Obesidade do Fenômeno tem destaque internacional

O site do diário espanhol AS destaca nesta sexta-feira a falta de privação de Ronaldo durante as festas de fim de ano. “Ronaldo voltou a trabalhar com quatro quilos a mais”. Assim é o título da matéria, que exalta também o ânimo do Fenômeno na volta das férias. A notícia segue, lembrando que este é um ano importante para o Corinthians, que espera que tanto Ronaldo quanto Roberto Carlos estejam em boas condições físicas até o dia 24 de janeiro para a disputa da Copa Libertadores da América. Até lá, o camisa 9 corintiano passará por sessões de treinamento físico específico. “Ele ganhou algum peso, o que é normal. Não há motivo para preocupações. Nossas expectativas eram de que chegaria neste estado após alguns dias de férias. No ano passado, ele chegou muito pior e melhorou em seguida”, afirmou o preparador físico Walmir Cruz, que não forçará Ronaldo para evitar lesões.

Informalmente, integrantes da comissão técnica corintiana admitem que o atacante terminou a temporada com 101 quilos, peso apropriado para Rei Momo. Pela análise das fotos e imagens de treinos, deve estar agora com 105 quilos ou mais. Na assessoria do jogador, há quem defenda que ele evite ser fotografado ou filmado, na esperança de que ainda venha a ser chamado por Dunga para a Copa 2010. 

Invasão veterana

Na mesma matéria, o diário AS destaca o retorno aos gramados de jogadores consagrados do futebol brasileiro. Além de Ronaldo e Roberto Carlos, do Corinthians, são citados Edílson, agora no Bahia, Petkovic, que conquistou o Campeonato Brasileiro de 2009 pelo Flamengo, Sávio, do Avaí, Giovani, que retornou ao Santos, e Viola, a “última vaca sagrada a anunciar seu retorno”. O ex-atacante de Corinthians e Valência defenderá o Brusque no Campeonato Catarinense. (Com informações da ESPN, Lancenet e Gazeta)

10 comentários em “Obesidade do Fenômeno tem destaque internacional

    1. É fato, Maciel. E ainda fica forçando a barra pra ir à Copa… nessa parada aí tou com o Capitão do Mato.

  1. Se o “Fofômeno” for à Copa, Gerson, seria bom que a Argentina leve também o Maradona, para atuar como jogador, pois em termos de peso, é de fato uma disputa titânica entre os dois!

  2. FORA DE ASSUNTO.

    Gerson, posso estar enganado, mas não percebi citação alguma sobre nosso campeàodaCopa América de Ciclismo.

    Tô enganado?

Deixe uma resposta para Daniel Malcher Cancelar resposta