Leão não terá Pimenta para encarar o líder CSA

10 de agosto de 2017 at 9:49 8 comentários

DGEiIefXkAAJOu7

Depois de pagar ontem parte do que havia sido prometido ao elenco e à comissão técnica – 50% dos salários de junho -, a diretoria do Remo se comprometeu a quitar junho ainda nesta quinta-feira. Graças a isso, os jogadores suspenderam a greve iniciada na terça-feira, voltaram aos treinos ontem e viajaram nesta madrugada para Maceió-AL, onde o Leão enfrenta o líder CSA no próximo sábado, às 16h.

O técnico Léo Goiano, que perdeu um dia de preparação devido à greve dos atletas, tem dois problemas no time titular: Pimentinha e Léo Rosa, lesionados, não acompanham a delegação. Ilaílson deve entrar na lateral-direita e Edgar será o parceiro de Luiz Eduardo no ataque.

As novidades na lista de atletas são o zagueiro Martony, o lateral Jaquinha (voltando de contusão) e o meia Danilinho, que havia sido dispensado e foi reintegrado ao grupo pelo ex-técnico Oliveira Canindé. Goiano assumiu e manteve o meia, que volta a aparecer como opção de jogo.

O time mais provável para sábado deve ser este: Vinícius; Ilaílson, Leandro Silva, Bruno Costa e Gerson; Dudu, João Paulo, França e Eduardo Ramos; Luiz Eduardo e Edgar. O Remo ocupa a 4ª posição no grupo A da Série C, com 18 pontos.

Entry filed under: Uncategorized.

Papão volta ao banco dos réus Ah, essa polícia bolivariana…

8 Comentários Add your own

  • 1. Frederico Teron  |  10 de agosto de 2017 às 10:14

    CSA 3X0.

    Curtir

  • 2. Juca  |  10 de agosto de 2017 às 10:56

    Gerson, essas perebas tem é que jogar bola, para poderem cobrar o que acham que tem direisato, sabe o que vai acontecer, mais uma derrota, ainda mais sem o pimentinha… So pereba, vão jogar bola para depois reclamar.

    Curtir

  • 3. Alessandro  |  10 de agosto de 2017 às 11:06

    Pra mim é desculpa ser o Remo não classifica não vai ser por causa de salários e sim de ruindade e perebise desses jogadores

    Curtir

  • 4. Frederico Teron  |  10 de agosto de 2017 às 13:30

    Mas quem contrata os perebas?

    Curtir

  • 5. Comentarista  |  10 de agosto de 2017 às 14:30

    Pela legislação trabalhista brasileira AT (antes do Frankstemer..) os salários do mês de julho já estão vencidos. Como somente receberam 50% do salário de junho, os jogadores somente tem obrigação de jogar 25%, em Macéio. Elementar meu caro Watson… !!

    Curtir

  • 6. Édson do Amaral. Torcedor do Paysandu.  |  10 de agosto de 2017 às 15:17

    Jogadores do campeão da série C 2005, talvez liderados pelo Eduardo Ramos fizeram a greve porque não são otários

    Faltam 2 jogos em Belém
    Se o time não classificar automaticamente ganham férias
    Como essa possibilidade é muito grande
    Os caras resolveram se antecipar pra diminuir um eventual prejuízo de ficarem até 2 ou 3 meses sem receber.

    Gato escaldado tem medo de água fria. O histórico do clube nesse quesito força a isso

    Curtir

  • 7. lopesjunior  |  11 de agosto de 2017 às 8:48

    Concordo, Edson. A qualidade técnica do elenco nada tem a ver com direitos trabalhistas. O Clube assumiu responsabilidades com os jogadores e tem por obrigação cumpri-las. Se a qualidade técnica do elenco é discutível, a da diretoria também é. A grande vantagem deste regulamento da série C é que ele considera o trabalho dos gestores do Clube e, portanto, é um acerto porque exige o profissionalismo e o abandono incondicional do amadorismo. Clubes que passem por esse filtro tendem a ser mais bem sucedidos depois de obter o acesso e a não serem imediatamente rebaixados, naquele bate-volta que frustra o esforço empreendido numa campanha de acesso. O Remo não deve pensar em subir, mas em subir e permanecer na série B para brigar por vaga na série A, pois esse é o objetivo de estar na série B. Uma coisa de cada vez, estando na C, almejar a B e, depois, quem sabe?, estando na B e almejar a série A. É preciso planejamento e gana para se chegar onde se quer.

    Curtir

  • 8. Antonio Oliveira  |  11 de agosto de 2017 às 11:56

    De fato, Lopes!

    A qualidade do jogador nada tem a ver com o direito que ele tem de receber nas épocas estabelecidas no contrato.

    Se ele é ruim, paciência! Quem mandou contratar.

    Agora, duas coisas que não são opostas ao que vc sustenta:

    A instituição seriamente administrada tem de responsabilizar os dirigentes que seja por incompetência, seja por desonestidade, a levam à bancarrota. Agora, resta saber se os órgãos clubísticos encarregados de promover a responsabilização não são coniventes com os administradores temerários.

    D’outra parte, os jogadores que não têm suas obrigações respeitadas pelos Clubes não deveriam nem entrar em campo. Defendo a greve severa. Afinal, isso é honesto. O que não pode é entrar em campo para fazer corpo mole, entregar o jogo.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


CONTAGEM DE ACESSOS

  • 7,271,874 visitantes

Tópicos recentes

gersonnogueira@gmail.com

Junte-se a 12.694 outros seguidores

VITRINE DE COMENTÁRIOS

junior em Leão festeja reorganização e c…
Hilário Abe em Papão traz dois reforços e pro…
Antonio Oliveira em Corrupção generalizada
Nelson Albuquerque em A arte do olhar
Edson do Leão - meu… em Leão festeja reorganização e c…

ARQUIVOS DO BLOG

FOLHINHA

agosto 2017
S T Q Q S S D
« jul    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  

NO TWITTER

Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.

GENTE DA CASA

POSTS QUE EU CURTO


%d blogueiros gostam disto: