Empate classifica Remo para finais do returno

Remo e Paissandu empataram em 2 a 2 no 706º clássico da história. O resultado classifica o Remo para as finais do returno do campeonato estadual e elimina o Paissandu (vencedor do primeiro turno) da disputa. Com arbitragem do paranaense Evandro Rogério Roman, o confronto começou movimentado, com agudas jogadas ofensivas de parte a parte.

Logo aos seis minutos, recebendo belo passe de Tiago Potiguar, Fabrício foi derrubado pelo goleiro Adriano. Pênalti que Moisés converteu abrindo o placar para o Paissandu. O Remo não se abateu e continuou buscando o ataque. Jogada rápida de Landu termina em falta na intermediária do Paissandu. Marlon cobra com perfeição e empata o clássico, aos 11 minutos.  

A igualdade empolga o Remo, que aumenta o volume ofensivo. A zaga do Paissandu falha seguidamente. Aos 14 minutos, diante de Favaro, Marciano recebe sem marcação e perde o gol. Dois minutos depois, o centroavante cabeceia rente à trave. Aos 21, chute forte de Samir passa perto do gol.

Aos 26 minutos, Tiago Potiguar puxa contra-ataque pelo lado esquerdo, passa pela marcação de Neto e cruza nos pés de Sandro, que bate sem defesa para Adriano. Paissandu 2 a 1. O Remo volta ao ataque, buscando o empate. Neto enfileira a marcação com dribles seguidos, mas a bola é afastada pela lateral. Aos 31, Samir invade a área e é derrubado por Flávio Medina. Na cobrança, o chute de Marciano vai fora.

Landu, que não fez boa partida no primeiro tempo, entra na área e recebe combate de Fabrício. Cai e pede pênalti, mas o árbitro ignora a reclamação. Aos 40, Marciano recebe junto à grande área e dispara rasteiro no canto. Fávaro espalma para escanteio.

Remo volta para o segundo tempo com mais presença no ataque e Vélber no lugar de Otacílio, substituição obrigatória de Giba em todos os jogos. Charles troca Fabrício, que já tinha cartão amarelo, por Alexandre Carioca. Times erram muitos passes no reinício da partida. Aos 5 minutos, Moisés arrisca um chute de longe, tentando surpreender Adriano, mas a bola passa longe.

Aos 18 minutos, Giba substitui Samir por Gian, para melhorar o passe no meio-campo. Charles tira, em cima do lance, Bruno Rangel e põe Didi em campo. Logo em seguida, uma sequência de cartões: Tiago Potiguar catimba para atrasar cobrança de falta do Remo e é advertido. Sandro, nervoso, reclama muito e também ganha um amarelo.

O toque de bola do Remo começa a surtir efeito e a descobrir brechas na zaga do Paissandu. Vélber, Gian e Didão tentam jogadas pelos lados da área, criando boas situações. Aos 22, Landu é lançado e fica de cara com Fávaro, mas em posição de impedimento. A jogada se repete aos 23.

No minuto seguinte, Vélber tenta lançar Gian na área, erra o passe e insiste no lance. Recupera a bola diante de dois zagueiros do Paissandu. Toca para Marciano, que cruza para o cabeceio de Landu. Remo 2 a 2.

A partir daí, o jogo muda por completo. Landu ainda perde uma grande chance, desarmado na hora do arremate pelo zagueiro Paulão. O Remo cadencia mais os passes, evita a correria e tenta gastar o tempo. O Paissandu arrisca cruzamentos para a área com Flávio Medina, mas sem objetividade.

Patrick substitui Neto no Remo. Zeziel entra no lugar de Edinaldo no Paissandu. O tempo passa, os times se perdem em lances no meio-campo. Insatisfeita com o empate, que tira o Paissandu das finais do returno, a torcida alviceleste grita “é marmelada” nas arquibancadas, tentando insinuar uma armação entre os rivais.

A renda foi de R$ 279.780,00, com um público pagante de 16.744 espectadores. Público total: 19.714 (2.790 credenciados). (Fotos: TARSO SARRAF)

78 comentários em “Empate classifica Remo para finais do returno

  1. Só algumas perguntas: o Paysandu tem mesmo esse preparo físico de cágado ou fez flagrante corpo mole nos últimos minutos? Que o Remo andasse em campo, vá lá, pois tinha o placar favorável, mas o Paysandu igualmente desfilou no gramado, como quem não tá nem aí… Não vi pressa nenhuma na cobrança de faltas e laterais, nem vi o time ir à frente, mesmo que no desespero, tentar o desempate.

    Das duas uma, ou o time é aquilo que se viu em campo há dois clássicos seguidos (e aí teremos quarta divisão à vista) ou o declínio do nosso futebol é também no terreno moral…

    Estou com a torcida bicolor, que no final demonstrou em coro o que todos já sabiam (“Marmelada! Marmelada!”). E a entregada dos zagueiros no segundo gol remista?

