aí não teria nenhuma dúvida. Mas não é isso que está na tabela. O que estão evidente é que na região metropolitana a torcida remorta surge como maior, mas no interior ou restante do estado onde a população é mais do dobro da região metropolitana, a maior torcida apontada e do Paysandu. então tirando os coeficientes entre um valor e outro e subtraindo , os favoráveis à nação bicolor são bem maiores. e isso é matemática. Eu tenho certeza que se fosse o inverso disso com o Paysandu maior na metropolitana e os remortos maiores no interior ou restante do pará, estariam fazendo o mesmo calculo que fiz. Vou mais além e digo que até o caxiado já teria entrado no blog, gritando:’ leão o clube que tem 5 milhões de torcedores no Pará”

    e não tenho culpa se a fonte se equivocou ou errou dizendo que o remorto tem a maior torcida do Pará com 0,5 %a mais que a bicolor referente à região metropole, Porem ao mesmo tempo coloca um tabela em seguida onde aponta que A NAÇÃO BICOLOR COMO MAIOR NO INTERIOR DO ESTADO COM 0,4% a mais que os remortos, sendo que a diferença entre a população do interior menos região metropolitana é de quase 6 milhões de habitantes, o que indica a nação bicolor bem maior no geral e não a torcida remorta. se querem criticar, critiquem a fonte que iludiu vocs como se não bastasse o caxiado

    kakakakakakakakakak
    kakakakakakakakakak

    Curtir

  • 28. Augusto  |  12 de outubro de 2013 às 11:59

    Nossa, mas como esse edilson fala abobrinhas, já ouviu falar em margem de erro amigo? 3.4 na pesquisa, consequentemente é impossível determinar a maior torcida.

    Curtir

  • 29. Edilson Costa Silva  |  12 de outubro de 2013 às 12:04

    E tem mais uma seria questão nesse debate para quem é inteligente ou não fanático ou cego ou burro. O titulo da coluna não aponta o remorto com a maior torcida do Pará ou em nenhum momento o redator deixa isso claro. Se fosse isso, o redator colocaria logo a inserção: ” REMO POSSUI A MAIOR TORCIDA DO PARA SEGUNDO PESQUISA”. Mas observem que ele coloca uma pergunta: ” QUAL A MAIOR TORCIDA DO PARÁ” onde logo abaixo coloca o resultado da pesquisa, com certeza para análise e interpretação de cada leitor porque com certeza deve estar em dúvida, ou seguindo os mesmos raciocinios onde estou usando dados matemáticos e dados do IBGE2013 , e não fanatismo para afirmar que a nação bicolor é a maior pelos dados apresentados nas tabelas.

    Curtir

  • 30. Antonio Oliveira  |  12 de outubro de 2013 às 12:27

    Quer dizer que o 0,5% é apurado somente dos torcedores da região metropolitana, já o 0,4% é apurado dos torcedores do interior?

    Hum, já começo a intuir em qual Coluna, de qual tabela, dentre as publicadas na postagem, se enquadra o discernimento capaz de operar uma apuração deste naipe.

    Curtir

  • 31. Torcida do Remo a maior do Norte.  |  12 de outubro de 2013 às 13:04

    Tirando todas as baboseiras citadas…não é admissível que a mídia paraense deva tanta importância para uma pesquisa de 840 entrevistado e vindo da tendenciosa como sempre mídia do sudeste(Rio-São Paulo).

    Curtir

  • 32. Jorge alves  |  12 de outubro de 2013 às 13:06

    Antônio, isso se chama delírio. Corta pra 18. rssss
    Abraço

    Curtir

  • 33. Anônimo  |  12 de outubro de 2013 às 13:10

    Leão tem a maior torcida!! Conta outra que isso aí até um cego já sabe kkkkkkkkk Esse velho edilsinho tá delirando, deve ser a idade, esse só escreve asneira aqui no blog, tem poder aqui no blog, pq será?????

    Curtir

  • 34. Antonio Oliveira  |  12 de outubro de 2013 às 13:49

    É, Jorge, noves fora os sarros, de parte a parte, o caráter muito reduzido da amostra, um segmento etário que se foi pesquisado não foi publicado (3 a 10 anos), a identificação dos municípios pesquisados, e, principalmente, minha condição de leigo em matéria de pesquisa de opinião, seguindo tirando sarro, cortemos pro 18.

