Papão volta ao banco dos réus

O Papão volta ao banco dos réus no STJD, nesta quinta-feira, sob as acusações de tumulto no estádio da Curuzu, insegurança para o torcedor e atos de discriminação homofóbica. No primeiro julgamento, na comissão disciplinar do tribunal, o Papão teve foi absolvido da acusação de discriminação e teve pena abrandada nos casos de tumulto e insegurança, sendo condenado a pagar multa de R$ 7,5 mil, convertida depois em doações de cestas básicas à Apae-Belém.

Como a Procuradoria recorreu, o clube irá se defender esgrimindo as mesmas provas e argumentos utilizados no primeiro julgamento. Felipe Macedo e Osvaldo Sestário, como da primeira vez, são os advogados do clube no STJD. Caso venha a ser condenado, o Papão pode ser punido com a perda de mando de jogos.

4 comentários em “Papão volta ao banco dos réus

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s