Polícia vai reunir com líderes das “organizadas”

Era só o que faltava…

O comandante do Policiamento Especializado (CPE), coronel Arthur Moraes, e o comandante do Batalhão de Policiamento de Eventos (BPE), tenente coronel Sidney Profeta, irão se reunir na tarde desta sexta-feira, 24, com representantes das torcidas organizadas dos clubes do Remo e Paysandu para definir questões estratégicas e operacionais de prevenção e segurança dos torcedores que vão ao estádio do Mangueirão torcer pelos seus times, no próximo domingo, 26. A reunião será na sede do Comando Geral, antigo Palácio dos Despachos. (Agência Pará)

Por essas e outras que os baderneiros se sentem importantes e temidos. Polícia devia aproveitar a tal reunião para prender todo mundo, livrando o clássico da violência e insanidade dessas gangues. 

12 comentários em “Polícia vai reunir com líderes das “organizadas”

  1. Em época em que a eletrônica comanda tudo, e a gente ainda vê essas preocupações inócuas.
    Câmeras, biometria e outras tecnologias não são pra ser utilizadas?

    O cara que é bandido age por força do anonimato ou escondido no meio de um grupo. É só combater essa sensação de impunidade.

    Curtir

  2. Custava em vez de “reuniões”, a PM ir lá por onde eles entram e fazer uma varredura nessa “turma”, PQP!!!!!!!!!!!!!!!

    Curtir

  3. Vamos partir do principio que a coisa está fora de controle, e sabemos que está, não só aqui, mas em todo o Brasil.

    Logo, infelizmente, ainda que eu não concorde com a atitude da PM, pense igual ao Gerson, assine junto com o Lira seu texto, e assim como todos que deram opinião até agora ache isso uma desmoralização, mas é o que se pode fazer.

    O correto era fazer o que disse o Barretão, mas como ainda não fizeram isso, a PM precisa saber o que pensa os lideres, para poder agir, pois muitos inocentes tanto bicolores, como remistas, vão ao estádio com a intenção de ver o jogo.

    Não gostaria de dizer isso, mas a PM para nossa segurança, e diante da impunidade que assola nosso país, se ver obrigada a agir dessa forma.

    Curtir

  4. Só duas ponderações: (1) há várias organizadas ou uniformizadas além daquelas duas que costumam barbarizar no estádio, e entorno, nos dias de clássico; (2) Independentemente do encarceramento dos travestidos de torcedores, tudo o mais que possa ser feito em prol da segurança dos torcedores e população de um modo geral (antes, durante e após o jogo) me parece que é bem vindo.
    Enfim, se os demais destacamentos da polícia não sabem, não querem ou não podem tomar as providências contra a marginalidade disfarçada de torcida, que ao menos o segmento policial especializado em eventos desta natureza esboce alguma tentativa de aumentar a segurança.

    Curtir

  5. As organizadas estão extintas? Só no papel… Isso significa clandestinidade ou reunião de pessoas para uma manifestação pública? Vejam, não sou advogado, mas como agir sem ferir o direito de pessoas se reunirem para manifestar uma opinião? Como enquadrar uma torcida de futebol nesses quesitos, legalmente ou historicamente? Como nossa legislação olha para isso e faz distinção entre uma coisa e a outra? Dada a personalidade jurídica das torcidas organizadas e sua atuação violenta ao longo dos anos, generalizando assim mesmo, todas as torcidas organizadas são, real ou potencialmente, uma ameaça ao cidadão comum que quer apenas torcer pelo seu time no estádio. Qual(is) crime(s) está(ão) ocorrendo aí? Não podemos impedir pessoas de se reunir para torcer, então ou se investiga e se prova definitivamente que agem como quadrilhas, reunindo-se para ir aos jogos e “aprontar”, ou então que se considere reunião legítima e deixem os estádios aos vândalos. O que não pode é deixar as coisas como estão, expondo os próprios membros dessas torcidas e o cidadão à violência sem limite.

