Papão descarta Robgol

Em boa hora, a diretoria do Paissandu descartou o retorno de Robgol ao clube. O diretor Clodomir Araújo, mesmo ressaltando a importância histórica do jogador para o Paissandu, avalia que o deputado estadual levaria algum tempo para recuperar a forma. Além disso, sua contratação dependeria da aprovação do técnico Edson Gaúcho. Na verdade, a diretoria mede as palavras em respeito à trajetória de Robson, mas a ideia de vê-lo em ação com a camisa alviceleste não empolga ninguém na Curuzu.

Do presidente ao roupeiro, a convicção geral é de que o ex-jogador não reeditaria o futebol dos bons tempos e dificilmente seria útil na fase atual do time. Mais que isso: perdeu de vez o instinto matador que é característica dos grandes artilheiros.

Fica no ar, ainda, a sensação de que esse projeto pessoal de Robson tem mais a ver com aspirações eleitorais. Eleito com excelente votação pela torcida bicolor em 2006, o deputado estaria preocupado em voltar aos gramados para assegurar sua reeleição na Assembléia Legislativa.

Enfim, um lateral de respeito

Com a volta de Jucemar, reapresentado nesta quinta-feira na Curuzu, o Paissandu parece que vai resolver o drama da lateral-direita. A posição era um dos pontos fracos da equipe, desde que o próprio Jucemar deixou o clube. Aos 29 anos, o jogador recebeu o aval do próprio técnico Edson Gaúcho, com quem trabalhou em 2002. Exímio cobrador de faltas e eficiente nos cruzamentos, Jucemar começa a treinar ainda hoje e deve estrear na Série C já contra o Rio Branco, no dia 14.

Coincidências com o 447

O registro feito há dois anos do domínio na internet “flight447.com”, idêntico ao número do vôo da Air France que na segunda-feira passada caiu no oceano Atlântico, gerou especulações nos Estados Unidos.

O site da revista Wired assegura que o domínio foi registrado em 30 de setembro de 2007 pelo produtor de cinema iraniano Kari Bian, que mora nos EUA. Em diversos fóruns da internet a notícia gerou especulações, especialmente após se saber que outro voo da Air France recebeu uma ameaça de bomba há poucos dias, mas Kari Bian assegura que se trata de uma coincidência.

“Não tenho nada a ver com isso e me sinto realmente mal pelo que aconteceu com esse vôo”, disse Bian à Wired. “Bian, que faz filmes sobre israelenses e palestinos, registrou o domínio ‘flight447.com’ há dois anos. Isto é muito peculiar”, diz Pamela Geller, em seu blog Atlasshrugs, e acrescenta que é muita coincidência que a dona do domínio “AirFranceLawSuit.com”, Hoda Elkassem, esteja atualmente no Kuwait.

O cineasta, que tem atualmente os direitos de 500 domínios da internet, disse que registrou “flight447.com” utilizando um sistema automatizado que comprava os endereços compostas pela palavra “flight” e os números de um a mil.

Ele disse ainda que não adquiriu esses endereços de internet com intenção determinada e que também não tem vontade de vender o “flight447.com”. Bian controlava a propriedade do domínio até 30 de setembro de 2009, mas, segundo a Wired, ontem renovou seus direitos até 2018. O endereço está ligado atualmente à página oficial de Bian, “Karimmovies.com”. (Do Portal Terra)

Zidade: “Kaká é do Real”

zizou

Milan e Real Madrid ainda não anunciaram oficialmente, mas o destino de Kaká é mesmo o clube da capital espanhola. Desta vez quem confirmou foi o ídolo Zidane, assessor da presidência do Real Madrid. O francês esteve na noite desta quinta-feira em Roma e participou da coletiva de imprensa de divulgação da partida de despedida do compatriota Candela. Na saída, interpelado, pelos jornalistas, Zizou fez a confirmação.

– Kaká já acertou com o Real Madrid. Ficarei feliz se ele aceitar usar o número 5. Não ficarei com ciúmes – disse bem-humorado Zidane, que usou o número 5 durante toda sua passagem pelo Real como jogador. (Com informações do G1)

Mais um apito amigo

gaciba

Leonardo Gaciba está tentando se explicar até agora por não ter marcado o pênalti do zagueiro Chicão sobre o atacante Elton, do Vasco, no segundo tempo do jogo entre Corinthians e Vasco, no Pacaembu. Tido como um dos melhores árbitros do país, Gaciba alega que não viu o beque puxar a camisa do atacante dentro da área porque tinha um jogador à sua frente. O lance foi espalhafatoso e o árbitro estava a poucos metros de distância.

