TJD recua, concede efeito suspensivo e Curuzu é liberada para o clássico da final

O Tribunal de Justiça Desportiva acatou, na tarde desta terça-feira, o pedido de efeito suspensivo para a punição que havia sido aplicada ao PSC e, com isso, o clássico Re-Pa da final do Parazão será disputado na Curuzu com a presença de público. No entanto, o Papão não foi absolvido das acusações e uma nova data será marcada para avaliar a defesa a ser apresentada pelo departamento jurídico bicolor.

Os ingressos para o clássico ainda estão sendo vendidos aos preços de R$ 50,00 a arquibancada e R$ 80,00 a cadeira. Somente os torcedores que receberam as duas doses da vacina contra a Covid-19 ou o imunizante em dose única terão acesso garantido ao caldeirão bicolor, por determinação dos órgãos públicos. A Fiel Bicolor pode comprar os ingressos nas lojas Lobo.

Na última sexta-feira, 1, o TJD condenou o PSC por objetos jogados no gramado pela torcida bicolor no primeiro clássico Re-Pa do ano, em fevereiro. A pena, aplicada à revelia, foi perda de dois mandos com portões fechados. O clube ainda foi multado em R$5 mil, mais perda de dois mandos de campo e o reparo de uma placa danificada no dia do jogo. O Remo foi condenado a pagar R$ 2 mil em multas.

2 comentários em “TJD recua, concede efeito suspensivo e Curuzu é liberada para o clássico da final

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s