    Curtir

  6. Domingo o lugar mais seguro de Belem será o mangueirao…depois do jogo, todos os bairros estarao com indices altissimos de violencia ..infelizmente…o ”TUKA” que morreu domingo no bairro do Una morava perto de casa e só pq estava com a camisa de uma uniformizada foi trucidado…PM (infelizmente novamente) está correta quando diz pra evitarem ir com camisa de CR ou PSC…

    Curtir

  7. DAQUI A POUCO, A PM TAMBÉM VAI REUNIR COM DONOS DE BOCAS DE FUMO, COM AS LIDERANÇAS DOS PRESÍDIOS… SOCORRO!!! CHAMEM A POLÍCIA!!! PAREM O MIUNDO, QUE EU QUERO DESCER…

    Curtir

  8. A minha enérgica opinião sobre isso é a seguinte:

    A segurança pública que está perdendo de goleada para a bandidagem que toma conta da sociedade, agora com essa atitude perdeu feio para os MARGINAIS E RADICAIS ENFILTRADOS EM TORCIDA ORGANIZADAS. É triste dizer mais é a pura realidade. A segurança público ao meu ver está com medo desses elementos e não deveria. Esses órgãos rsponsáveis pela segurança nos estádios tem de meter na cabeça que existem as torcidas de clubes organizadas em todo o mundo, nunca vai deixar de existir porque não tem como, onde existe a banda podre dentro dessas torcidas. Porém, mesmo dentro dessas torcidas conhecidas como violentas e criminosas existem torcedores de bem sim senhor, porque eu conheço, onde os caras apenas são fanáticos por seus clubes e por isso se meteram nessas torcidas, sem necessidade. E dentro delas estão também os marginais e os violentos extremistas, igual como nas quelas seitas religiosas orientais. Estes são os banda podre das torcidas das torcidas organizadas. São estes que as autoridades devem visar e reprimir. São justamente estes últimos os responsáveis pelas guerras, desordem e até assinatos dentro e fora dos estádios. São eles que devem ser visados pelas autoridas, através de providências enérgicas. As autoridades tem de saber que eles não vão mudar nunca dessa postura, porque eles não querem paz, eles querem é guerra. Eles não estão interessados no bem se clube ou futebol. O que eles querem somente é briga , roubo, droga e mais nada. Por isso marcam antecipadamente seus confrontos. Podem as autoridades reunirem com os líderes, que não adianta. Os táis líderes em muitos casos são alguns desses próprios marginais e extremistas ou não tem nenhum controle sobre eles. Por isso não é reunião que vai resolver coisa coisa alguma. As reportagens sobre o caso demonstram que a banda podre dessas torcidas e agem em qualquer lugar do país a até no exterior, e sempre retornam aos estádios fazendo desordens, como aqueles marginais corintianos que foram matar o jóvem torcedor boliviano emplena Bolívia. Então úníca solução para amenizar a situação seria as autoridades identificar e punir RIGOROSAMENTE esses banda podre das torcidas organizadas. Para isso deve ser mantido e aperfeiçoado cada vez mais o esquema de segurança dentro e fora do estádio, com objetivo de manter a ordem e identicar esses banda podres. E não é difícil identificar porque os caras mesmos se acusam provocando logo desordem e até outros tipos de crimes. Não por acaso a polícia fica correndo para la e para k, atrás dos enxames provocados. Aí uma vez detidos e devidmente identificados qualquer desses bandas podres nos confrontos, é so cortar o mal pela raiz e probir definitamente esses caras de voltarem a frequentar estádio outra vez. E Para se ter o controle sobre isso enquanto estiverem rspondendo processo, é so obrigar esses vãndalos a comparecer em um local determinado pela justiça, 20 minutos após o início de qualquer jogo de seu time. Essa medida já foi anunciada mas ninguém executa. So lembram quando morre torcedor, igual ao cidadão torcedor assassinado no último REXPA por marginais extremistas pertecentes á banda podre de uma torcida organizada azulina, onde o cidadão foi covardemente agredido por por vários mariginais e nem pertencia a nenhuma torcida organizada, mas apenas estava portando uma camisa com cores e emblema do Paysandu, e teve o azar de ao sair e se dirigir para sua casa, passar um perto de uma torcida orgizada azulina, onde so estavam alí os extremistas e marginais banda podre. Ou seja so isso foi o suficiente para o cidadão ser covardemente morto a pancadas de forma cruel. Aí do jeito que as autoridades querem resolver essas situação, convocando esses elementos para reunião, em vez de tomarem providências mais energícas, inflizmente assassinatos crueis igual o cometido contra o torcedor do Paysandu que nem era de organizada vão continuar ocorrendo, infelizmente.

    Curtir

  9. Ei Ed, se o “TUKA” não era da Terror, porque ele só batia foto com a camisa da mesma?

    Quem não pertence a torcida organizada e vai pro campo com uma camisa dessa, não bate bem da bola, pois nem bonita são estas camisas.

    A da terror é uma caveira e a da remoçada um macaco de peruca.

    Eu não abro mão de ir ao estádio com minha camisa listrada do papão, porrada em mim ninguém vai dar.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s