Ex-técnico de Modric diz que nunca pensou que o craque fosse tão longe

img_2407-1024x566

Por Marcelo Moschini Teixeira

A fala tranquila e o comportamento sereno combinam bem com o estilo do maior futebolista com quem ele já trabalhou. Robert Botunac, atual auxiliar técnico das categorias de base do Dinamo Zagreb, foi quem participou da formação de Luka Modric, o camisa 10 da seleção croata e do Real Madrid, vencedor da bola de ouro na Copa do Mundo, dada ao melhor jogador do torneio, e premiado no último dia 30 de agosto como o melhor futebolista da Europa na temporada passada.

Diante de tantas conquistas de seu pupilo, Botunac não esconde o orgulho de fazer parte dessa história extremamente vitoriosa que começou em Zadar, cidade litorânea onde ambos viviam. Do outro lado, a gratidão também existe. Modric jamais esquece a importância que o professor teve em sua carreira, tanto é que fez questão de presenteá-lo recentemente com uma camisa do Real Madrid, camisa esta que o auxiliar técnico do sub-18 fez questão de mostrar à nossa equipe, bem como algumas fotos do meia ainda adolescente.

O início da trajetória de Luka Modric, porém, não foi nada fácil. Em 2002, com apenas 16 anos e integrando o time sub-17 do Dinamo Zagreb, o jogador de 1,72m, estatura considerada baixa para os padrões croatas, acabou promovido ao profissional tamanho era seu talento comparado aos demais jogadores. Contudo, Modric permaneceu por pouco tempo na capital croata, sendo emprestado ao Zrinjski Mostar, da Bósnia Herzegovina, e Inter Zapresic, da Croácia, antes de, aí sim, brilhar defendendo os Azuis.

“Ele era pequeno, mas brilhante no campo, as habilidades motoras dele eram de alto nível. Achava que ele poderia ser um ótimo jogador de futebol no futuro, mas nunca pensei que ele poderia ser jogador do Real Madrid. O que eu sabia era que com o talento que ele tinha, poderia jogar no Campeonato Espanhol ou outra grande liga da Europa”, afirmou Robert Botunac.

img_2396-1024x550

Mas se engana quem pensa que um dos primeiros treinadores de Modric se gaba por todos os aspectos táticos e técnicos absorvidos pelo meia. Botunac assegura que seu principal ensinamento ao craque do Real Madrid vai muito além dos campos.

“Comigo ele aprendeu muito sobre disciplina, como ter disciplina não só com os outros jogadores, mas com as outras pessoas, como ser uma boa pessoa. Conheço bem a sua personalidade e sua família”, completou o treinador.

Quis o destino que Modric alcançasse o mais alto patamar do futebol mundial. Já seu antigo treinador nos tempos de Zadar acabou indo trabalhar como auxiliar técnico no Dinamo Zagreb, clube no qual tem a missão de seguir aperfeiçoando os jovens talentos croatas e, quem sabe, presenciar o surgimento de uma outra grande estrela do país dentro das quatro linhas.

Um comentário em “Ex-técnico de Modric diz que nunca pensou que o craque fosse tão longe

  1. A julgar pelo desempenho dos concorrentes, Modric deve ganhar o prêmio. Foi um dos poucos do Real a jogar bem no campeonato espanhol, foi um dos melhores na Liga e o maior destaque de uma Copa modesta na exibição de talentos.
    Já Cristiano Ronaldo, foi fulgurante na liga Europa, discreto no campeonato espanhol, idem na Copa do Mundo.
    Salah arrebentou na liga inglesa, fazia uma liga européia extraordinária, até ser vítima do vale-tudo do facinoroso Sérgio Ramos, com consequências em seu desempenho na Copa.
    Portanto, a premiação está mais para o croata, quebrando uma rotina que já estava deixando a premiação entediante.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s