    Curtir

  • 35. Jorge alves  |  12 de outubro de 2013 às 14:04

    É possível, Antônio, que tenham levado em consideração que até os 10 anos não há opinião formada, ou ainda é vulnerável a escolha, só se sedimentando a partir dos 10. Se for isso, talvez seja um grande erro. O intenso grau de paixão do paraense faz com que a certeza seja mais precoce, beirando os 6, 7 anos, claro, respeitando as exceções.
    Cortemos pra 18.

    Curtir

  • 36. Edilson Costa Silva(Enciclopédia do Paysandu)  |  12 de outubro de 2013 às 14:34

    Amigo antonio oliveira, como fizestes um uma pergunta sem grosseria e de quem ainda está com dúvidas sobre tudo que falei, permita-me responder sua pergunta copiando e colando aqui como resposta, um dos textos onde está evidente isso. e se não estiver conformado analise com atenção a tabela 2.1.2. aí se ainda não entender me desculpe,mas…..:

    “””””A região metropolitana, como não poderia deixar de ser, é o principal reduto de Remo (30,5%) e Paissandu (27,8%). Mas não significa que ambos desapareçam no interior, pelo contrário. Marcando respectivamente, 8,2% e 8,6%, a dupla da capital denota ascendência nada desprezível sobre a população do estado. O interior, a propósito, é amplamente flamenguista (33,9%). Se dependesse da força rubro-negra em Belém, o Flamengo se sairia mal. Por lá, Nação apresenta o mesmo tamanho da Fiel corintiana (9,6%), torcida que apresenta incrível estabilidade na distribuição capital-interior. Outro que se salva no interior é o Vasco, já que todos os paulistas o superam em Belém. Destaque final para a ausência de citações à Tuna Luso, tradicional equipe paraense.”””””

    netendeu agora antonio????????????

    Curtir

  • 37. Antonio Oliveira  |  12 de outubro de 2013 às 14:34

    De fato, Jorge. Não sei por aí a fora, mas no Pará a definição é bem mais precoce, com as exceções de praxe, lógico. Aliás, quem, nessa idade, vai com o pai, ou mãe, ou ambos, pro estádio, muito raramente muda de clube. E mesmo com toda violência, quem vai pro estádio sabe que é bem grande o número de crianças que lá comparecem com seus pais. Quer dizer, ainda que a pesquisa neste intervalo etário não alterasse muito o resultado global, talvez mostrasse quem está crescendo mais atualmente, como me parece que a faixa 16/25 anos mostra que no período que coincidiu com a “nuvem passageira” o listrado teve um bom incremento no seu quantitativo.

    Curtir

  • 38. blogdogersonnogueira  |  12 de outubro de 2013 às 14:49

    Amigo Valentim, também achei esta a melhor e mais detalhada pesquisa feita até hoje no Estado, com discriminação de níveis de escolaridade, idade e faixa de renda. Os números expõem o que se tem visto nas ruas e nos estádios. Sempre haverá um ponto a criticar ou ressalvar, mas não se pode negar que o levantamento foi bem feito. No coração dos torcedores, o Flamengo é primeiro, Remo segundo e Paissandu terceiro.

    Curtir

  • 39. blogdogersonnogueira  |  12 de outubro de 2013 às 14:51

    A pequena diferença pró-Remo na pesquisa respalda sua observação, amigo Cláudio. Temos duas torcidas gigantescas – fato ressaltado pelo blogueiro Vinícius Paiva – que se incluem entre as maiores do país, seguramente.

    Curtir

  • 40. Edilson Costa Silva(Enciclopédia do Paysandu)  |  12 de outubro de 2013 às 15:03

    E tem mais essa reposta antonio oliveira:

    Se o resultado final da pesquisa é global e a mesma foi efetivada de forma global como pensas ou acreditas significaria que:

    o remorto teria 30,5% da região metrolitana mais 8,2% do interior, o que daria um global de 38,7% .

    ja o papão teria 27,5% da metropolitana mais 8,6% do interior que daria um global de 36,1.

    dessa forma subtraindo os 38,7 do remorto menos os 36,1 do Paysandu, daria uma vantagem global de 2,6 pontos percentuais em favor do remorto. Aí eu é que pergunto, em qual tabela o remorto aparece com 2,6% a mais que o Paysandu?????

    então mestre antonio, a pesquisa foi mesmo desmembrada em região metropolitana e interior do pará, caso contrário a tabela e a pesquisa contem vicios ou erros e não pode ser levada a serio.