    1. Cleiton, já me abstive de entrar nessas discussões aqui do blog, normalmente carregadas de paixão pelos clubes de cada um. Respeito seu ponto de vista, mas não há como alegar isso num clássico movimentado, disputadíssimo e que no final teve a natural esfriada do Remo, que precisava daquele resultado. Se acreditarmos em armação teremos que acreditar que o Moisés “errou” ao cobrar o pênalti dentro do gol. Ou que o Tiago Potiguar também errou o cruzamento para que o Sandro errasse o chute fatal para as redes. Ou, ainda, que o Marciano perdeu o penal de propósito só para dar mais veracidade ao placar… francamente, meu amigo, é preciso muita criatividade para enxergar esquema num clássico que teve apenas o 238º empate de sua história!!

      1. Gerson, juro que não quero acreditar, mas as coisas acontecem de um jeito que não dar para pensar diferente e sempre.

      2. Berlli, meu caro. Você já reparou que nos últimos jogos o Paissandu só perde porque “entrega”? Parece até que estamos falando do Barcelona, do Chelsea… não é bem assim. O campeonato é nivelado por baixo, cheio de perde e ganha, mas o torcedor prefere achar que o Charles mandou o time perder pro Remo por 2 a 1 na quarta rodada, perder de propósito para o Cametá e agora no Re-Pa. Poucos observam que o campeonato está em aberto e qualquer um (Remo, Águia ou Cametá) que for às finais com o Paissandu vai fazer jogos duríssimos. Mas eu sei que o torcedor prefere ver as coisas de forma, digamos, mais simpática, daí essa mania de alegar marmelada sempre que o time perde.

    2. Salve, salve meu caro Gerson em fim alguem me escutou fui o primeiro aqui em seu blog a criticar isso se o paysandú é tao bom que chega ao ponto de perder quando quer. O remo hoje poderia ter saido com uma vitória maiuscula do mangueirão quem teve lá como eu ou viu pela tv viu o remo melhor o jogo todo, graças a um danilo guerreiro que não deixou o tiago jogar que na unica chance que teve passou para o sandro fazer o gol mais fora isso um tiago apagado pela forete marcação do danilo, o moises então nem se fala tentou algumas arrancadas mais sempre parado pela boa marcação do san que não deu espaço, quem não viu o três primeiros lances do segundo tem onde o bandeira marcou três empedimentos os três muitissimo duvidosos onde o remo poderia sair com um placar amplo isso sem falar no pênalti desperdiçado pelo marciano, desculpe bicolores mais vcs tem que reconheçer que o remo foi melhor marcou melhor e só não saiu de campo com uma vitória por detalhes parabéns Leão conquistou a vaga na raça com bom futebol.

  2. ESSES caras devem dar graças a Deus por ter ganho o primeiro turno do Remo naquelas circunstâncias: Remo com um a menos desde o primeiro tempo, e treinador incompetente, que não soube explorar a vantagem do empate. Agora no segundo turno foi diferente. Agora querem dizer que é marmelada, e aquele jogo esquisito deles com o Cametá, quando deixaram o time do interior virar o jogo achando que isso ia prejudicar o Remo, que não ia ganhar do São Raimundo. Bem feito!!!

  3. Cleiton, contra o Águia, São Raimundo e outros o aspecto físico não foi comentado. O Carlos Castilho em seu comentário atribui a falta de preparo físico o motivo do Paissandú ficar trocando passes, apesar de precisar da vitória, mas o que dizer da lentidão para dar sequencia ao jogo como cobrançaas de laterais e corner.
    Só sei que o time tirou o pé do acelerador, principalmente depois o Marciano perdeu o penalti.

    1. Ainda sobre a história da marmelada. Veja você que o Sandro, o Tiago e o Fabrício levaram cartões amarelos hoje. Teriam feito de propósito também para facilitar as coisas pro Remo nas finais? Por essas e outras que não se pode falar em combinação entre dois grandes rivais.

    2. não aguento mais dar desculpas de “marmelada”, por favor jogadores do meu time, joguem futebol ok ! se não já era fuiii

  4. Gerson, amigo, eu não concordo em nada do que falou o Cleiton. O Giba, colocou, e ficou claro isso, 0 Didão pra marcar o Sandro e o Danilo pra marcar o Thiago e, eles não marcaram como deviam, por isso, os dois gols do Papão, mas nas substituições, o Giba deu SHOW. Po r isso sempre falo quem tem técnico tem tudo. O que aconteceu com Thiago e Moisés, é o que sempre falei aqui, começam a todo gás e, depois somem, devido o Preparo físico, que não possuem. Volto a dizer, se o Papão quizer ser campeão Paranse e, subir para a séria B, é bom trocar o Técnico(?), logo. Vamos acordar torcida bicolor e atentar para isso.

