Aos 40, Alexandre Garcia já era porta-voz de ditador

É errada e preconceituosa a ideia de que Alexandre Garcia abraça o obscurantismo por causa da idade. A vocação é precoce: ele não tinha nem 40 anos quando se tornou porta-voz de ditador – João Baptista Figueiredo, o último presidente da ditadura. Logo, nada a ver com idade”.

Mário Magalhães, escritor e jornalista

Deixe uma resposta