    Curtir

  • 41. carpe  |  12 de outubro de 2013 às 15:09

    dependendo do critério a maior torcida em sofrimento é a do Remo.

    Curtir

  • 42. carpe  |  12 de outubro de 2013 às 15:09

    Em título é a do Papão.

    Curtir

  • 43. Edilson Costa Silva(Enciclopédia do Paysandu)  |  12 de outubro de 2013 às 15:14

    kakakakakakakakakakakakakakakak
    kakakakakakakakakakaka
    kakakakakakakakak
    kakakakakaa
    kakak

    é verdade carpe

    kakakakakak

    Curtir

  • 44. Antonio Oliveira  |  12 de outubro de 2013 às 16:11

    Tudo bem, Edilson, então, deixa eu te mostrar. Se não enxergares… Bom, aí desculpa, mas…

    Pois bem, partindo dos números que atribuis ao IBGE e dos percentuais oferecidos pela pesquisa:

    Primeiro , deverias ter apurado o quantitativo de torcedores tanto do Fenômeno Azul, quanto do bicóla na capital/zona metropolitana. Aí verias que o listrado perde por uma diferença de quase 60 mil torcedores.

    Depois, deverias ter apurado o quantitativo de torcedores tanto do Fenômeno Azul, quanto do bicóla, no interior. Neste caso verias que o listrado vence por uma diferença de pouco mais de 23 mil torcedores.

    Por último, deverias cotejar a diferença pro Fenômeno Azul na capital/zona metropolitana com a diferença pro bicóla no interior, quando, então, irias verificar, que ainda restaria a favor do Fenômeno Azul, uma diferença no importe de mais de 35 mil torcedores.

    Pois é, Edilson, eu fiz minha parte, te mostrei… Enxergastes?

    Curtir

  • 45. miguelangelo1967  |  12 de outubro de 2013 às 16:13

    Na minha opinião estamos perdendo mercado para os times de fora graças as burrices contínuas da dupla ReXPa, se não abrirem o olho e partirem para um corpo a corpo no interior principalmente no suk e sudeste do estado estaremos sufocados pelos times do Rio de Janeiro em breve!

    Curtir

  • 46. Antonio Oliveira  |  12 de outubro de 2013 às 16:20

    Agora, sim, Edilson, tens razão, quando acompanhas a boa sacada do Carpe. Só uma ressalva: usando os índices da pesquisa, até ali pelo meado de 2013, o Fenômeno Azul era o mais sofredor. Mas, agora, depois das seguidas peias experimentadas pelo Bicóla, apesar de menor, a torcida listrada se agigantou na dor e acabou confirmando o seu hino: deu a virada. Atualmente, e os arquivos do blog estão aí para não deixar ninguém dizer o contrário, o choro tem sido copioso, as lágrimas torrenciais, a tristeza comovente. Não fosse a compreensão dos moderadores com a situação excepcional dos torcedores, poquíssimos comentários seriam aprovados após os jogos, dada a quantidade de palvrões que veiculam os lamentos.

