A noite do maestro Modric

FBL-WC-2018-MATCH23-ARG-CRO

POR GERSON NOGUEIRA

Quem reservou a tarde de ontem para ver Messi finalmente estrear na Copa terminou por assistir um show particular do tranquilo Modric, maestro da Croácia, espécie de dínamo com a bola nos pés, responsável por ditar ritmo e organização na meia-cancha. Sem espalhafato, transitou sem atropelos de uma intermediária a outra, botando seus companheiros de ataque em condições de tiro e ele próprio disparando um míssil indefensável no segundo gol croata.

Messi, ao contrário, voltou a parecer um cavaleiro tristonho na desregulada esquadra argentina. Não se viu brotar em nenhum momento aquela velha volúpia ofensiva, que se materializa nas arrancadas rumo ao gol inimigo. Tentou apenas duas vezes entrar na área croata. Como enfrentou resistência, sumiu da zona de definição e resolveu ir buscar jogo em sua própria intermediária.

Muito do visível desalento de Messi pode ter a ver com a balbúrdia tática da equipe, que não explora as investidas pelos lados e nem pelo centro do campo. Não há um organizador – embora Di Maria esteja no banco de reservas. Poucas vezes a Argentina esteve tão precariamente representada em Copas do Mundo. Mesmo na trôpega campanha na Copa da Alemanha, em 2006, com Maradona no comando, o time tinha lá seus lampejos.

A diferença de atitude entre os solistas das duas seleções ficou evidente no placar, todo construído no segundo tempo. Os primeiros 45 minutos foram de dar dor de dente em serrote, mas, a partir de um erro terrível de Caballero na reposição de bola, a partida ganhou em emoção, angústia e dramaticidade.

O vinagre azedou para a Argentina quando Modric, que já era senhor absoluto do meio-campo, apareceu junto à área, deu dois passos com a bola e disparou um chute forte, entre as mãos do goleiro e o poste esquerdo. 2 a 0. Uma pintura de gol e um dos lances mais bonitos da Copa.

Quando veio o terceiro, do bom Rakitic, até a Casa Rosada sabia que a vaca já tinha ido ao brejo. A jogada lembrou aqueles exercícios em campo reduzido, tal a facilidade dos croatas trocando passes na pequena área. Zonza, a Argentina tropeçava em passes curtos. Como de hábito, abriu a caixa de ferramentas. Otamendi só não foi expulso porque o árbitro aliviou.

Além dos festejos pela classificação croata e da tristeza de Messi, com a qual todos os amam futebol devem ser solidários, chamou atenção o jeito esfuziante do técnico Sampaoli, mais tatuado que frontman de banda heavy metal. Um troço ridículo, a provar que presepadas estilosas não encantam apenas jogadores de cabeça oca, como Neymar, mas técnicos também.

Esta é, provavelmente, a Copa derradeira de Lionel Messi. Adeptos do futebol bem jogado têm muito a lamentar por isso. Talvez seja o caso de se dizer, lá na frente, como a respeito de Zico e Sócrates, azar da Copa que não deu a glória de um título a La Pulga.

O jogo de ontem não foi o último tango, mas deixou a impressão de que o craque já não tem qualquer sintonia com a seleção de seu país. Deixou o gramado sozinho, expressão fechada e abatida. Messi é introvertido, não é do tipo que parte para cima de treinador, mas deve ter chegado à mesma conclusão de Vicente Mateus: técnicos não ganham, mas perdem jogo.

——————————————————————————————-

Chance de apagar a má impressão

O Brasil volta a campo hoje, logo cedo (9h por aqui), para tentar reestrear no Mundial. Neymar, astro da seleção, tem presença confirmada, mas na lateral-direita Danilo, lesionado, dá lugar a Fagner. Daquelas paradas indigestas, de assustar qualquer um. Coisa que todo mundo rezava pra não acontecer, afinal o lateral corintiano é mais famoso por arrebentar pernas e joelhos adversários.

(Cá pra nós, é inconcebível que as milhares de escolinhas de futebol do país não consigam produzir um lateralzinho menos rastaquera.)

Como o adversário é a Costa Rica, já sem aquela sustança de 2014, as coisas podem se resolver sem grandes atropelos, apesar de Fagner ali pela direita. O drama maior é convencer Neymar a jogar bola sem pretender ser o centro das atenções.

Na estreia, todo mundo viu, ele queria acima de tudo mostrar ao mundo o novo penteado. Ficou prendendo bola, levando pancada e atraindo as câmeras. Não deu muito certo, nem pra ele e muito menos para o Brasil.

Tite, que saiu quase a salvo de críticas pela atuação de domingo, deve ter em mente que a partir de agora será muito mais responsabilizado. Afinal, se a equipe voltar a apresentar instabilidade, o técnico será cobrado por isso.

O resto da equipe deverá ser o mesmo do jogo de domingo, incluindo possivelmente Casemiro (já amarelado) na marcação. Sou tentado a achar que Coutinho será cada vez mais protagonista nesta Copa. Só acho.

———————————————————————————————-

Xingamentos de S. Paulo inspiram cenas sexistas de Moscou

O noticiário abundante sobre cenas deploráveis de torcedores brasileiros assediando mulheres russas – e até menores – só surpreende quem não vai a estádios de futebol no Brasil. O que se viu em 2014, na Arena Itaquera, é tão ignóbil quanto as gravações com piadinhas sujas e cantorias sexistas feitas em Moscou.

Naquela tarde de abertura da Copa do Mundo, torcedores que ocupavam as cadeiras especiais puxaram um coro imundo contra a presidenta Dilma Rousseff . Palavrões do mais raso vocabulário foram gritados para afrontar e insultar a primeira mulher mandatária do país.

Uma vergonha inominável e gesto covarde pelo qual ninguém foi punido ou pelo menos investigado. A inspiração para as marchinhas obscenas cantadas na capital russa venha do cérebro atrofiado de figuras que estavam em Itaquera há quatro anos.

(Coluna publicada no Bola desta sexta-feira, 22)

9 comentários em “A noite do maestro Modric

  1. TEMOS QUE ENTENDER QUE COPA DO MUNDO NÃO TEM JOGO FÁCIL COMO NOS RExpa QUE O REMO DEITA E ROLA COM 4 PEIAS
    😏😉
    😂😂😂😂😂😂😂

    Curtir

  2. Temos que entender que em jogo de Copa do Mundo vai ser muito difícil uma equipe ganhar três jogos seguidos em razão de um gol de penalti igual o lanterna remo nos clássicos kkkk
    A Copa vai acabar e o remo não vai sair da zona kkkkkk
    Credo kkkkk 😂😂😂😂😂

    🔦🔦🔦🔦🔦🔦🔦🔦🔦🔦🔦

    Curtir

  3. Paulista 9×0 Mucura kkkkkkkkkkk vergonha da vergonha da vergonha da vergonha da vergonha do Norte kkkkkkkk 4peias copia

    Curtir

  4. A Copa vai terminar e o nosso amigo com o mesmo discurso kkkkk
    Santa Cruz 9 Lanterna Azul 0 kkkkkkkkkkkkk
    Papão dentro do Baenao duas vezes aplicando surras de 4 a 0 no lanterna Azul! kkk Salve Samuel e Albertinho!
    O tempo está passando e a lanterna continua azul kkkkkkkkk

    Curtir

  5. Só vim lembrar o Mucurildo aposentado q a mucurada continua nosso eterno freguês e nossa eterna piada kkkkkkkkkkkk chora 4peias, não vou nem falar das fugas da galinha listrada(2 vezes, uma dentro do chiqueiro) kkkkkkkk fui

    Curtir

  6. Peixe, vai namorar rapaz, esquece as 4 peias kkkkkkkkkk vai na praça da república com a vovózinha kkkkkkk hj ele não desgruda do blog kkkkkkkkk eu choro kkkkkkkkk é muita comédia kkkkkkkkkk 4peias

    Curtir

  7. Olha quem não desgruda do Blog kkkkk o Edson do lanternão kkkkk “ Minha lanterna nunca fugiu de campo” kkkkk

    Não me lembro de nenhuma peia esse ano? O único time que goleou o Papão foi o Criciúma e o Leão também sofreu só uma goleada mas foi dentro de casa contra o Confiança o que foi bem vergonhoso kkkk

    Por falar em vergonha qual é a atual colocação do remo na série C?
    Responde Edson

    🔦🔦🔦🔦🔦😂😂😂😂😂

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s