A tentativa de Serra de intimidar seus críticos

Por Luis Nassif

Que José Serra é a mais perfeita vocação de ditador que a política brasileira moderna conheceu, ninguém duvida. Ninguém escapa dos seus arreganhos totalitários. Meu blog foi reconhecido pela Burson-Marsteller como um dos quatro blogs jornalísticos mais influentes do Twitter – o único independente. Tenho história no jornalismo econômico, premiações e reconhecimento público. A CEF anuncia no meu blog, assim como em outros blogs, inclusive críticos sistemáticos do governo.

Seu ataque à publicidade de estatais visa exclusivamente intimidar diretores de comunicação dos anunciantes. Sobre meu blog, os dados estão disponíveis aqui mesmo. Dos últimos 300 posts, 8 apenas foram sobre o mensalão, todos em decorrência da decisão recente do TCU (Tribunal de Contas da União) de considerar regulares as contas do BB no período Pizolatto. Cinco deles, reprodução de matérias de jornais. Duas deles, de leitores analisando o papel dos ministros do TCU.

Outros dois, minimizando o relatório do TCU: um, a nota do próprio TCU, outra, matéria do Globo informando que o Procurador Geral da República não se deixaria influenciar pela decisão do TCU. Em relação às eleições, 11 posts, dentre os últimos 300. Desses, 6 de jornalões e portais; um de site de esquerda; dois do blog, sobre a tropa de choque de Serra e sobre a foto ridícula dele no skate. Dentre os 11, um do Globo com Serra acusando os blogs. O que Serra pretende é calar qualquer voz crítica em relação a ele, como usualmente faz com jornalistas da própria velha mídia.

4 comentários em “A tentativa de Serra de intimidar seus críticos

  1. Não gosto de política e muito menos de opinar sobre. Voto com a intenção de melhoras. Ano eleitoral é mais chato que ouvir as promessas de nossos dirigentes esportivos.

  2. A decisão do TCU considerando regulares as contas desse pizzolato foi um absurdo jurídico escabroso.

    A relatora do acórdão a ministra Ana Arraes, proferiu voto que contrariou o parecer técnico dos auditores do TCU e do Ministério Público junto ao TCU e considerou regulares as transações envolvendo a empresa DNA publicidade, do marcos valéiros, e o BB.

    Agora o pior de tudo foi a tese juridica que a ministra defendeu: uma lei publicada em 2010 retroage para disciplinar um contrato firmado 5 anos antes, em 2005.

    Pra nos deixar ainda mais indignados a tese foi seguida unanimimente pelos ministros da casa.

    é meus amigos. a coisa tá feia.

    Quanto ao serra, esse cara vende até a mãe dele pra conseguir o que que na política.

  3. Se nossa politica tivesse um tribunal como tem o futebol que julga as ações dos atletas.

    Este Serra já era pra ser alijado, não sei como ele consegue ser candidato a cargos importantes pelo PSDB.

    Ele se pudesse e estivesse no tempo em que por qualquer coisa dava um cala boca em que não andasse na linha dele, seria um perigoso politico no nosso Brasil.

    Mas há quem goste dele, principalmente em SÃO PAULO, a terra do MALUF e do PALHAÇO E DEPUTADO TIRIRICA.

  4. Não defendendo o PSDEBISTA José Serra, mas citar comentários de Luis Nassif, jornalista chapa branca, que sobrevive dos fundos de pensão pagos pelo governo, é algo constrangedor para um blog que certamente recebe vários acessos diários. Textos desse tipo jornalista como Luis Nassif, devem ser ignorados, não seja inocente ou passivo.

Deixe uma resposta