Técnico avalia que o Remo administrou o jogo e explica barração de Etcheverría

1589597071

Depois da difícil vitória sobre o Tapajós, no domingo, o técnico João Neto afirmou que o Remo produziu um jogo controlado no segundo tempo, apesar da forte pressão exercida pelo time santareno e do perigo representado pelas bolas aéreas. Neto avaliou que seus comandados souberam administrar o resultado.

“Fizemos um jogo controlado. Não tivemos uma boa participação na parte ofensiva, ainda tivemos alguns problemas, mas conseguimos controlar a partida, fazer o gol e depois a manutenção do resultado”.

Para Netão, o ponto negativo foi novamente o setor ofensivo, sem observar que o meio-campo não fez nenhuma jogada criativa, o que prejudicou a atuação do ataque. “Na questão defensiva a gente não teve muito sofrimento. Conseguiu controlar. Em alguns momentos fizemos falta na entrada da área e teve a bola parada, mas em termos de confronto, teve uma defesa do Vinícius no primeiro tempo. A questão que a gente tem que pontuar é na parte ofensiva. No jogo passado a gente vez num ambiente fora de tanta torcida. Então a gente começa a conhecer o grupo, da forma que cada um vai se comportar diante da torcida e vários elementos que compõem o jogo”, disse Netão.

O Remo volta a campo no próximo sábado contra o Independente Tucuruí, no estádio Navegantão. A reapresentação dos remistas aconteceu já na manhã desta segunda-feira, na piscina da sede social.

Sobre a questionada barração de Etcheverría, meia que foi a principal contratação do Remo para a temporada, o técnico argumenta que tem jogadores em estágio técnico superior. “Na verdade, é um jogador que vem trabalhando forte, mas no momento a gente está, pelo modelo de jogo que a gente tem como ideia principal, com atletas que estão conseguindo, hoje, fazer melhor. Sabemos que temos um jogo sábado que vem com o Independente temos que entender o momento certo de colocar o atleta, até de fazer o revezamento de acordo com a necessidade. Pode ser que futuro já tenha o Echeverría para a torcida ver”.

Um comentário em “Técnico avalia que o Remo administrou o jogo e explica barração de Etcheverría

  1. Vá pra PQP Netão, porra, se o cara ñ aguenta 90 minutos, coloca ao menos trinta, essa meia canxa tá inoperante, ataque ineficiente; se tem peça de reposição então experimenta, até pq assim os caras ganham cancha ora bolas..
    Nenhuma argumentação vai convencer q um time estruturalmente muito menor q o Remo, como é o Tapajós, vai encurralar o Leão e vai ficar por isso mesmo. Então de nada adiantou começar os preparativos primeiro que eles…!!!!!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s