Tribuna do torcedor

POR VICTOR ALVES (victoralves101984@hotmail.com)

Sobre sua coluna publicada hoje (ontem, 29/11) no Diário do Pará com relação à média de idade do novo plantel do Remo que está sendo formado, permita-me educadamente discordar.

Na realidade, não percebo um critério de exclusão destacado por você quanto à contratação de jogadores. Ao contrário, percebo uma manutenção quanto às características destes jogadores – e que não é a idade dita avançada, como é o medo de muitos. Afinal, pelo que já pude constar, o plantel que está sendo formado não está levando em consideração apenas as características técnicas dos jogadores, mas também os aspectos comportamentais dos mesmos.

Uma das exigências fundamentais do planejamento traçado pelo Remo quanto à contratação de jogadores é de que devem ser contratados atletas ao invés de boleiros. Profissionais que ainda permaneçam em alto grau de competitividade, que tiveram grande número de partidas disputadas nos últimos anos, com pouco número de lesões, e que se cuidem fora de campo. É só pegar o scout desses jogadores para comprovar o que estou falando. Afinal, para citar apenas o Remo, quantos jogadores mantinham uma vida extracampo nada pacata só nestes últimos anos? Vide o exemplo de Eduardo Ramos, Edgar e Pimentinha, apenas para pontuar alguns casos.

Sabe-se que o profissionalismo é essencial, atualmente, no esporte de alto rendimento. Atletas que se cuidam tornam-se bem mais longevos em suas carreiras, pois descansam melhor (influenciando na boa recuperação muscular e diminuindo assim, o número e grau de lesões, por exemplo) e consequentemente vivem melhor para suas atividades profissionais. Como casos posso citar rapidamente aqui Cristiano Ronaldo, Messi e Zé Roberto. E o que esses três têm em comum? Todos têm mais de 30 anos e ainda jogam em alto nível justamente porque se cuidam. Cristiano Ronaldo tem 32, Messi tem 30 e Zé Roberto 42 (aposentando-se anteontem em alto nível, com pessoas ainda achando que poderia jogar mais uma temporada).

Portanto, caro Gerson, creio que a idade é relativa em se tratando de atletas profissionais e boleiros, e percebo essa mentalidade de diferenciação agora no Remo quanto a esse aspecto. Logo, concluo que essas contratações não são por exclusão (pelo menos não em sua maioria), mas sim estabelecendo critérios de acordo com o planejamento traçado pelo departamento de futebol, como já falado anteriormente no terceiro parágrafo.

Cordialmente,

Victor de Araujo Alves

Um comentário em “Tribuna do torcedor

  1. Ok Tirando tudo isso que foi falado caro Victor, e a qualidade? Dos mesmo, isso está sendo levado em conta, por que comportamento extra campo não ganha título, o que ganha é ter jogadores de bom nível técnico, que podem levar o clube as conquistas, coisa que até agora não tenho visto nessas contratações, apenas vejo quantidade para dar uma satisfação a torcida e ter um time formado. Te dizer!

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s