Trivial variado do país onde neutralidade significa conivência com a barbárie

“Numa sociedade racista, não basta não ser racista. É necessário ser antirracista.” Angela Davis.

“Não existe neutralidade no tratamento a Bolsonaro e ao bolsonarismo. Toda neutralidade é declaração de apoio. É preciso qualificar o bolsonarismo pelo que ele é: totalitarista, fascista, racista, lgbtfóbico, apioador de milícias, de torturadores e da tortura”. Milly Lacombe

D6e0g8CX4AASEsL

“Muita gente que é contra Bolsonaro mas, por resquício antipetista, ainda apoiava Moro, está abandonando o barco do juiz que comandou a fraude da Lava Jato”. Lula Falcão

“Toma lá dá cá nunca foi tão evidente, agora que Bolsonaro revelou ‘negócio’ com Moro para vaga no STF, não resta outra alternativa senão anular processo e condenação de Lula. Faltava prova, agora falta vergonha na cara ao judiciário”. Zeca Dirceu

“Não acaba nunca. A cada dia este animal de rabo toma atitudes erradas que só causam sofrimento. Já quer eliminar radares de velocidade, quase acabou com o Ibama e agora investe contra a Segurança do Trabalho.” Johanh Kepler

“O Caso Queiroz envolve a Família Bolsonaro, não apenas o Flavio. Refiro-me ao Jair, a Michele… Basta lembrar dos cheques, depósitos, churrascos, trabalho nos gabinetes por anos etc. Tem muito fio solto nessa situação. Não duvido se aparecer “queima de arquivos”. Abdala Farah Neto

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s