PSC x Boa – comentários on-line

Campeonato Brasileiro da Série B 2017 – 9ª rodada

PSC x Boa Esporte – estádio da Curuzu, às 20h30

DAg8QbzXcAADVTE

Na Rádio Clube, Ronaldo Porto narra, Rui Guimarães comenta. Reportagens – Dinho Menezes, Giuseppe Tommaso, Mauro Borges, Carlos Estádio. Banco de Informações – Fábio Scerni

53 comentários em “PSC x Boa – comentários on-line

  1. Era melhor ter perdido um e ganhado outro que empatar esses dois jogos…

    Papão está ladeira abaixo a cada rodada e o sinal vermelho tem de estar ligado, mas parece que a diretoria está dormindo em berço esplêndido.

    Mazola ou Giva são as melhores opções, mas, pelo visto, a diretoria e o presidente vão querer economizar e trazer um técnico mais barato.

    Além disso, se depender apenas do Diogo Oliveira pra aramar as jogadas e do Daniel Amorim na frente, aí é pra matar o torcedor de raiva…

    Curtir

  2. O que dizer né?

    Dois jogos, seis pontos disputados e dois pontos.

    Cinco jogos, quinze disputados e dois pontos.

    PSC, com o empate de hoje, cai para 12 lugar e está a três pontos da zona de rebaixamento (sim, PSC não tem que falar no G4, pelo futebol que apresenta tem que falar em Z4).

    Vai sair para jogar contra um CRB renovado. PSC não ganhará este jogo é dificilmente empatará (escrevam o que estou dizendo).

    O que jogos como esse confirmam?

    1) PSC não tem plantel.
    2) PSC contratou mal para o brasileiro.
    3) PSC precisa enxugar o plantel para contratar novos jogadores (em um mercado escasso).

    Curtir

  3. E por sinal, como faz uma tremenda falta o Rodrigo Andrade e até mesmo o “delegado” do Leandro Carvalho, que tem sido o melhor atacante bicolor na temporada ao lado do Bergson.

    Curtir

  4. Gerson e amigos, como já era esperado… PSC, nada mudou no 2T,… Mexidas mal feitas, time desorganizado em campo… Olha,amigos, e foi contra o Boa, que tá no Z4 e forte candidato a cair, imaginem…PSC precisa urgentemente de contratações de bons jogadores… Marquinhos Santos terá muito trabalho, com essa lerdeza da diretoria em contratar jogadores…Técnico, já não era o indicado pra esse momento bicolor… então, que pelo menos acerte nas contratações e leve o clube a permanecer na B,que é o objetivo maior da diretoria do clube…Sinceramente,sem mais comentários, pra esse autêntico jogo de pelada…

    Vida que segue

    Curtir

  5. Realmente, amigo Celira, Paysandu precisa urgentemente contratar um novo técnico, a fim de enxugar o elenco e contratar de forma criteriosa, mas isso é missão quase impossível, pois o mercado já está por deveras escasso a esta altura.

    Curtir

  6. Marquinhos Santos, Nãaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaao….

    Se bem que, faz sentido, pois o Mazucco era diretor de futebol do coxa, de onde o Marquinhos Santos já foi treinador e apareceu para o cenário do futebol brasileiro…

    Curtir

  7. Queria muito que chegasse a Serra minha fala… Sei que não irá chegar.

    Serra deve entender que o discurso futebol empresa não existe de fato. Ele existe no papel e é lindo. No entanto, não funciona quando esta se perdendo jogos.

    Contudo, se resolvêssemos analisar o PSC como empresa poderíamos dizer que o PSC é uma empresa de futebol fadada ao fracasso e a caminha para falência.

    Por que falo isso?

    Por que situações como esta resulta em perda de receita com: a ausência de público nos jogos, a perda de sócio torcedor e a perda na venda de materias esportivos.

    Óbvio que sei que Serra é um cara bem intencionado e que ama o PSC, mas, essa “calma” diante de uma situação de crise lembra muito o PSC de 2013 com Vandick.

    Aquele time, como este, era repleto de jogadores de qualidade duvidosa (lembram do lateral Belo?) no início da competição. Quando acordaram para os erros e resolveram fazer contratações boas já era tarde, pois, a confiança já tinha partido para o céu e o PSC para o inferno da série C.

    Vejamos alguns erros do PSC este ano…

    – Contratou Chamusca como treinador em novembro de 2016.
    – Manteve Chamusca para série B depois de duas competições pífias (Campeonato Paraense e Copa Verde).
    – Dispensou jogadores que poderiam compor o grupo como Cearense.
    – Contratou atletas duvidosos para série B como Daniel Amorim.
    – Trouxe Alfredo (aposta – ja foi)
    – Trouxe Daniel Sobralense (jogador de série C)
    – Trouxe Wiliam Simões

    Curtir

  8. Marquinhos Santos, Nãaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaao….
    Se bem que, faz sentido, pois o Mazucco era diretor de futebol do coxa, de onde o Marquinhos Santos já foi treinador e apareceu para o cenário do futebol brasileiro…

    Ou seja amigo Charles, no PSC se contrata por critério de amizade e não qualidade.

    Curtir

  9. Na semana que antecedeu a final do Paraense, externei a opinião de que o melhor seria o Remo Campeão, pois teríamos o choque de realidade.
    A festa pelo título encobriu um elenco fraco para o regional e a ausência de padrão tático e de jogo coletivo já eram problemas visíveis.
    E Chamusca, apesar das declarações dos dirigentes de que o técnico tinha um projeto para subir o Papão, na primeira oportunidade, deixou o Clube… Provavelmente, se o Ceará não tivesse oferecido a chance, ainda estaríamos vendo Chamusca por aqui.
    Agora, Leandro Carvalho se manifestou e disse que não deve desculpas a ninguém e que se o Paysandu não o quer mais, ele irá para a Europa.
    E vamos ver cada vez mais jogadores do Estado do Paraná chegando por aqui, como foi o caso da contratação absolutamente desnecessária de mais um goleiro.
    Só não sei, até agora, quem é Marquinhos Santos…
    Égua, assim está difícil.
    José Eiro

    Curtir

  10. Amigos, eu sempre me mantive incrédulo com relação ao plantel e técnico do nosso glorioso Paysandu.

    Contive a euforia das primeiras rodadas pois acompanhei a formação desse elenco. E, agora, com a saída do técnico e os 5 revés que tivemos, ficaram claras as minhas perspectivas. Infelizmente!

    Eu já havia dito que, manter Chamusca para série B e continuar com jogadores fracos técnicamente, era um erro crasso.

    Menos mal que estamos no início do Campeonato. Ainda há tempo para recuperação, mas é preciso acordar.

    A manutenção de um elenco, para a temporada é necessário. Infelzimente o Paraense não tem visibilidade. Por isso, Thiago Luis e outros, bons jogadores, não quiseram ficar.

    Talvez seja esse o ponto que o Papão deve acertar e começar a colher os frutos de uma excelente administração.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s