    Curtir

  • 47. miguelangelo1967  |  12 de outubro de 2013 às 16:32

    Um está à beira da série C e o outro há cinco longos anos não ganha nada, nem injeção na testa!
    Concluindo toda esta má campanha dos dois grandes da capital só deixam brechas para os times do Rio e São Paulo invadirem o nosso estado porque jogos do Flamengo são transmitidos em massa via rede Bobo!
    Se tivéssemos o Paysandú arrebentando na série B e dentro do G 4 poderíamos dar um gás aos futuros torcedores alvi-celestes. Mas frequentando o Z 4 ou namorando com este só faz os pretendentes torcedores paraenses optarem pelos do Rio x São Paulo, até por vergonha!
    Quanto ao fanatismo, o fanatismo por si só leva ao suicídio!
    Aqui no estado vizinho de Pernambuco o Santa Cruz o time de maior torcida está navegando há anos rumo a um melhor lugar, e sua torcida não pára de crescer, por que será?
    Por outro lado a terceira força, o Náutico, está voltando para a série B, enquanto que o Sport, segunda maior do estado, deverá ser um dos quatro na primeira divisão nacional 2014!, detalhe,o número de torcedores não cresce proporcionalmente aos seus adversários!
    Faz muito tempo que as forças de grande torcida paraense não dão alegrias às suas torcidas e isso influencia muito!
    Diante de um destes pesquisadores já vi colegas que vestem camisas no trabalho do Remo, ou do Paysandú, quando perguntados responderem Flamengo, eu acho uma puta trairagem!
    Até no campeonato virtual do qual participo os nomes dos dois do Pará não fazem parte da listagem e temos que optar por “outros” quando da escolha do time do coração, ou se render às opções impostas pelos globulares Flamengo, Vasco, Botafogo, Fluminense….
    Eu sou Paysandú e sempre serei, e torcerei sempre pelo meu estado!

    Curtir

  • 48. Augusto  |  12 de outubro de 2013 às 17:07

    Régis faz 1 a 0 pro América-RN, ideal para o Paysandu seria que houvesse um empate nesse jogo.

    Curtir

  • 49. Augusto  |  12 de outubro de 2013 às 17:42

    Tudo igual: América-RN 1X1 Atlético-GO

    Curtir

  • 50. ANTONIO Valentim  |  12 de outubro de 2013 às 18:17

    Tudo dentro da margem de erro. Em 99% das pesquisas divulgadas, a torcida azulina está na frente da do rival, claro tudo dentro da margem de erro.

    Mas sempre na frente, ressalte-se.

    O torcedor do interior, mais distante da movimentação e paixão que se respira na RMB e adjacências, tende a votar no Flamengo – por influências e razões já citadas por mim neste espaço.

    Eis aí um nicho a ser devidamente explorado por Remo e Paysandu. Indispensável, todavia, profissionalismo para abordar todas as áreas possíveis.

    Curtir

  • 51. Luís Antônio Mariano  |  12 de outubro de 2013 às 18:21

    Confesso que estou decepcionado com o resultado desta pesquisa, uma vez que a mesma parece ter sido a mais bem feita dos últimos tempos e portanto não há muito o que contestar. Mas eu esperava que ambas as torcidas rondasse a casa de 1,5 milhão cada. Acho que as torcidas dos nossos times estão ou encolhendo, ou estagnadas.

    Curtir

  • 52. Eriko Morais  |  12 de outubro de 2013 às 21:24

    Edilson: enciclopédia do paysandu, “desciclopédia” da matemática… kkkk

    Curtir

  • 53. Eriko Morais  |  12 de outubro de 2013 às 21:33

    repita comigo 2+2….kkkk

    Curtir

  • 54. Eriko Morais  |  12 de outubro de 2013 às 21:55

    Vamos lá.

    Edilson, post 2:

    “Apesar do remorto está com MEIO por cento de vantagem em Belém e região metropolitana….”.

    E neste argumento baseiam-se todos os outros posts do nosso caro Oswal… digo, Edilson.

    Mais adiante, Edilson, post 36:

    “…aí se ainda não entender me desculpe,mas…..:
    “””””A região metropolitana, como não poderia deixar de ser, é o principal reduto de Remo (30,5%) e Paissandu (27,8%). ”

    Edilson, veja bem:

    30,5 – 27,8 = 0,5 ?

    Em que calculadora, mano, a do livrai-nos do rebaixamento?

    Edilson, meu velho, reveja seus posts e não passe mais vergonha defendendo o indefensável. Você pode entender bastante do seu time lá, mas de estatística tá meio devagar. Abração e feliz círio!

    Curtir

  • 55. Wilson Costa  |  12 de outubro de 2013 às 23:13

    Se o dono do Blog,é remista,então…..

    Curtir

  • 56. Márcio José  |  13 de outubro de 2013 às 1:01

    Entre os analfabetos, o Paysandu tem a maior torcida. Nível superior completo o Remo ganha disparado. Na renda maior de 5 salarios mínimos também. Isso explica como alguns não conseguem interpretar a tabela e como os jogos do Paysandu na série B não dá ninguém.

