Diploma: Fenaj prepara ação contra acórdão do STF

Do Comunique-se

A Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj) prepara um embargo declaratório contra o acórdão da decisão do Supremo Tribunal Federal que derrubou a exigência do diploma de Jornalismo para o exercício da profissão. De acordo com o presidente da entidade, Sérgio Murillo de Andrade, o documento, publicado na última sexta-feira (13/11), contém excessos.

“O acórdão não se deteve apenas na questão do diploma. Há excessos. Como exemplo, o ministro se antecipa e diz que o Conselho Federal de Jornalismo é inconstitucional. Foi mais patronal do que os patrões pediram. O Supremo virou uma sucursal da ANJ”, avalia Andrade.

De acordo com Andrade, mesmo com o embargo declaratório, dificilmente o texto do acórdão será modificado. “É o mesmo tribunal, as chances são pequenas, mas nós não podemos desistir”, diz. Entretanto, sustenta que algumas questões, como as regras para obtenção do registro profissional e a exigência do diploma em concursos públicos, não ficaram claras.

A emissão de registro profissional para não-diplomados continua suspensa. Os pedidos são aceitos, mas os processos estão parados. De acordo com a assessoria do Ministério do Trabalho, ainda não existe um posicionamento sobre a publicação do acórdão.

A quem interessar possa…

Agenda do presidente Lula para esta terça-feira, 17:

1h40 Chegada a Brasília (DF), Base Aérea de Brasília

9h Despachos internos – Palácio da Alvorada

11h Henrique Meirelles, presidente do Banco Central do Brasil

15h Despachos internos – Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB)

16h Alfredo Nascimento, ministro dos Transportes

18h Guido Mantega, ministro da Fazenda

(Fonte: Secretaria de Imprensa da Presidência)

Pará brilha nas Paraolimpíadas Escolares

Com delegação formada por 41 atletas, o Pará conquistou 52 medalhas nas Paraolimpíadas Escolares Nacional, realizadas em Brasília (DF), de 10 a 15 de novembro. A equipe paraense, bem menor que a média nacional (100 atletas por delegação), trouxe 14 medalhas de ouro, 23 de prata e 15 de bronze. A delegação teve apoio do Núcleo de Esporte e Lazer (NEL), da Secretaria de Educação (Seduc), que levou os atletas para a competição.

Grupo fecha ferrovia para defender separatismo

Manifestantes separatistas interromperam, no final da manhã, o tráfego da estrada de ferro Carajás, operada pela Vale, à altura do quilômetro 738 da ferrovia, no município de Marabá. O grupo reivindica a criação do Estado de Carajás e diz representar 38 municípios daquela região. O movimento separatista existe, mas o grupo atual, segundo informes da região, não tem qualquer representatividade e pega carona na ideia com fins eleitoreiros.

Dieguito, arrependido, pega gancho brando

O choro e a dramaticidade de Diego Maradona acabaram funcionando e ele obteve uma absolvição disfarçada, depois de ter insultado jornalistas após a classificação argentina para a Copa 2010, no estádio Centenário, em Montevidéu. Delegados da Fifa anteciparam que receberia sanção exemplar. Para piorar, as relações de Dieguito com a entidade sempre foram difíceis. Bastava ser suspenso por um ano, como seria natural, e estaria fora da Copa do Mundo. Por isso, o técnico viajou até a Suíça e caprichou nas cenas de arrependimento. Convenceu o comitê disciplinar, que lhe aplicou multa leve e dois meses de suspensão, que equivalem a um perdão. A partir de janeiro, estará apto a trabalhar.

Espera-se que com nervos sob controle e a língua menos solta.

Equipe Brawn vira Mercedes GP

A montadora alemã Mercedes comprou a maior parte da Brawn GP e terá, a partir de 2010, sua própria escuderia: a Mercedes GP. O anúncio foi feito nesta segunda-feira pelo presidente da empresa, Dieter Zetsche, em uma entrevista coletiva em Frankfurt, na Alemanha. A montadora ainda confirmou a venda das ações que detinha de controle da McLaren, encerrando seu comando sobre a equipe inglesa. Por outro lado, garantiu o fornecimento de motores para o time até 2015. A Brawn GP foi a campeã dos construtores e teve o piloto vencedor do mundial deste ano, Jenson Button. (G1)

Cinco brasileiros no top 20 dos jovens craques

neymar

Da ESPN

A empresa de olheiros de futebol IMScouting elaborou uma lista dos 20 atletas com menos de 21 anos mais valiosos do mundo. Os brasileiros são maioria no levantamento, com cinco atacantes. Entretanto, quem lidera são dois argentinos. Os também atacantes Aguero, do Atlético de Madri, e Higuain, do Real, são os dois jovens mais caros do futebol segundo a empresa, valendo 115 e 90 milhões de reais, respectivamente. Em terceiro vem o francês Benzema, também do Real, e logo após o italiano Mario Balotelli, da Internazionale, todos centroavantes.

O primeiro jogador do Brasil só aparece no quinto posto. Trata-se de Alexandre Pato, do Milan, avaliado em 65 milhões de reais. Em nono está Keirrison, atualmente no Benfica, e em décimo Guilherme, do CSKA Moscou, ambos com 38,5 milhões. Mais atrás, dois jogadores ainda em atividade nos gramados nacionais. Neymar (foto), do Santos, o mais novo da lista com 17 anos, é o 12° colocado – 31 milhões. Taison, do Inter-RS, ocupa o 17° posto – 20,5 milhões.

Veja lista completa:

Sergio Aguero       21 anos Atletico de Madri 45 milhões €
Gonzalo Higuain    21 anos Real Madrid 35 milhões €
Karim Benzema     21 anos Real Madrid 35 milhões €
Mario Balotelli       19 anos Inter de Milão 25 milhões €
Alexandre Pato     20 anos AC Milan 25 milhões €
Stevan Jovetic       20 anos AC Fiorentina 20 milhões €
Miralem Sulejmani 20 anos Ajax Amsterdam 17 milhões €
Bojan Krkic            19 anos FC Barcelona 17 milhões €
Keirrison               20 anos Benfica 15 milhões €
Guilherme            21 anos CSKA Moscou 15 milhões $
Marko Arnautovic  20 anos Inter de Milão 12 milhões €
Neymar               17 anos Santos FC 12 milhões €
Eduardo Salvio     19 anos CA Lanus 10 mihlões €
Seydou Doumbia  21 anos Young Boys Bern 9 milhões €
Fabio Coentrao     21 anos Benfica 9 milhões €
Carlos Vela          20 anos Arsenal FC 8 milhões €
Taison                21 anos Internacional de Porto Alegre 8 milhões €
Alberto Paloschi   19 anos FC Parma 8 milhões €
Nikola Kalinic       21 anos Blackburn Rovers 8 milhões €
Monnet-paquet    21 anos RC Lens 7 milhões €