Remo vence e fica em vantagem na decisão

O Remo venceu o Águia, por 2 a 1, na tarde deste domingo, no Mangueirão, e reverteu a vantagem nas finais do returno do campeonato. Vélber e Gian fizeram os gols remistas e Aldivan marcou para a equipe marabaense. O jogo teve o primeiro tempo disputado sob muita chuva, com o gramado completamente encharcado e dificultando o toque de bola dos dois times. Logo a um minuto, Marciano chutou rasteiro, o goleiro Alan espalmou e Landu tocou para as redes, mas a jogada foi anulada por impedimento. Aliás, o Águia utilizou bem o recurso da linha de impedimento, deixando fora de jogo constantemente os atacantes do Remo.

Outro lance de perigo para o gol de Alan foi um chute de longa distância de Marciano, que passou rente à trave, aos 18 minutos. Aos 40, Bernardo escorou cruzamento no primeiro pau e a bola quase entrou no canto direito de Adriano. Aos 45, Wando invadiu pelo lado esquerdo do ataque e bateu rasteiro. Adriano defendeu com dificuldade.

O segundo tempo trouxe mudança no Remo. Otacílio, substituição habitual de Giba, cedeu lugar a Gian. Com o campo mais seco, a bola passou a rolar e boas jogadas começaram a ser feitas. Em busca do gol, o Remo se lançou à frente, mas Marciano não conseguia levar vantagem sobre a firme marcação do Águia, comandada por Analdo na entrada da área. Landu se deslocava pelos dois lados do ataque, mas não dava sequência às jogadas. Aos 11 minutos, Vélber entrou na área e foi puxado pelo goleiro Alan quando iria bater na direção da área. Na cobrança do penal, bateu fraco e o goleiro defendeu com tranquilidade.

Para reforçar o ataque, Giba substituiu Marciano por Samir e o time ganha em velocidade, mas parece abalado pela perda do pênalti. Aos 24, depois de cruzamento que passou por Raul, Aldivan acerta um belo chute da entrada da área. A bola vai no ângulo direito, sem defesa para Adriano. Águia 1 a 0, para desespero dos remistas no Mangueirão. O Remo segue insistindo com os cruzamentos para a área, mas sem levar perigo. Aos 30, Samir dispara chute da entrada da área e a bola passa perto.

Aos 33, Gian lança Landu pela direita. Ele passa pelo marcador e cruza. O goleiro Alan rebate para o meio da área. Vélber pega de primeira, mandando para as redes, empatando o jogo. O gol reanima o Remo, que parte em busca do desempate, com o incentivo da torcida. Aos 36, nasce o segundo gol, em jogada parecida com a do primeiro. Landu vai à linha de fundo e cruza para a finalização de Gian na pequena área. 

Nos minutos seguintes, o Remo ainda tenta o terceiro gol e Giba lança Héliton no lugar de Vélber, contundido. Aos 44, escanteio cobrado por Tiago Marabá quase resulta no empate do Águia. O zagueiro Bernardo sobe mais que todos os zagueiros remistas e testa sobre o travessão. Em seguida, em rápido contra-ataque, Landu livra-se da marcação e toca para a entrada da área. Héliton chega atrasado, perdendo a boa chance.  

A renda somou R$ 121.753,00, com 9.693 pagantes. Público total: 11.883 (2.190 credenciados). (Fotos: TARSO SARRAF/Bola)

11 comentários em “Remo vence e fica em vantagem na decisão

  1. Se precisando do resultado em casa o melhor técnico do mundo como cita o Claúdio Santos, entrou com 3 volantes, imagine com a vantagem lá em Marabá, quantos volantes ele devera por em campo?

  2. Lá em Marabá é diferente, tem nego fungando no cangote até no vestiário. Quero ver um juiz macho pra meter a mão lá dentro.

    1. Otavio não adianta amigo, a final e RE-
      PA. Não tem geito o Aguia teve muitas oportunidades no mangueirão, principalmente na primeira etapa e ate o momento do primeiro gol, mas o seu treiandor e burro, e parece o Giba, inciste com o tal Jales em detrimento ao bom e goleador Samuel Lopes, esse que quando entrou mostrou logoseucartãode visitas para defesa azulina, penso que em Marabá será ainda mais fácil para o remo.

  3. Cadê as bicoletes dizendo “o aguia deixou” “o águia deixou” “o águia deixou” é só o que elas sabem dizer, quando não colocam a culpa no juiz, vou te dizer essa torcidinha fraca e sem vergonha” ” o papão deixou” ” o águia deixou” a culpa foi do juiz”, kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk essa torcida fuleira!! kkkkkkkkkkkkkkkkkk

  4. Que maldição é essa de perder penalty, já é o segundo um contra o paysandu e outro hoje, acho que o Marlon deve ter a prioridade p/ converter, pois dentre eles é o quem está pegando melhor na bola, era para o Leão sair com uma vantagem melhor mas tudo bem ja é uma boa vantagem, gostei do jogo principalmente no segungo tempo, o Leão só não fez mais gol por pura falta de sorte pois as chances foram criadas só faltou um toque melhor na bola coisa que o campo não proporcionava, parabéns ao Giba e aos jogadores que mesmo perdendo não baixaram a cabeça e correram atrás do resultado conseguindo revertê-lo. Agora é jogar em Marabá com os três volantes e esperar o Aguia perder essa bola para sair na velocidade com a LOCOMOTIVA (Landu) que hoje como sempre dando muito trabalho para a defesa do Azulão, pena que choveu é a Aguia em forte chuva perde seu poder seu voo kkkkk, PARABÉNS LEÃO.

  5. Amigos, o Águia
    é um time pequeno. portanto o REMO tem time e torcida p/ ganhar o time de marabá em gualquer lugar, é só jogar como jogou hoje,

Deixe uma resposta