    Curtir

  • 57. Felipe  |  13 de outubro de 2013 às 7:39

    Na turma da mucura listrada so tem analfabeto, por sinal eles ganham apenas nesse item.
    Sao os mesmos que escrevem aqui dizendo que sao a maior torcida, nao sabem ler????????????

    Curtir

  • 58. Rocildo Silva Oliveira Silva de Oliveira  |  13 de outubro de 2013 às 8:07

    MEUS AMIGOS A QUANTIDADE EXCESSIVA DE POSTAGEM, MOSTRA UM DESCONTROLE DO AMIGO EDILSON. ELE NÃO É TOLO E SABE QUEM É A MAIOR, MAIS APAIXONADA E APAIXONANTE TORCIDA DO NORTE BRASILEIRO. O MAIS QUERIDO QUE CARREGAMOS COMO UMA MARCA, NÃO FOI CRIADO PELA TORCIDA DO CLUBE DO REMO , FOI CONQUISTADO PELO FENÔMENO AZUL. POIS O ÚNICO CONCURSO PROMOVIDO QUE SE EM NOTICIA ATÉ HOJE, ACONTECEU EM 1947 PROMOVIDO PELO JORNAL A VANGUARDA, COM A INTENÇÃO DE SE CONHECER O MAIS QUERIDO CLUBE DA CIDADE. APÓS DOIS MESES DE VOTAÇÃO AS URNAS FORAM ABERTAS 04/12/1947, E O RESULTADO FINAL APRESENTOU O CLUBE DO REMO EM PRIMEIRO LUGAR COM 43.038 VOTOS, O PAYSANDÚ EM SEGUNDO LUGAR COM 39.639 VOTOS, RECREATIVA BANCRÉVEA COM 26.429 VOTOS,, O CLUBE SETE DE SETEMBRO APARECEU EM QUARTO LUGAR COM 5.796, EM QUINTO LUGAR O UNIÃO ESPORTIVA COM 4.949 VOTOS, EM SEXTO A TUNA LUSO COM 3.476 VOTOS. PELA CONQUISTA, DO TÍTULO DE MAIS QUERIDO DA CIDADE, O REMO RECEBEU O BRONZE “A PROVÍNCIA DO PARÁ”. PORTANTO CONQUISTAMOS O TÍTULO DE MAIS QUERIDO NO VOTO, CONFIRMAMOS ESSE TÍTULO DE O MAIS QUERIDO NAS ARQUIBANCADAS DOS ESTÁDIOS PARAENSES DURANTE TODOS ESSES ANOS DE DISPUTADO FUTEBOLÍSTICA E EM 2005 NOS TORNAMOS A TORCIDA COM A MAIOR MÉDIA DE PÚBLICO DENTRE TODOS OS CLUBES BRASILEIROS JOGANDO UMA TERCEIRA DIVISÃO, ONDE DESBANCAMOS VERDADEIROS GIGANTES DO FUTEBOL NACIONAL, INCLUSIVE UM AQUI DE BELÉM, QUE JOGAVA A PRIMEIRA DIVISÃO. E PARA ENCERRAR, EM 20/02/1978, QUEBRAMOS PROTOCOLO E FOMOS AUTORIZADOS PELO GOVERNADOR DA ÉPOCA SENHOR ALUÍSIO CHAVES, A INAUGURARMOS EXTRA OFICIALMENTE AS PRESSAS ,O MANGUEIRÃO, POIS O EVANDRO ALMEIDA, JÁ NÃO SUPORTAVA A PRESENÇA MACIÇA DO FENÔMENO AZUL COM PÚBLICOS DE 27.846, 26.938 E 29.934 TORCEDORES QUE ACOMPANHAVAM O LEÃO NAQUELA LINDA E INESQUECÍVEL JORNADA. PORTANTO MEU CARO E APAIXONADO BICOLOR EDILSON, VÁ CHORAR NA CAMA QUE É LUGAR QUENTE RSRSRSRS. SALVE CLUBE DO REMO O MAIS QUERIDO CLUBE DO FUTEBOL NORTISTA .

