Ronaldo não lembra da lipo

 3234790b-dc1d-3bc2-be74-22b4e1b43d77

Ronaldo reapareceu. Deu sua primeira entrevista nesta quarta-feira após passar por cirurgia na mão esquerda e por uma suposta lipoaspiração há duas semanas. Sobre a mão, o corintiano afirmou que o problema foi mais grave do que se pensava. Quanto à operação para perda de peso, ele desconversou. Perguntado se a lipoaspiração poderia melhorar seu desempenho, respondeu. “Não sei, não sei nem se eu fiz. São coisas que não sabemos. Não posso dizer, vamos ver. Tenha calma, vai dar tudo certo, não se preocupe muito.”

“O que faço da minha vida particular é exclusivo meu. Não tenho que dar satisfação, nem à imprensa nem ao torcedor. O torcedor só quer saber do Ronaldo jogador e nada mais”, disse o atacante, que se lesionou durante a derrota por 3 a 0 no clássico contra o Palmeiras, dia 26 de junho, pelo Brasileirão.

Engano do Fenômeno. Ídolos populares como ele precisam, sim, prestar contas com seu público – o que inclui informações sobre seu estado atlético, por exemplo. Pura bundamolice essa história de “não devo satisfações”. Claro que deve. Só é a figura de expressão nacional que é porque há um público que o acompanha e idolatra. E que vê tudo o que se noticia sobre ele, desde os gols pelo Corinthians até a esquisitíssima farra com os três travecos no Rio. 

10 comentários em “Ronaldo não lembra da lipo

  1. Exatamente, Sylvio. Fica com essa cara de sonso, orientado pelos marqueteiros, mas esquece que a massa tira suas próprias conclusões.

  2. Culpado é quem idolatra esses despreparados. Esses sujeitinhos saem da sarjeta para o estrelato, e quando lá estão, cospem nos que lhes deram o apoio necessário. Felizmente desde cedo aprendi que idolatria é uma atitude babaca. Se merecerem, devemos até babar pelas obras e reconhecer a qualidade dos criadores, mas tendo sempre em mente que todos eles vêm com defeito de fábrica.

  3. Essa faceta do Ronaldo – a de comediante – é lastimável. A cada entrevista coletiva sua, dá umas respostas “engraçadinhas” e todos os jornalistas, visando fazer média é claro, riem em uníssomo.
    Político, jogador de futebol e dirigente não têm direito à privacidade. E não merecem confiança também – sempre que a oportunidade aparecer, não pense duas vezes: Ridicularize-os.

    1. Concordo, Matheus. Há quem se preste a esse tipo de teatro. O cara fala o que lhe dá na telha, ignora questões realmente importantes e ainda se acha no direito de se julgar perseguido!

  4. Foi exatamente porque pensa assim que se envolveu com os travecos. Agora, se ele acredita que os torcedores só devem se importar com o desempenho dele dentro de campo, por que então ele foi para a copa passada pesando 300 quilos?

    1. No alvo, Sandra. Com toda aquela pança, ainda se achava no direito de dar respostas malcriadas ao presidente Lula, lembra? Já que não deve falar da lipo e dos travecos, devia comentar sobre sua forma física, então.

  5. OS DIREITOS, DEVERES, OBRIGAÇÕES E A MORAL estão na CONSTITUIÇÃO.

    RONALDO PODE FAZER O QUE BEM ENTENDER, DESDE QUE DENTRO DA LEI. PODE ATÉ FICAR CALADO SE ASSIM DESEJAR.

    A LEI O PROTEGE.

    PORTANTO: RONALDO SABE O QUE ESTÁ FALANDO E AVISANDO.

    DOA QUEM DOER TÁ ???

  6. Eu não tô nem aí pra esse gorducho. Ele que faça da vida dele o que bem entender, contanto que o Dunga não o chame para a Seleção.

Deixe uma resposta para blogdogersonnogueira Cancelar resposta