Por muito menos do que isso, no ano passado, um árbitro carioca deu pênalti sobre Fábio Luciano na decisão do campeonato carioca.

O certo é que Gaciba não deu o penal, salvou o Corinthians, que àquela altura levava um sufoco, e fica tudo por isso mesmo. Não será o primeiro, nem o último a dar uma mãozinha amiga à invencível armada mosqueteira.

Dica de (boa) música

A sexta-feira (05) é dia de música popular brasileira no 2º Salão do Livro da Região do Lago de Tucuruí. A partir das 21h, na Cidade das Artes, dois shows musicais que prometem levantar o público presente. Dois craques da música paraense, Pedrinho Callado e Marco André, se apresentam em dois shows de ritmos de bases semelhantes, porém, em estilos totalmente diferentes. Têm tudo para agradar a platéia de Tucuruí.

Santarém: STF confirma vitória de Maria

De Sonia Zaghetto, de Brasília:

O Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu ontem que a promotora de Justiça licenciada Maria do Carmo Martins Lima pode exercer o cargo de prefeita de Santarém. A decisão – por maioria de votos (6 a 4) – é histórica, uma vez que a Constituição Federal veda o exercício de atividade político-partidária por integrante do Ministério Público.
Para seis ministros do STF, Maria do Carmo tinha direito a se recandidatar ao cargo no pleito de 2008, já que havia sido prefeita da cidade nos quatro anos anteriores. São eles os ministros Gilmar Mendes, Eros Grau, Carlos Ayres Britto, Cármen Lúcia Antunes Rocha, Marco Aurélio Mello e Ricardo Lewandowski.
Maria do Carmo, candidata do partido dos Trabalhadores (PT) teve seu registro cassado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). A Corte entendeu que ela não poderia participar das eleições de outubro de 2005 por causa da entrada em vigor da Emenda Constitucional 45, em 30 de dezembro de 2004, que incluiu na Constituição um dispositivo que veda o exercício de atividade político-partidária por integrante do Ministério Público (artigo 128, inciso II, alínea ´e`). (Mais informações no Diário On-Line e na edição impressa do DIÁRIO de sexta-feira)

The Beatles Rock Band

ringo e paul

McCartney, Lennon, Harrisson e Starr. Os Beatles se juntaram nesta segunda passada, kind of. Paul McCartney, Ringo Starr, Yoko Ono Lennon e Olivia Harrisson se reuniram em Los Angeles para o lançamento mundial do game “The Beatles Rock Band”, numa feira de jogos na Califórnia. A banda que vende mais discos no mundo hoje, mesmo não existindo mais desde 1970, há 40 anos ano que vem, os Beatles e os donos de seu espólio sempre dificultaram a circulação das músicas da banda. Especialmente para os tempos modernos, download e blablá. Mas agora não mais.

“The Beatles Rock Band”, com 45 canções para você tocar ou/e cantar, parece realmente incrível e será lançado aos mortais no dia 9/9/9, ou seja, em 9 de setembro deste ano. O trailer do jogo passou a circular nesta semana. Os jogadores do Rock Band tocarão Beatles em ambientes que simulam o Cavern Club, o Ed Sullivan Theater, o Shea Stadium, o Budokan, no estúdio Abbey Road e no famoso Rooftop, famosos e históricos espaços que ajudaram a construir o mito dos Beatles.
Quem tiver o jogo vai poder comprar para jogar, à parte os clássicos que vêm no game, todas as músicas do álbum “Abbey Road”, o 11º da banda e considerado o 12º melhor disco de todos os tempos. E os donos do console Xbox Live vão conseguir fazer o download exclusivo da über-canção “All You Need Is Love”. (Do site Popload)

O que já é ruim pode ficar pior

Mato Grosso do Sul pode mudar de nome

Por Rodrigo Vargas, da Ag. Folha em Cuiabá:

A decepção provocada pela derrota de Campo Grande na disputa pela “sede pantaneira” da Copa do Mundo de 2014 – que ficou com Cuiabá (MT) – fez ressuscitar na Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul um antigo movimento que defende um novo nome para o Estado: Pantanal.