    Curtir

  • 59. Rocildo Silva Oliveira Silva de Oliveira  |  13 de outubro de 2013 às 8:09

    EU JÁ SABIA KKKKKKKKKKKKKKK

    Curtir

  • 60. blogdogersonnogueira  |  13 de outubro de 2013 às 8:11

    Tidizê…

    Curtir

  • 61. Daniel Malcher  |  13 de outubro de 2013 às 11:53

    Torcidas rigorosamente iguais. Diferenças percentuais beirando os zero vírgula tal por cento não dão margem à enorme superioridade de um ou outro. O fato a ser ressaltado é o crescimento da predileção por outros times que não os nossos. Um exemplo é o Corinthians, quando este ganhou o Mundial de Clubes e a Libertadores do ano passado. Houve furor em Belém. Em 2011 foi pior: no mesmo dia em que o Paysandu decidia sua sorte na Série C contra o América RN o Timão decidia a sua contra o Atlético MG pela Série A. Parecia que o Paysandu não jogava tamanho o envolvimento com o jogo corintiano. Fiquemos atentos.

    Curtir

  • 62. Edilson Costa Silva( Enciclopédia do Paysandu)  |  13 de outubro de 2013 às 21:29

    È ISSO MESMO SEU WILSON COSTA, O DONO DO BLOG É REMORTO, então………..

    Ele teve de entrar no blog como reforço aos demais remortos que estavam calados, parecendo múmias e desaparecidos daqui desde o inicio PERDENDO DE GOLEADA PARA MIM. Observe que depois que o dono do blog e escriba baionense que nunca me enganou quanto às suas preferencias clubisticas, mas não o culpo por isso , pois gosto é gosto e ninguem descute, teve de reforçar o elenco de bloguistas remortos aqui para me tentarem conseguir me vencer, afirmando que no “coração dos torcedores paraenses o remorto é o segundo e o bicola o terceiro, não levando em conta nem sequer o texto onde o redator espõe: “se é que dá para falar em segundo lugar no Pará”” por causa da desprezivel diferença, na tal global entre as trocida REXPA. Depois do apoio do escriba Gerson Nogueira, os demais remortos começaram a soltar a franga aqui, postando comentários até grosseiros contra mim para TENTAREM, ganharem no grito kakakakakakakakakakakakakak parecendo BRUCUTUS DA INTERNET, BÁRBAROS DO TECLADO KAKAKAKAKAKAKAKAK. Até o velho rocildo, extasiado com o apoio do escriba baionense, soltou a lingua que estava presa, abriu a boca que estava fechada, amoleceu as falagens para teclar e redigir contra o Enciclopedia do Paysandu kkakakakak
    kakakakakakak Mas o Enciclópedia é forte no assunto futebol paraense e brasileiro e vou logo dizendo que o burro e analfabeto que não sabe interpretar tabela não sou eu, são todos os remortos que aqui postaram com excessão do Gerson Nogueira, que expôs quase de forma perfeita a análise quando diz, No coração dos paraenses o FLAMENGO E O PRIMEIRO, o remorto o segundo, Paysandu o terceiro. Ora, se o Mengão tem a maior torcida do Pará então quem é o mais querido do Pará????????é o remorto??????kakakaka outra loucura de vocês kakakakak
    Outra é que a suposta diferença em favor do remorto é tão desprezível que o redator diz que nem sabe se dá para falar em primeiro e segundo lugar entre os paraenses REXPA. Outra é que todas as postagens que coloquei o Paysandu como a maior torcida sempre ressalvei entre os paraenses porque não sou burro e sei que o mais querido clube do Pará vem de foraque é o Mengão. Outra e coloquei o Paysandu como maior porque entre os paraenses porque o remorto venceu na soma dos votos da região metropolitana que tem apenas 6 municípios, porém levando em conta que o Pará tem 173 municipios, o Paysandu que venceu no interior, teve mais votos ou carisma da soma de 167 municipios ou quase todo o Pará. Então por esse critério quem é o mais querido do Pará entre os paraenses????????? kakakakak
    Paras encerrar, rocildo quero te dizer que estais mais uma vez iludido porque o Magueirão foi inaugurado às pressas porque o muro teu pessimo estádio desabou e a CBF disse esse estadio não presta, ou coloca-se para outro estádio ou vão jogar no vivaldão, aí tiveram de inaugurar o Bandolão na época kakakakak.
    O muro da Curuzu ja desabou mas o jogo continuou na maior tranquilidade mesmo superlotado. kakakakak
    Rocildo esse teu campo é tão ruin que pasmen senhores, o proprio presidente ja derrubou o muro à marretadas, ou vais dizer que isso é ilusão minha???:?????????Agora estão querendo se livrar desse campo na marra parapagardívidas, se prestasse jamais iriam pensar em fazer isso
    kakakakakakkakakakakakaka
    me descupem mais tenho pena dos sofridos remortos, mas não posso deixar de rir deles