    1. Lembra do que eu disse aqui, amigo Cláudio? Que Otacílio é a substituição mais carimbada desse time do Remo? Quem é o padrinho do jogador nessa atual fase? O cara não marca ninguém, não cerca e erra todos os passes… Aí quando a coisa aperta, o Giba vai lá e o substitui, mostrando que sabe da deficiência. Lá no Paissandu o William também tem padrinho forte, mas o Charles deu um basta e parou de escalar o perna-de-pau.

      1. Gerson concordo com vc, o padrinho dele e o proprio Giba, em falar nesse senhor, me responde uma coisa Gerson o paysandu já está fora, a meu ver por “marmelada”, mais deixa isso pra lá, o que quero saber de vc, ou de outros que queiram somar com mau raciocinio é, o remo teve todo o dominio do jogo, como o Giba disse na rádio clube, quando perguntado pelo Castilho? Isso quando perguntado pelo Caxiado, se ele Giba teria escalado o remo com três volantes, sendo que esse Didão apesar de ter abilidade e bom passe, e lento demais e fraco na marcação, e o Otácilio esse parecendo o Ronaldo o fenômeno, no aspecto físico e claro, gordo d+, o unico que ainda faz uma feridinha eo Danilo. Ele Giba, acho que estava no mangueirão vendo o jogo de hoje, mais com a imagem de uma outra partida em sua cabeça, pq, foi claro e evidente o dominio parcial bicolor, com um leve equilibrio azulino no momento do gol de empate, e no segundo tempo ate o gol do Landu o paysandu dominava a partida, que parecia mais fácil sair o 3º gol bicolor, doque o 2º azulino, bom foi esse jogo que eu vi, eu queria saber de vc?

    2. Cláudio o problema do Paissandú é preparo físico ou técnico, no caso o Charles? Só contra o Remo, por que? Giba colocou o Gian e Velbér no segundo tempo porque não aguentam os 90 minutos e disse isso a viva voz na Clube. São dois jogadores que sabemos do seu valor. Logo não foi uma tacada de mestre como tentas colocar. Giba temmuita sorte ou o Paissandu é azarado D+ contra o remo. Lógico que se o Paissandú tivesse no comando um técnico como Gaúcho, que sai arrepiando, esses jogadores estavam correndo muito mais, mas parece que Charles pede isso a eles usando o termo Por Favor. Esse sim seu grande defeito.

    3. Concordo em partes, seus comentários caro Cláudio, acho que com toda certeza o técnico para serie C, não será o Charles, isso eu já disse aqui a um tempo atráz, mais penso que ele irá começa a campanha, e com o 1º tropeço será despachado, agora quanto a marcação de Didão em Sandro e Danilo em Thiago, com certeza os azulinos so assistiram os bicolores passando por eles, é vc esqueceu de citar aqui também, a grande performasse de Edninal, inclusive queimando minha lingua, onde eu achava que seira o ponto fraco bicolor, ele deu uma canseira nesse Neto, que não joga nada. Quanto as substituições de Giba não vi nada d+, pois sempre ele faz isso, ate pq, ele mesmo já falou na rádio, que ambos, não tem pernas para jogar dois tempos, mais a meu ver e errado, pois o Samir, não consegue ser o homem que era no tempo de Sinomar, quando sempre entrava no decorrer das partidas, e o Charles fez as mudanças a meu ver correta, apenas no caso do Zeziel, que Edinaldo realmente já demonstrava está bastante desgastado, agora a do Fabricio foi brincadeira, este estava fazendo uma partida taticamente correta, se não era brilhante, mais taticamente estava bem, não que o Alexandre não devesse ter entrado, mais poderia ter tirado o Tácio, este sim deveria ter saido, ou ate mesmo Sandro que cansou com uns 20 do segundo tempo, se arrastava em campo.
      Outra coisa que vc sempre quiz que acontecesse que era, colocar o Sandro como armador, e hoje foi provado que ele não rende nessa função, ele tem de vir de traz com a bola dominada, ate o comentarista da rádio clube, resaltaram em seus comentarios, e amigo, vc acha que o Charles não entende de nada, so o Giba e vc então né, pare de criticar o paysandu o olhe para o seu clube, que ainda não ganhou nada, não se esqueça, que com qual time o remo jogar essa decisão, a vantagem será do time do interior, ou seja o 1º jogo em Belém e o 2º na casa deles, e ainda tem a questão deles jogarem por dois resultado iguais, o remo que se cuide, e depois quem se cuide eo papão.

    4. Cláudio, pare de puxar o saco do giba. O gerson tem razão. Essa história de botar três volantes serve apenas para chamar o time adversário pra cima. O Paysandu mostrou hoje que aquela sua teoria de que a zaga azulina está mais compacta é bastante furada.

