Atacante paraense a caminho dos Emirados

Por Luiz Magaiver (@MAGAIVERLUIZ) 

O atacante paraense Rafael Tanque (foto), atualmente no Palmeiras, está proximo de sair do País rumando para Dubai, o atleta recebeu proposta muito alta para ir jogar no futebol dos Emirados Árabes. O atleta diz já estar praticamente tudo acertado para sua saída do Palmeiras, com multa rescisória de quase 1 Milhão de reais, não está ainda 100% porque o futebol Italiano tem interesse também no centro avante paraense.
Agora é que fico pensando, um atleta paraense, que rodou os grandes times do Estado nas suas bases, desponta no futebol Italiano, ou vai pra Dubai e arrebenta, aí irão surgir perguntas do tipo, “Esse cara jogou em Belém?” como aconteceu com o Ganso e tantos outros que só sabemos depois da joia que tínhamos e não demos valor.

314846_128573680617925_86228173_nO Paysandu por exemplo, está com os pés na Série B, precisando da contratação de um atacante não podia olhar um pouquinho mais para esse lado? Já que o presidente e o treinador foram jogadores! Sabem ambos muito bem quando o atleta tem valor, e detalhe, o mais importante, sabemos que um atleta sempre tem vontade de jogar em sua terra, isso é fato, ainda mais com torcidas apaixonadas que nós temos.
Rafael Tanque com toda certeza se recebesse uma proposta do Paysandu por exemplo não se negaria a vir jogar pelo time alviceleste, isso porque estaria perto da família e em sua terra natal. Por fim, os dirigentes dos grandes clubes paraenses estão de parabéns pelas campanhas, mas vamos olhar um pouquinho para os nossos valores, como o Jaime do Remo, que está aí como eterna promessa; além dele, o Alex Ruan, ambos vislumbrando jogar em suas equipes e cair nas graças do torcedor apaixonado. Dirigentes, pensem nisso.

2 comentários em “Atacante paraense a caminho dos Emirados

  1. Que Deus abenções esse jogador , ele pode até ter alguns defeitos ou algo parecido e é mais um que não foi valorizado por aqui , mas concerteza deve ter mais qualidade que defeitos , diferente de muitos que são metidos a professor de redação aqui do blog , e concerteza devem continuar dando suas aulas de redação em escolas da PMB ou simplesmente comem rato com batata e querem arrotar filé é sempre assim.

    há apenas um tipo de comunidade que pensa mais em dinheiro do que os ricos:

    os pobres. Os pobres não conseguem pensar em mais nada enfim , é muito melhor arriscar coisas grandiosas, alcançar triunfos e glórias, mesmo expondo-se a derrota, do que formar fila com os pobres de espírito que nem gozam muito nem sofrem muito, porque vivem nessa penumbra cinzenta que não conhece vitória nem derrota á não ser percebendo pequenos erros dos outros.

  2. Acho que seria muito improvável ele, agora, depois que deixou o PA, aceitar vir jogar por um clube daqui, dado que tem propostas milionárias do exterior. Isso só mostra que as divisões de base dos clubes do PA não são tratadas profissionalmente.

Deixe uma resposta para Heleno Cancelar resposta