    kakakakakakakakakakakakakakakakakakakakakakakakak

    Curtir

  • 63. jpablo  |  13 de outubro de 2013 às 22:45

    Remo o maior em Pesquisas, Payssandu o Maior em Títulos

    É isso que importa, o Placar não dá margem para erros

    Curtir

  • 64. emanueljunior  |  13 de outubro de 2013 às 22:50

    Pouco me importa. Se eu fosse o único torcedor do Paysandu contra milhões de remistas, continuaria sentindo orgilhoso de ser listrado alvi celeste. Torcida não ganha título. Vejam a sala de troféus de cada um e apurem qual é o maior

    Curtir

  • 65. Pesadelo de incolor  |  13 de outubro de 2013 às 22:52

    Poxa, desculpa aí a torcida incolor…Se sem divisão a gente deixa voces pra trás e só perdemos pro Flamengo…Só posso dizer uma coisa…Primeiro tentem superar o nosso sub-20 em numero de torcedores…Depois a gente conversa tá?…kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    Curtir

  • 66. blogdogersonnogueira  |  13 de outubro de 2013 às 23:18

    Procure se acalmar, camarada. O tema futebol permite brincadeiras, gozações e chistes. Só não tolera desrespeito. Aqui, com exceção de anônimos e fakes dos quais todos desconfiamos – e que têm suas participações apagadas sempre -, todos têm inteira liberdade para interagir, dizer o que pensam, afrontar a verdade em vários momentos, sem que o blogueiro interfira ou vete. As regras são claras: sem ofensas, injúrias e agressões verbais, repito: tudo é válido. Mas é fundamental que se preserve sempre o bom senso e a tolerância, e isto não diz respeito apenas a mim, mas a todos os que aqui diariamente postam suas opiniões. Mantenha a linha e não abuse das insinuações, como essas sobre favorecimento ou incentivo a quem quer que seja. Meu tempo – dividido entre atividades profissionais, atualização do blog e vida pessoal – e minha trajetória pessoal não permitem que eu fique brincando de bater boca com torcedor ou provocando pessoas. O blog não foi criado com essa finalidade, espero que perceba e entenda isso. Mais respeito, por favor.

    Curtir

  • 67. jpablo  |  14 de outubro de 2013 às 9:47

    o comentário ai de cima é meu, não sei por que apareceu anônimo

    Curtir

  • 68. Mauricio Carneiro  |  14 de outubro de 2013 às 9:48

    Não vou alimentar a discussão infindável, mas apenas fazer uma observação que nada tem com a pesquisa. Já repararam como pessoas que a gente nem imaginava curtir futebol, nem em Copa do Mundo, pra lá dos quarenta, cinquenta anos de idade, surgem do nada nos bate-papo da vida e nas redes sociais declarando-se remistas e zoando nas derrotas do Paysandu? É amigos, orgulho ferido, querem resgatar a honra de todo jeito, mesmo sem saber o nome de um jogador se quer do time.

    Curtir

  • 69. celira  |  14 de outubro de 2013 às 14:14

    Agora, caro Gerson e colegas do blog, se você Gerson puder responder, claro. Levanto uma questão que considero interessante. O Remo tem maior torcida do que o bicolor no Pará. A diferença é ínfima, mais está lá. Como um segundo turno de eleição vencido apertado.

    Mas em termos de Brasil. Todos sabemos (quem viaja para o sul sabe bem disso) que o bicolor paraense é mais conhecido (inclusive graças a campanha na libertadores) que o Remo. Será que a nível nacional não teríamos uma inversão?

    Sempre respeitando a opinião…
    Goataria de ouvi-lo amigo Gerson.
    Abraços.
    Carlos Lira

    Curtir

  • 70. blogdogersonnogueira  |  14 de outubro de 2013 às 15:14

    Não tenho ideia, amigo Celira. Qualquer opinião será mero achismo de minha parte. Acho que as pesquisas existem para isso mesmo, pois, mesmo contestadas, evidenciam tendências.