  5. Não acredito em marmelada, mas em salto alto. O remo que nada tinha feito no segundo tempo, apenas lances de impedimento e isso sinceramente não conta, agradeceu ao zagueiros do psc que se quer se preocuparam em chutar a bola ganha por Velber no segundo gol. Aquilo foi o cúmulo do salto alto e da prepotência.

    No mais, este foi o pior REXPA tecnicamente, o segundo tempo foi sofrível. O resultado mais justo seria o empate pelo que não foi produzido, melhor dizendo, 1×0 Psc, pois o gol de Sandro foi a única jogada trabalhada em todo o jogo. No mais fraquíssimo!

    O que me incomoda no RExPA é o respeito do PSC com o Remo. Sinceramente o time do Remo é mal treinado e escalado (claroi que o Giba tem apenas metade da culpa, ja que não contratou jogadores). Se Charles põe Tiago em uma ponta e Moisés na outra jogando abertos, seria transquilo a vitória. Moisés tem que jogar como ponta entrando para o meio, muitas vezes fica no meio perdido entre os zagueiros.

    Outra coisa´, é melhor ter um lateral que ataca do que um que não é tão melhor marcado e pouco ataca.

  6. O Charles quando jogador era guerreiro que herdou o apelido, como técnico está uma mãe. Sem duvidar de sua capacidade profissional, mas tem que cobrar com rigor de cada jogador a responsabilidade. Parecer não querer se envolver em polêmica.

  7. Amigo Gerson Nogueira vc falou tudo!! esses torcedores da papinha devem achar que eles tem o melhor time do mundo, agora todo rexpa que eles não ganham é essa frescura que teve marmelada, isso pra mim é coisa de fresco!!! é como se o paysandú sempre tivesse que ganhar a qualquer custo, é como vc disse amigo Gerson é muita falta de criatividade dessas bixolas paysandús, hoje tivemos foi um grande clássico que há mt tempo não se via com os dois times buscando sempre o gol, vi o jogo e gostei muito da postura das duas equipes, e vcs bicolinhas parem com essa frescura de marmelada, como disse o Gerson é muita falta de criatividade. e viva o leão!!!

  8. Gerson e amigos, acabo de chegar do Mangueirão estremamente desiludido com nosso futebol.

    Quem me conhece sabe o quanto sou cético e sensato em minhas opniões, tanto que não acredito na palavra “marmelada” no sentido que é colocado por muitos.

    Mas não posso me abster de comentar sobre a vergonha do jogo de hoje, pois o meu time, o time que atanto amo, que tantas vezes conseguiu viradas históricas nos minutos finais de jogos de Série A, com times até inferiores que o que temos hoje, simplismente me envergonhou.

    Alguém da diretoria precisa urgentimente vir a público dar uma satisfação à torcida, pois até conselheiro hoje pediu desligamento do clube.

    Gerson, sou apaixonado por esse clube, não falto um jogo se quer, vou à todos. Pois bem, eu que tenho esse sentimento não vou aos jogos da final, pois me considerei enganado ou no mínimo desrespeitado hoje.

    Thiago Potiguar se escondeu do jogo, isso foi latente, ele que é o nosso melhor jogador e sem ele o time não joga, situação no mínimo estranha.

    Pra finalizar, uma pergunta: onde cabiam mais 24 mil pessoas no estádio hj?

    Vou dormir…..

  9. Fresco é o senhor seu Pai que participou da concepção de uma frescura maior que é você. Não estou aqui para ofender ninguém, mas não tolero reações advindas de KRAC. Passar bem.

  10. kkkk, eita berli que stress, logo vc que adora fazer piadinhas com os outros, não tenho culpa se a carapuça serviu pra vc, vc nem conhece meu pai falar pra falar dele, respeita seu pateta, esse blog não é pra idiotas ficar mexendo com a família dos outros, pateta, pateta, kkkkkkk!!!

  11. Só sei que a minha grana o Paysandú não vai mais ver.
    Nem no amistoso contra o Valência marcado para a véspera do segundo jogo da final do 2º turno (confirmado pelo nosso “PRE$IVENDE” para o dia 22) antes do jogo de hoje e nem nas finais.
    Agora meu dinheiro só na Série C.

  12. Esse negócio de marmelada não existe, clássico é clássico, o Paysandu não soube segurar o resultado e cedeu o empate, e tem mais: o Paysandu tem que ter muito cuidado porque caso o Remo vença o Cametá e vá para a disputa do título deve ser o campeão pois ultimamente o Paysandu vem perdendo todas pro maior rival.

    PS. Sou torcedor do Paysandu.

