Fifa desconfia de Del Nero, mas autoriza liberação de grana da Copa 2014

img_6589

A Fifa fez um acordo com a CBF e vai liberar os R$ 300 milhões do fundo especial de legado da Copa de 2014, retidos por conta das suspeitas de corrupção que pesam sobre o presidente da confederação, Marco Polo Del Nero, e vários de seus diretores. A liberação deve sair nos próximos dias, mas não significa que a Fifa acredita na inocência dos cartolas brasileiros. Pelo contrário. A entidade concordou em liberar o dinheiro mediante criação de uma empresa, pela própria Fifa, para gerir os recursos.

O dinheiro foi destinado à CBF pelo então presidente Josep Blatter para que fosse investido em centros de treinamento em todo o país com foco na formação de atletas. Ocorre que só um centro foi construído, em Belém, por influência do vice-presidente da CBF, coronel Antonio Carlos Nunes. Os demais foram adiados devido ao escândalo que envolveu Ricardo Teixeira, Del Nero, José Maria Marín em 2015.

Em nota, a CBF garante que caíram as restrições antes existentes em relação à gestão Del Nero. A Fifa não confirma tal mudança e mantém a intenção de fiscalizar de perto a aplicação do dinheiro. (Do blog de Rodrigo Mattos)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s