    Curtir

  • 71. rocildo oliveira  |  14 de outubro de 2013 às 16:04

    Para de maluquice meu caro bicolor Edilson rsrssrs.

    Curtir

  • 72. Ricardo  |  14 de outubro de 2013 às 17:10

    So sei dizer uma coisa pra vocês, os números não mentem, a matemática é exata e é nas arquibancadas que mostram quem é a maior do norte.

    Curtir

  • 73. ANTONIO Valentim  |  14 de outubro de 2013 às 17:53

    Embora a consulta não seja a mim direcionada, Celira, você disse bem. De fato, o Paysandú ficou bastante ‘conhecido’ pelas campanhas na Libertadores de 2003 e na série A de 2002 a 2005 (salvo falha de memória), diferente do Remo, que se destacou nacionalmente em outra época.

    Conhecido. Assim, o Flamengo e o Corinthians são conhecidos por 100% dos brasileiros que acompanham o futebol.
    Torcida por torcida, está quase meio a meio.

    Curtir

  • 74. ANTONIO Valentim  |  14 de outubro de 2013 às 18:02

    Independente de números e da minha paixão pelo Clube do Remo, sou um fã ardoroso do clássico Remo e Paysandú, como um dos grandes símbolos paraenses e seguramente o mais disputado do planeta Terra.

    Quando morei em Brasília nos anos 90, ia à feira da Torre de Tevê e meu peito se enchia de orgulho ao ver que a barraca do Pará era identificada pelas bandeiras do Remo e do Paysandú hasteadas, sendo a única a ostentar tal homenagem. Isso mostra o quanto o paraense se identifica com esse clássico regional que a muitos ainda surpreende. É o caso do blogueiro, postador da pesquisa, que esperava contar com quase 100% do público admirando Flamengo e demais clubes do RJ e de SP, como ocorre na maioria dos estados brasileiros do Nordeste, Norte e Centro-Oeste.

    Gostaria muito que os poderes públicos (aí governo do Estado e Prefeitura de Belém) não deixassem passar em branco a data de 10jun.2014, quando os dois titãs amazônicos completarão um século de rivalidade.

    Curtir

  • 75. ANTONIO Valentim  |  14 de outubro de 2013 às 18:06

    Eis aí a sugestão que o Diário do Pará poderia encaminhar à prefeitura e ao governador (ainda que seja época de Copa do Mundo, que Belém só vai ver pela tevê).

    Curtir

  • 76. Édson Amaral - Papão nunca foi de 4° e nem ficou sem divisão  |  14 de outubro de 2013 às 18:11

    Maior torcida do Pará é a do Paysandu e não se fala mais nisso!

    Curtir

  • 77. Thiago Ferreira  |  14 de outubro de 2013 às 21:37

    Entre os analfabetos, o Paysandu tem a maior torcida. Nível superior completo o Remo ganha disparado. Na renda maior de 5 salarios mínimos também. Isso explica como alguns não conseguem interpretar a tabela e como os jogos do Paysandu na série B não dá ninguém.

    Curtir

  • 78. jpablo  |  15 de outubro de 2013 às 15:28

    Amigo Celira, viajo bastante por esse nosso Brasil, bastante pelo Suldeste, regulamente nordeste e raras vezes o Sul, e sem fanatismo o número de pessoas que eu já vi usando o manto sagrado é bem maior do que aquela camisa feia azul marinho, este fim de semana mesmo, nas ruas de fortaleza vi o Manto Sagrado sendo usado por um nobre desconhecido.

    Abraço a todos

    Curtir

  • 79. Eder Pacheco  |  22 de outubro de 2016 às 13:35

    A torcida do Remo ea maior do Norte do Brasil sem mi mi mi

    Curtir

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


CONTAGEM DE ACESSOS

  • 6,982,929 visitantes

Tópicos recentes

gersonnogueira@gmail.com

Junte-se a 19.523 outros seguidores

ARQUIVOS DO BLOG

FOLHINHA

NO TWITTER

GENTE DA CASA

POSTS QUE EU CURTO


%d blogueiros gostam disto: