Reunião sobre manifestação contra Bolsonaro é invadida por policiais

prfd-770x413

Uma reunião de sindicalistas que planejam manifestações contra o presidente Jair Bolsonaro (PSL), em Manaus, foi interrompida por três policiais rodoviários federais armados na tarde de ontem. Os policiais entraram na sede do Sindicato dos Trabalhadores em Educação no Amazonas (Sinteam), onde acontecia o encontro, e quiseram saber como seriam as manifestações durante a visita de Bolsonaro, que estará em Manaus amanhã.

“Eles disseram que estavam a mando do Exército Brasileiro, que está cuidando da segurança do presidente”, disse ao BNC, a presidente do Sinteam, Ana Cristina.  “Nós explicamos que todas as nossas manifestações são pacíficas. E que vamos exercer nosso direito democrático de discordar das ações do governo, pois entendemos que o estado, do jeito que está, não pode ficar”, completou.

Os policiais ainda ficaram na sede do Sinteam por cerca de 20 minutos, acompanhando a reunião. Depois foram embora.

Bolsonaro em Manaus – O presidente Jair Bolsonaro vai a Manaus pela primeira vez depois de eleito. Ele participa de solenidade no Colégio Militar da Polícia Militar e depois abre a reunião do Conselho Administrativo da Suframa (CAS).

Se a moda pega… Policial (ou qualquer outro cidadão) só pode invadir recinto de reunião privada com mandado judicial. 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s