    1. Amigo, em Codó maranhão e terra de Emos e macumbeiros eu não sei se vc e um dos dois, mais o que vc acaba de escrever aqui não condiz com a realidade, quem foi camepeão ano passado foi o paysandu em cima do São Raimundo, isso pq o remo levou o farelo, levou peia do paysandu, e com vc vem dizer que ultimamente o remo sempre levar a melhor contra o paysandu, hora faça-me favor! Procure se informar de futebol paraense ou viva no ostracismo do futebol maranhese que nem existe mais, e o remo vai seguir o mesmo rumo, pode esperar, já e um clube 100 estádio, 100 serie, e com certeza 100 titulo.

      1. E vc, André-PSC, é um 100 cultura (falando asneiras sobre o Maranhão – acredito que nunca atravessou a barreira da PF em Marituba), 100 ter o que fazer (não sai daqui, pois 70% dos posts são seus), 100 educação (fica ofendendo quem discorda de seus toscos comentários) e burrinhho que dá dó (escreve extremamente mal – esse teu “hora” faça-me um favor… é uma pérola!!!!). Procure saber a diferença entre “mas” e “mais”… procure aprender pontuação gramatical… e procure mudar de time que vc terá mais alegrias!!!

  13. É isso aí amigo Antonio eu gosto de torcedores verdadeiros como vc, esse negócio de marmelada não existe, se fosse por isso o paysandú tinha dxado o remo ganhar o 1º turno, se o remo for campeão teremos uma grande final, pois o melhor meio campo do campeonato é do paysandú, moisés e thiago potiguar estão jogando demais, e o remo se acertou melhor com as mudanças feitas pelo Giba, se a final for rexpa teremos um grande jogo, que vença o melhor, quem souber aproveitar melhor as oportunidades!!

  14. O fato é que o resultado do clássico sempre leva a um novo re-pa mais adiante e consequentemente mais renda. O time que está em pior condição sempre vence. Pode acontecer de vez em quando, mas sempre? Há anos tem sido assim, o que, estatisticamente, é impossível.

  15. A marmelada pode ser velada, da seguinte forma: o tecnico poe o time pra jogar de uma forma, nao marca as jogadas mais fortes do adversario, nao incentiva os jogadores, nao faz substituicoes corretas, joga recuado, faz ligacao direta, escala jogadores com baixo endimento; enfim, ha uma serie de maneiras de nao atuar de forma aplicada. A estatistica e a regra; a marmelada, excecao.

  16. Acho que o regulamento do campeonato é ridículo e abre brecha para as especulações. Como os cartolas adoram copiar as coisas ruins, só falta agora batizarem cada turno com o nome de um dirigente de cada time como fizeram os Gaúchos: taça Fernando Carvalho e Taça Fábio Koff, que horror! Já pensou o Remo conquistando a taça Luís Omar Pinheiro e o Paysandu levantando a taça Amaro Klautau?

  17. MARMELADA? Isso não existe no futebol! O Paysandu nunca abriu para o Internacional em 2003. Hoje a tarde, sabendo que o empate não lhe servia o Papão buscou desesperado a vitória no final do jogo, dando uma grande pressão no emo, tocando a bola pra trás ou pro lado, só não saiu o gol porque os deuse do futebol não quiseram. Realmente, sai com o coração na mão de tanta emoção vivida nesse jogo. Mas valeu Papão, conte comigo nas finais, mas dessa vez, em frente da televisão ou talvez nem nela.

      1. Ei Ronaldo “Leião comemora empate”, calma filho, ainda não acabou…

  18. Que jogo amigos emocionate, meu Leão como sempre na garra mostrou que tem condições de decidir o campeonato, agora queremos ser campeão Paraense 2010 já que no primeiro jogo da final o Psc não vai contar com seu meio-campo “terrível” Sandro, Fabrício e Thiago Potiguar pois levaram o terceiro amarelo. Hoje como já havia comentado o time melhorou muito no setor defensivo, San é um maestro que estava faltando nessa zaga, Didão e Danilo sem comentários jogaram muito, Giba como sempre colocou as peças certas no momento certo, e o meio campo mostrou na pratica se está arrumado ou não, o Remo vive um grande momento e essa caminhada já está visando o campeonato Brasileiro da Serie D que se depender da vontade que esses jogadores(Didão, San, Danilo e outros) demostram em campo temos chances reais de subir para a Serie C. E o LANDU esse eu deixei por ultimo, ele merece um estatua na ARENA DO LEÃO, locomotiva desgraçada como sempre aprontando pra cima dos BAMBIS ZEBRADOS, por falar nelas, lobinha respeita teu pai menina e vai passar um talquinho pompom, relaxa bem e nos aguarda na final onde devemos ter mais choro ou como dizem os viciados “marmelada”.

    SAUDAÇÕES AZULINAS AOS BOCUDOS DO BLOG

    1. Amigo não se iluda, com esse time ai do remo, e mais fácil vc’s desser, mais como não tem mais divisão abaixo de vc’s, irão permanecer ai mesmo onde estão e onde e o lugar de vc’s!

