As novidades azulinas

POR GERSON NOGUEIRA

É fato que o Remo precisa reforçar o time para a Série C. O que se viu no Campeonato Paraense, independentemente da conquista do título ou não, foi suficiente para cravar que o elenco atual não está pronto para o Brasileiro. Várias posições apresentam carências óbvias. Por essa razão, não houve surpresa quando o clube anunciou quatro reforços na véspera do primeiro jogo da decisão.

Três atacantes – Fernandinho, Neto e Rodrigo Pimpão – e um zagueiro, Igor Morais, integram o pacote inicial. Mais cinco atletas devem ser anunciados nos próximos dias, começando pelo lateral Renan Castro. Jean Patrick, volante que jogou no CRB, e Vanilson, atacante que quase veio para o Parazão, também estão na lista.

A diretoria trabalha também em busca de dois meias, atendendo solicitação do técnico Paulo Bonamigo, preocupado com um dos maiores problemas do Remo desde a temporada passada. Felipe Gedoz é o único armador de ofício, o que deixa o time em situação de risco, como ensina o velho provérbio popular: quem tem um, não tem nenhum.

O problema ocorrido com Gedoz neste Parazão reforçou a necessidade de reaparelhar o time com urgência ali na meiúca, onde as coisas realmente começam. A ideia é ter três jogadores especialistas na construção de jogadas, capazes de dar ao ritmo o ritmo e a cadência que a Série C exige.

Dos jogadores já confirmados, três estão em Belém iniciando exames e depois serão liberados para treinos. No domingo, tiveram a oportunidade de acompanhar no Baenão o confronto com o PSC, sentindo de perto a temperatura do maior clássico regional e a força da torcida azulina, que lotou o estádio.

Pimpão (foto) ficou de desembarcar na madrugada de hoje em Belém. É a contratação mais arrojada e, ao mesmo tempo, o nome mais badalado de todos. Estava no Operário-PR e aceitou a proposta do Remo justamente pelas informações de que o clube vai brigar pelo acesso à Série B.

O interesse remista fez com que o atacante de 34 anos recusasse investida do Oriente Médio. Havia sido sondado pelo Al Fujairah, dos Emirados Árabes. Recentemente, descartou propostas para atuar na Coréia do Sul, Irã e Tailândia. A multa rescisória para Pimpão no Remo é considerada alta para um jogador da Série C: R$ 200 mil para o mercado interno e R$ 500 mil para clubes do exterior.

Nome escolhido para levantar a torcida azulina, Pimpão defendia o Operário desde 2021, onde fez três gols e deu quatro assistências. Com boa movimentação pelos lados, o atacante vai reeditar no Leão a dupla com Brenner, que deu certo no Botafogo, em 2017.

Direto do blog campeão

“O PSC tem vários bodes na sala e Ricardinho, Marcelo Toscano e Henan são os mais barbudos. Este time contratado pelos dirigentes é uma enganação e estes jogadores sub-40 deveriam entender que o tempo deles já passou. Além destes três ilustres bodes, ainda há uma manada de cabritos que não fazem nenhuma diferença no plantel. Falta garra, respeito pela camisa e, sobretudo, um mínimo de qualidade. Na minha opinião, ficariam os goleiros + Igor Carvalho, Serginho, José Aldo, Robinho e Danrlei. Aproveitaria a onda de boataria e mandaria o resto dos cabritos, quem comprou e os tratadores todos pra comerem em outro pasto. O PSC vai ter que lutar pra não cair, pois neste novo formato a Série C ficou mais difícil”. Aldo Valente, um bicolor preocupado

Ricardinho reafirma compromisso com o Papão

Ainda nem havia baixado a poeira da derrota de 3 a 0 frente ao Remo, pela decisão do Campeonato Paraense, e o PSC já convivia com um princípio de incêndio: a informação de que o volante/meia Ricardinho havia pedido para deixar o clube às vésperas do primeiro clássico. Por horas, a história circulou pelos sites sem que ninguém se pronunciasse a respeito.

No começo da tarde, o PSC reagiu. O presidente Maurício Ettinger fez o primeiro desmentido. Depois, em entrevista, Ricardinho prometeu cumprir o contrato até o fim da temporada. Até a esposa do jogador precisou se manifestar nas redes sociais negando a suposta saída.

De toda sorte, o impacto dos boatos gerou uma situação que só aumenta a responsabilidade do veterano meio-campista (36 anos), contratado a peso de ouro pelos bicolores para ser o astro da companhia.

Apesar de ter atuado em 11 dos 12 compromissos oficiais do Papão em 2022, Ricardinho só conseguiu uma vez jogar por 90 minutos. Com limitações de ordem física, raramente consegue permanecer por mais de 45 minutos em campo. No Re-Pa da 7ª rodada, deixou o campo no início do 2º tempo; no deste domingo, saiu aos 30 minutos de jogo.

É uma situação pactuada. O PSC sabia das condições do atleta e aceitou o risco da contratação. No ano passado, defendendo o Botafogo na Série B, teve baixo aproveitamento. Quando não estava lesionado, entrava quase sempre nos minutos finais.

Na Curuzu, apesar de dispor de mais tempo para se recuperar entre os jogos, Ricardinho sentiu bastante o impacto de atuar em campos ruins do interior em meio ao inverno amazônico. A disputa de uma Série C que se prenuncia duríssima é seu próximo desafio – que ele, ontem, prometeu estar pronto a cumprir.

A lesão no pé que o tirou precocemente do duelo com o Remo esfriou o ânimo da torcida e talvez impeça sua participação no decisivo prélio de amanhã, na Curuzu.

A conferir. 

(Coluna publicada na edição do Bola desta terça-feira, 05)

2 comentários em “As novidades azulinas

  1. Rodrigo Pimpão está com 34 anos, salvo engano. Não sei como foi seu desempenho depois que deixou o Botafogo. No alvinegro teve uma passagem muito digna. Jogador de pouca técnica, mas de grande utilidade para o conjunto, além de disciplinado. É daqueles jogadores que todo time precisa, pois não se forma um elenco somente com craques. Aliás, esses sempre vão ser minoria. Se estiver com a forma física em dia, é um bom reforço para o Leão.

    Curtir

  2. E os dirigentes do Paysandu continuam se superando na “arte de administrar”. Emprestaram a jóia da base – Victor Diniz (20 anos), e os reforços sub-40 não param de chegar na Curuzu. Vou te contar…..

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s