A frase do dia

“O Botafogo tem que estar orgulhoso por estar lá no alto e brigando pelas primeiras posições. Precisa acreditar e sonhar, ter coragem de olhar para a frente com otimismo e vontade, e não medo ao olhar para trás. Se você fica abatido porque perdeu uma batalha esportiva, não merece estar em alta. Mas não queremos ganhar uma batalha só, queremos ganhar a guerra”.

De Clarence Seedorf, meia-armador do Botafogo.

DIÁRIO conquista Prêmio Nacional Vladimir Herzog

TENHO A HONRA DE ANUNCIAR OUTRA CONQUISTA DO MAIOR, MELHOR E MAIS LIDO JORNAL DO NORTE. VENCEMOS HOJE O PRÊMIO NACIONAL VLADIMIR HERZOG DE JORNALISMO COM A SÉRIE “SURUÍ E A GUERRILHA DO ARAGUAIA”, DE ISMAEL MACHADO & GRANDE EQUIPE.
PARABÉNS A TODOS OS ENVOLVIDOS E TAMBÉM A JADER BARBALHO FILHO, QUE HÁ 14 ANOS INVESTE EM GRANDES REPORTAGENS E NA QUALIDADE DOS PROFISSIONAIS DO DIÁRIO DO PARÁ! LEMBRANDO QUE, NA QUARTA-FEIRA PASSADA, A MESMA SÉRIE CONQUISTOU EM S. PAULO O PRÊMIO LÍBERO BADARÓ DE JORNALISMO.

ISTO É SÓ O COMEÇO!

Abaixo, a mensagem que recebi há pouco do repórter especial Ismael Machado, autor da série, que contou também com a participação do fotógrafo Thiago Araújo, do paginador e art-designer Márcio Alvarenga e dos editores Lázaro Magalhães eOctavio Cardoso (Fotografia), além da supervisão de Atorres Graphic e dos editores executivos Clayton Matos e Adaucto Couto, além da luxuosa contribuição de Paulo Fonteles Filho:

“Compartilho a informação que a série Suruí e a Guerrilha do Araguaia acabou de vencer o prêmio Vladimir Herzog de Jornalismo. Primeiro lugar.
é mais uma prova de que o trabalho feito com tempo e espaço adequados, produzem bons resultados. 
Para quem, como eu, atuo como repórter especial deste jornal desde 2008,a sensação é indescritível, pois mostra o caminho acertado do tipo de envolvimento que podemos ter e o tipo de respostas a serem obtidas nesse tipo de jornalismo.
me veio a mente as palavras do diretor de redação Gerson Nogueira na orelha do livro Sujando os Sapatos: “A grande reportagem, cuja morte volta e meia é apregoada em letras garrafais, está mais pulsante que nunca.Ismael, modestamente, tem feito sua parte para preservar esse gênero especial do jornalismo’.
Vou além…o Diário tem feito a parte que lhe cabe, como bem destacou um jurado ao desempatar o escore frente a folha de são paulo. É um jornal fora do eixo Rio São Paulo.
É isso que nos cabe, é isso que me cabe e é isso que pretendo continuar a fazer,
Um abraço a todos e compartilhem mais essa vitoria do jornal”. a) ISMAEL MACHADO.

Juiz marca leilão do Carrossel

Como temiam os dirigentes do Remo, o juiz Jorge Viera, da 13ª Vara Trabalhista, marcou o leilão da área do Carrossel. Advogado Pablo Coimbra vai entrar com recurso nesta terça-feira para tentar sustar. Clube teme que, com o leilão, terreno seja arrematado por um preço muito abaixo do valor de mercado (cerca de R$ 12 milhões).