  19. Ei Berlli,

    Para com isso, sem choro o que foi PASSARAM O SERROTE NO PAPÃO, “ela ta beba doida, ela ta beba doida, ta beba ta doida”

    CHORA DANADAAAAAAAAAAA

    LEÃOOOOOOOOOOO

    LEÃOOOOOOOOOOO

    LEÃOOOOOOOOOOO

    LEÃOOOOOOOOOOO

  20. Engraçado… por conta de um lateral Zé Ruela como aquele tal de Medina, o Paysandu cedeu a classificação… mas caso o “nobre” lateral não tivesse falhado, seria até o fim aquele jogo chato de lançar pro atacante em impedimento… e aí queria ver se o Giba seria agora o “grande estrategista” e os jogadores os melhores e mais aplicados que o Remo já teve nos últimos tempos… O Paysandu não gosta de agredir o Remo, pois se agride, goleia fácil… mão não quer, fazer o quê…

    1. E o pior de tudo amigo, que ainda temos de aturar gente aqui no blogg, que se diz técnico de futebol, e babando ovo, de um treinador que não ganhou nada em sua vida e claro como treinador, e diz que o mesmo deu “nó tático”, isso não existe, o que existe que do outro lado o outro treinador errou mais doque ele em suas substituições, sendo que este senhor Giba, colocou sua equipe em campo totalmente escalada errada, com 3 volantes de marcação onde apenas 1 deles fazia a função e os outros se limitavam, assistir o grande 1º tempo de Sandro e Potiguar, desfilando um belissimo futebol, vou te contar, é com o famigerado narrador da globo sempre falava, todos mundo se acha um pouquinho treinador de futebol, pois aqui fora e fácil falar, criticar, o problema e la dentro das 4 linhas, quem já assinou um súmula sabe disso, eu já fiz isso.

      1. Continuando:

        As substituições de Giba, ate minha filha de 7 anos, esse número 7 lembra alguma coisa aos azulinos, desculpem! Mais ate minha filha sabe que o tal técnico a nível de seleção do remo, com tem gente aqui que descreve, que ele vai colocar o Gian e o Welber no segundo tempo, pois ambos não se garantem correr os 2 tempos, soque a meu ver o Samir rende muito mais que os 2 citados aqui, quando entra no decorrer da partidas, ele mostrou isso, quando Sinomar era o técnico, acho que se Giba acha que já ganhou o campeonato, acho melhor ele por as barbas de molho com os times do interior, que irão jogar com a vantagem do segundo jogo na casa deles, e com a questão de jogar por 2 resultados iguais!

  21. Eih Cleiton,

    Sem choro, o Landu é gente boa merece uma estatua na ARENA, será que o MOISES vai ter um estatua la na ciclovia da Almirante Barroso? kk

    1. Caro amigo, so vou te dizer uma coisa relacionado aos 2 jogadores citados, sabe qual e a diferença entre os dois, e que o Landu já provou por A+B, que e jogador caseiro, e inclusive se encontra em um clube caseiro, é já o Móises, o homem dos 10 mandamentos é que este ainda está despontando para o futebol brasileiro, e com certeza terá mais futuro do que o Landu, que apareceu velho aqui em nosso futebol, e não tem mais mercado nenhum para ele, ou melhor acho que ate tem mercado para ele, e sabes onde, la na CEASA, ou no VER-O-PESO, acho que são os únicos mercados que aceitarão esse estivador mobral, agora o Móises com toda certeza sairá do paysandu, deixando uma boa grana no cofre bicolor, pena que o dinheiro não irá aparecer, mais isso e uma outra história, que depois todos saberemos.

    1. Tá certo, se contentem com o o seu ídolo, que ainda terá, mais um capitulo, e espero que seja realmente o remo na final!

  22. Égua os torcedores da coisa ainda estão chorando, calma chorões ainda não acabou! ei daniel quer dizer que teu papinha goleia facil se quiser é? kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk, essa foi a melhor piada de hoje,kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk, esse papinha tá melhor que o barcelona, ele goleia quando quer!!!kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk, com essa vou até tomar uma!!! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  23. [SOBRE AS BICOLETES] DE SUA OPINIÃO
    QUAL VC ACHA QUE SERÁ A DESCULPA DA TORCIDA DO PAYSANDU, QUANDO PERDEREM O TITULO PARA O REMO?

    DESCULPA Nº 01: A GENTE DEIXOU O REMO GANHAR, PRA IGUALAR EM 43 OS TITULOS, ASSIM O PARAZÃO DO ANO QUE VEM SERÁ MAIS DISPUTADO

    DESCULPA Nº 02: FOI A CHUVA QUE ATRAPALHOU A GENTE!!!

