O jogo da vida

Dsr5JA0WoAEWJCN

POR GERSON NOGUEIRA

Não há muito o que projetar sobre as estratégias que o Papão terá que adotar hoje contra o Atlético-GO. Levando em conta as duas últimas partidas do time de João Brigatti, é provável que seja mantido o sistema com dois meias, Thomaz e Pedro Carmona, e sem centroavante de ofício, optando por Mike e Magno na frente. O que realmente iimporta é a consciência de que a partida vale como decisão de campeonato, com implicações financeiras sérias para o futuro do clube.

Ainda que o centroavante seja escalado, sua função deverá ser menos conservadora, sem guardar posição fixa entre os zagueiros. Hugo Almeida, que foi titular na maioria das últimas partidas, tem desenvoltura para participar do jogo de aproximação e da troca de passes a partir do meio-campo.

De concreto, o técnico alviceleste precisará escalar nova dupla de zaga, em função da ausência (por suspensão) de Perema. É uma perda importante, pois Perema tem sido o mais regular dos defensores, mas Fernando Timbó, seu substituto imediato, tem entrado na equipe frequentemente na era Brigatti.

Como Perema, que marcou contra o Guarani, Timbó tem se mostrado um bom finalizador, como no gol que garantiu a vitória de virada sobre o Figueirense na rodada passada. Ao lado de Diego Ivo, pode ser uma arma importante numa eventual necessidade de partir para o jogo do abafa contra o Dragão goiano.

O fato é que os problemas vividos ao longo da campanha devem ser temporariamente esquecidos. Nada de ficar agora repassando aqui todos os erros cometidos na política de contratações e nas escolhas de técnicos e executivos. As avaliações ficam para depois.

O objetivo geral é garantir a permanência na Série B e evitar um prejuízo que, segundo cálculos atualizados, poderá chegar a mais de R$ 15 milhões na próxima temporada. É, portanto, o jogo da vida do Papão.

Além de superar o Atlético, o PSC terá que ser beneficiado por pelo menos um dos seguintes resultados – derrota ou empate do Oeste contra o Boa Esporte em Varginha, empate ou derrota do Criciúma diante do Sampaio em Criciúma e derrota do CRB para o Figueirense, em Maceió. E há também a hipótese mais improvável de uma goleada do CRB sobre o Figueira por 6 gols de diferença.

Nada decidido, quase tudo em aberto, mas as dificuldades serão imensas no jogo desta tarde. O torcedor, que recuperou o otimismo, não pode esquecer que seu papel será o de emprestar apoio incondicional, mesmo que cheguem notícias desfavoráveis a respeito dos outros jogos.

——————————————————————————————-

Campanha para ajudar no tratamento de Carmem

Uma das pioneiras das lutas em Belém, Carmem Casca Grossa está precisando de ajuda. Ela sofre as consequências de complicações no tratamento do diabetes. Durante a procissão do Círio, ela pisou numa pedra e sofreu um ferimento no pé esquerdo, que infeccionou e levou à amputação.

Dois eventos beneficentes estão programados para levantar recursos que possibilitem auxiliar Carmem. No dia 8 de dezembro, haverá o Seminário Beneficente Carmem, no ginásio municipal de Ananindeua, com a participação de mestres e atletas de jiu-jitsu. A inscrição custa R$ 20,00.

Já no dia 15 de dezembro será realizado o Seminário Beneficente Carmem Casca Grossa, no ginásio do NEL (Dom Romualdo, 1215). Como inscrição serão aceitos um pacote de fralda geriátrica GG e a quantia de R$ 20,00.

Professores, colegas, alunos e admiradores da professora de jiu-jitsu estão se mobilizando nas redes sociais divulgando a campanha em favor de Carmem.

—————————————————————————————–

A força merengue nos bastidores

O Real Madri não é apenas o clube com a maior e mais sortida sala de troféus do planeta. Originária da realeza, é também uma agremiação famosa pelo poder que tem, pela influência na Uefa e até nos meandros da política espanhola.

A revelação veio em reportagem da revista alemã Der Spiegel, reproduzindo informações do chamado “Football Leaks”: o zagueiro e capitão Sergio Ramos foi pego em exame antidoping na final da Liga dos Campeões de 2016-2017, disputada contra a Juventus de Turim.

A versão do médico e do próprio clube, isentando o jogador de culpa, foi prontamente aceita pela Uefa e pela Wada (Agência Mundial AntiDoping), normalmente muito rigorosa em casos do gênero. A Uefa se contentou com as explicações recebidas sobre a presença de dexametasona na urina do atleta.

Sergio Ramos e o médico foram advertidos pela entidade para que, no futuro, “tomassem mais cuidado no futuro”. Há, ainda, a denúncia de que Ramos teria tomado banho antes de um teste de urina, em abril, após partida contra o Málaga pelo certame espanhol.

Ontem, depois do escândalo criado, a Wada fez questão de informar oficialmente que o procedimento da Uefa no caso foi inteiramente correto. Então tá…

(Coluna publicada no Bola deste sábado, 24)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s