6 comentários em “Por um clássico de paz

  1. Como seria bom ver o Mangueirão cheio de famílias, os verdadeiros torcedores que amam o clube para o qual torcem e que tivessem fim estas organizadas!

  2. Perfeito. Meu pai, que mora no céu, era torcedor do Paysandu. Eu, sou remista. Meu irmão é Paysandu. Minha mulher e meus filhos, remistas. Meu avô materno, Paysandu. Meus tios, azulinos como eu. E nunca teve pancadaria em casa… Só sarro e gozação com muito humor. Isso sim é uma família paraense!

Deixe uma resposta para miguelangelo45 Cancelar resposta