    DESCULPA Nº 03: A BOLA TAVA MUITO REDONDA!!!]/B[

    ___________________________________________________

    AS ULTIMAS 3 DESCULPAS FORAM AS SEGUINTES:

    DERRORA PARA O REMO: DEIXAMOS GANHAR, PRO REMO IR A FINAL CONTRA NÓS, ASSIM DARÁ RENDA.

    DERROTA PARA O CAMETÁ: DEIXAMOS O CAMETÁ GANHAR, PRO REMO NÃO IR À FINAL (CONTRADIZENDO A DESCULPA ACIMA).

    JOGO DE HOJE: FOI MARELADA, PRA TER RExPA NA FINAL.

    ___________________

    PARTICIPE, VAI SER DIVERTIDO VER A PRÓXIMA DESCULPA..

  24. Vc esqueceu de citar a pior desculpa de todas, a deu seu treinador, as fomosas cuteiras de trava de borracha. Ou será chuteiras cor de rosa!

    1. A sim isso mesmo verdade meu amigo deu pra perceber quando o velber entrou no segundo tem ele dava um toque pro lado e passava um bicolete lotada que nem CATALINA/SAO BRAZ em dia de replay talves seja por isso que o sandro saiu mancando do jogo apos o final de tanto pegar traço do velber quem manda jogar de chuteira de trava de borracha.

  25. No futebol sou um curioso igual a tantos que se arvoram comentaristas. Da minha janela de 48 anos de atividades no rádio esportivo já ví muita coisa que às vezes melhor seria não ter presenciado. Essa rodagem permite-me inaceitar o diálogo com treinadores e jogadores ao final do jogo. Entendo caber ao comentarista a obrigação de valorar, fazer juizo das declarações dos entrevistados.
    Convencer um ténico perdedor dos erros que sua equipe cometeu é provocar alguem que por mais equilibrado que seja, está com os nervos à flor da pele.
    Do jogador não se pode esperar a coragem de responsabilizar seu treinador pelos erros de escalação ou substituição, assim como culpar companheiros de equipe pela derrota sofrida.
    Na emissora onde atuo, ouço com atenção e respeito as declarações (finais) e ahí sim exercito a crítica de reconhecimento (elogiosa ou não) dependenco do merecimento.
    Gosto do embate verbal desde que os intelocutores resistam ao assédio, o que é raro principalmente entre jogadores. Não me sinto bem nesse mister. A entrevista do reporter basta por sí
    e o ouvinte interpreta e conclue a sua maneira.

  26. Só lembrando que a ultima vitória do paysandú sobre o remo aconteceu depois de 3 anos e meio que nem eclipse lunar então daqui a 3 anos e meio
    não irei ao mangueirão, mais até lá assistirei muitas vitórias do meu leão encima do papinha.

    POR TANTO!

    CLUBE DO REMO CAMPEÃO PARAENSE DE 2010.

  27. O prefessor Claudio, técnico do Columbia, tem toda razão no seu comentário. Os dirigentes do Paysandu deveriam aproveitar a oportunidade e já trazer o técnico para série C. O Charles é fraco se continuar com ele adeus campeonato e adeus série B.

  28. Gerson, eu não vejo por aí não, até porque no jogo contra o Águia, o Otacilio não saiu, jogou o tempo todo. O Giba, ontem, foi muito inteligente nas mexidas e, por pouco o Remo não saiu com a vitória. O Remo de hoje, é bem treinado, tem postura, marca mais. Algumas pessoas, falam: ” porque contra o Águia e o SR, os jogadores do Papão não cansaram, só contra o Remo? Gerson, chega a ser elementar, amigo, se vc não está tão bem fisicamente, mas joga a vontade(sem marcação), vc consegue dosar o seu estado físico. Agora, vc bem marcado e tendo que correr o tempo todo pra se livrar dessa marcação, é bem diferente. Disse no meio de semana, que Giba jamais iria deixar Thiago e Sandro livres, não fosse o Danilo e o Didão relaxarem na marcação…, mas eram os dois melhores volantes que deram ao Giba. Fazer o que? Outra coisa que falam aqui: “O Sandro jogou com o Thiago, como eu achava que deveriam jogar e, não jogou bem”. Isso é só pra vcs verem como o Charles estava perdido e, só se perde, quem não entende do que faz, é bom que se diga. Nas mexidas do Charles, ontem, ao tirar o Fabricio e colocar o Alexandre e, empurrar o Sandro para a ligação, a meu ver, ele só facilitou a vida do Didão. Trocar Bruno por Didi(contra o Palmeiras, foi Didi por Bruno), como o meio não produzia, não ía mudar muito. E Edinaldo por Zeziel, te dizer. P

  29. pra quem precisava ganhar, amigos, na minha opinião, já viria com o Zé Augusto no lugar do Medina e com o Willian no lugar do Fabricio, para mais tarde, no lugar do Edinaldo, colocar o Didi. Mas, pra fazer isso, tem que se treinar e muito bem, coisa que o Paysandu, hoje, não possui. O Papão de hoje, é Treinado Tecnicamente, pelo ex- Supervisor de Futebol e Fisicamente pelo ex- treinador do sub-13. É brincadeira?. O PAYSANDU MERECE MAIS RESPEITO, principalmente de seus Diretores. Parem de enganar seus torcedores e contratem logo um BOM TÉCNICO. Bando de Incompetentes.