A ideia foi apresentada ontem em plenário a partir de um requerimento do deputado Antônio Carlos Arroyo (PR), que conseguiu recolher assinaturas de 15 congressistas em apoio “ao aprofundamento do debate”. “O nome atual nos causa muitos transtornos e não ajuda a divulgar nossas belezas naturais”, diz Arroyo.

Definido em 1977 – com a divisão de Mato Grosso e a criação do novo Estado -, o nome atual teria sido escolhido “nos gabinetes de Brasília”, diz o deputado. “É comum sermos chamados de Mato Grosso por visitantes, veículos de imprensa e até ministros”, reclama.

Dois terços do Pantanal ficam em Mato Grosso do Sul. Para o deputado Amarildo Cruz (PT), a mudança tem de ocorrer “antes de 2014”. “Do contrário, Cuiabá passará a ser conhecida como a capital do Pantanal, em um Estado que tem a menor parte dele”, diz.

A mais recente tentativa de mudar o nome do Estado para Pantanal ocorreu por iniciativa do então governador José Orcírio Miranda dos Santos, o Zeca do PT (1999-2006). À ocasião, segundo Cruz, a discussão foi “desqualificada” pela oposição.

“Diziam que o governador estava interessado é na nova sigla: PT. E o fato é que, se tivesse havido a mudança, certamente Campo Grande teria tido melhor sorte na disputa. A Fifa não teria como explicar ao mundo que a sede pantaneira ficaria fora do Estado do Pantanal”, afirma Cruz.

Contrário à mudança, o deputado Jérson Domingos (PMDB), presidente da Assembleia, disse não acreditar que um nome diferente pudesse ter influência na escolha da Fifa. “Não se tratou de uma escolha técnica. Fosse qual fosse o nome, não mudaria absolutamente nada”, diz ele.

Por aqui, a fuga de ideia partiu do deputado estadual Martinho Carmona, que sugeriu trocar o nome Pará por Amazônia Ocidental. É aquela velha história: o que está ruim sempre pode ficar pior. Ou: a emenda é pior do que a sineta etc. etc. A verdade é que sempre há um gênio para lançar uma ideia qualquer, capaz de causar ainda mais constrangimentos a um Estado que já vive com a auto-estima lá no pé. Vou te contar…

MP investiga SAC da Celpa

As estatísticas apresentadas pelos Procons municipais de Castanhal, Marabá, Santarém, Barcarena, Breves e Parauapebas, além do Procon de Belém, mostram que o número de reclamações contra o SAC da Rede Celpa aumentou nos anos de 2008 e 2009. Por esse motivo e após receber um parecer emitido pela diretoria do Procon/PA, o Promotor de Justiça Marco Aurélio do Nascimento iniciou um procedimento administrativo para investigar a qualidade e eficiência do serviço de atendimento ao consumidor pela empresa.
O parecer do Procon mostra que em todas as ligações feitas ao SAC da empresa o serviço estava indisponível no prazo legal previsto.. Uma lei federal estabelece o prazo máximo de um minuto para o call center. “Se qualquer consumidor tentar ligar hoje para esse serviço, vai passar por uma espera que varia entre trinta minutos e uma hora, o que é liegal”, explica o promotor Marco Aurélio.
Outra irregularidade é o fato dos fiscais serem informados da inexistência de atendimento para deficientes no endereço eletrônico da Rede Celpa. “O mau funcionamento do serviço precisa ser resolvido. Caso a Rede Celpa não explique o porquê dessas falhas no atendimento, serão tomadas providências judiciais, já que o consumidor não pode ser prejudicado”, afirma.
A Rede Celpa tem 10 dias para apresentar sua defesa e fornecer ao Ministério Público uma justificativa para a falha no serviço de atendimento.

Antes tarde do que nunca.

Tribuna do torcedor

Gerson,
Essa eu transcrevo do jornal Diário do Amazonas de (04/06/09), em artigo do Belmiro Vianez Filho, e que deveria ser lido pelos políticos da nossa terra.
“Merece aplausos o gol de placa dos articuladores que trabalharam com afinco e determinação para trazer jogos da copa de 2014 para Manaus. Uma conquista que driblou os critérios técnicos – onde Belém nos goleava – para coroar o poder de sedução e prontidão de argumentos das lideranças políticas locais e respectivos colaboradores”.
Abraço
Lucilo A.C.Filho