“Re-Pa do Muro” completa 24 anos

O jogo valia pela decisão do Campeonato Paraense de 1993. O Remo tinha um grande time, com Biro-Biro, Ageu Sabiá e Alberto à frente. O gol nasceu de uma jogada de Marcelo, pela direita. O cruzamento foi desviado por Biro-Biro para vibração da torcida azulina que se alojava atrás do gol.

O muro desabou, ainda houve continuidade por alguns minutos, mas a luz apagou na Curuzu e a arbitragem suspendeu a partida, que depois foi anulada. Um novo jogo foi marcado e o Remo acabou se sagrando campeão paraense da temporada, com gol de Agnaldo (vídeo abaixo).

17 comentários em ““Re-Pa do Muro” completa 24 anos

  1. O detalhe é que dava para continuar o jogo, mas por algum mistério as luzes foram apagadas justamente quando o Leão vencia. Por causa disso muitos bicolores preferem não incluir esse jogo como parte do tabuzão 33.

    Curtir

  2. Há 24 anos atrás, o Muro da CURURÚ foi derrubado pelo “FENÔMENO AZUL”.
    Um dos jogos mais memoráveis do Clássico RExpa! O Remo tinha como destaque no time, o volante Biro Biro ex-Corinthians e Seleção Brasileira, que foi o destaque do jogo.

    Nenhum muro segura o “FENÔMENO AZUL”.

    #BiroBiroDay
    29/07/1993

    Aí a mucura vem falar de Albertino
    Kkkkkkkkkkkkkkkkkkk bando de comédia

    Curtir

  3. Fugiram com medo e ainda apagaram a luz kkkkkkkkkkkkkkkkkkk esse Biro-biro é Flórida, além de fazer gol de costas ainda derrubou o chiqueiro kkkkkkkkkkk bando de comédia

    Curtir

  4. Pelo tempo que o Remo não prega essas prosas, no futuro bem próximo será lembrado com aquele cheirinho de mofo que nem o tão distante descobrimento do Brasil.

    Curtir

  5. Falando nesse grande time de 93, recomendo a leitura da biografia do Alcino. Trata-se de leitura obrigatória para todo azulino, pois além de descrever a história do Gigante, o autor, Mauro Tavernard, ainda nos presenteia com várias informações sobre os timaços que o Remo montou na década de 70 (que eram, ao meu ver, superiores a qualquer outra equipe que tivemos posteriormente).

    Curtido por 1 pessoa

  6. Sugestão ao blog nas postagens denominadas de “passado é uma parada” as goleadas de 4 a 0 aplicadas pelo Papão em cima do remo dentro do Baenão no torneio Pará Ceará e no campeonato paraense uma delas com três gols de Samuel para desespero do Edson kkk Por falar em mucura esta sempre botou a galinha azul pra correr em seu próprio terreno kkk 4 a 0 e um olé!

    Curtir

  7. Ei Peixoto, já já tem os quinzola da Copa dos Campeões. Aliás, a melhor queda de muro foi em 91, contra o ABC, que levou ao primeiro título da série B.

    Curtir

  8. Mas esse Biro- Biro jogava muito, inegavelmente. assim como Mauricinho e Edson Boaro, trazidos pelo Papão mais ou menos na mesma época.

    Curtir

  9. Mauricio carneiro, discordo. na minha opinião a maior , mais hilária e histórica queda de muro foi o do Baelama derrubado a marretadas na cada da noite com pórtico centenário e tudo pelo próprio presidente do clube. Remocreias me provem se existe caída de muro mais esquisita que esse fato. Depois veio o outro presidente e derrubou o resto e deixou abandonado entregue às baratas. Assim não querem que o Remocreia volte
    kakakakakakakakakakakakakakakakakakakakakakakakakak
    kakakakakakakakakakakakakakakakakak
    kakakakakakakakakakakakakakakakakakakakak
    kakakakakakakakakakakakak
    kakakakakakakakakakakakakakakakakakakakakakakakakakakak

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s