  30. Gerson. Considero seu blog familiar e por isso cabe um pedido de desculpa a você pelo meu excesso na postagem anterior. Relembrando minhas participações até então, observe que nunca houve indícios de ofensas morais em minhas zoeiras direcionadas aos torcedores do Remo, dos quais sua quase totalidade tem correspondido a um bom relacionamento. Em vezes damos atenção as coisas insignificantes e esse oportunismo faz a mediocridade de alguns vim à tona e até contagia outros, como ficou provado naquela ocasião. Deixo claro meu rejeito aos inusitados e que estes tenham a capacidade deste entendimento abstendo qualquer citação a meu respeito a partir deste momento. É o mínimo que espero.

    1. Relaxe, amigo Berlli. Acompanho suas observações aqui nesse boteco, sei do seu insuspeitado amor pelo Paissandu e entendo as eventuais irritações que o futebol provoca. Mas, como amamos muito esse jogo, vamos em frente…

  31. Cláudio, sem dúvida que está faltando um dedo malicioso na direção técnica do Paissandu. Charles não tem explorado o potencial que tem em mãos. O Paissandu tem a melhor equipe do campeonato e já era para ter encurtado o final do Paraense, mas sabe lá porque cargas d’água as coisas se complicam em meio a tanta simplicidade.

  32. Amigo Berlli, apesar de perceber que está sendo difícil pra vc ter que voltar atrás em tudo que pensava sobre o Charles, mas penso que não está faltando esse dedo a que vc se refere não. O que está faltando no Paysandu, é uma boa comissão técnica. Só isso. Perceba, sem me vangloriar disso, pode ter certeza, que tudo que falei que ía acontecer com o Papão, quando efetivou o Charles, está acontecendo. Bons jogadores para a série C, já estão sendo contratados e, o Papão está sobrando, pois insiste em brincar de Parazinho, sempre achando, como nos anos anteriores, que a série C, será muito fácil, por isso está nela, até hoje.

  33. Sr. Sergio
    Me desperta a curiosidade os critérios que o árbitro Roman (q. inclusive é árbitro da FIFA só explicado pela corrupção q impera também no Futebol). No jogo Vasco x Vitória uma falta normal dentro da área foi marcado pênalti (correto) e cartão vermelho para o infrator, enquanto a falta do goleiro foi marcado o pênalti e somente cartão amarelo. Acredito q este critério foi adotado no Re x Pa: amarelo para o zagueiro e sem cartão para o goleiro. Onde está escrito isso já q na regra nos sabemos não está.

  34. COMO REMISTA, ACHO QUE FOI MARMELADA ESSE JOGO,POIS O PAYSANDÚ JOGOU COM TIME MISTO (SANDRO,MOISÉS,TIAGO,FÁVARO E OUTROS)JÁ QUE O TITULAR ESTAVA EMPRESTADO PARA O SANTOS JOGAR CONTRA O BOTAFOGO.E O GOLEIRO DEIXOU PASSAR O GOL DO MARLON,DE FALTA. ELE PEGARIA TRANQUILAMENTE. FALA SÉRIO!!!

  35. Quanto ao árbitro só tenho um comentário. Foi injustificável não dar tempo extra, pelo menos 4 minutos. O jog acabou com 45 certinho, parece que estva doido para voltar para o Paraná!

  36. Concordo com vc berlli,apesar das divergências concordo com vc,vc sempre respeitou os torcedores do leão,sem ofende-los,por isso sou contra qualquer agressão moral.

  37. Aconteceu que o Paysandu depois que levou aquele gol nascido da desantenção de sua zaga, já não tinha mais pernas para correr atrás do resultado que lhe interessava.

    Vamos agora torcer para que o rival passe pelo Águia para satisfazer os cofres de ambos e por fim ratificar a condição do Paysandu de melhor time do campeonato, pois agora não tem mais espaço para supostas armações.

    Duro mesmo foi ter que explicar ao Arthurzinho (7 anos) o que é “marmelada”.

  38. Sr. André, o nº 7 lembra algo para os remistas, mais um setezinho é muito pouco, para um 33, que nunca vai sair de suas cabeças e nem o banana de pijamas vai apagar, só remotamente em outra encarnação. fuiiiiiiiiiii e vcs para sempre estão carimbados com essa.

Deixe uma resposta