Mais um adiamento no caso Moisés

Depois de confirmada a contratação do meia Lúcio e do volante Simão, a diretoria do Paissandu se volta para solucionar o imbróglio com o atacante Moisés. A audiência que estava marcada para esta quarta-feira foi adiada para o próximo dia 17, mas a Justiça pode anunciar uma decisão sobre a ação movida pelo jogador – que pleiteia rompimento de contrato e indenização superior a R$ 2 milhões, alegando a falta de recolhimento de encargos sociais. O acordo entre clube e jogador, que parecia bem encaminhado, acabou frustrado porque os advogados de Moisés duvidaram do valor anunciado como oferecido pelo Internacional pelo empréstimo do atleta. O presidente Luiz Omar Pinheiro garante que a proposta é de R$ 15 mil e os advogados desconfiam que o valor chega a R$ 300 mil. Moisés tem, por contrato, direito a 15% de toda e qualquer transação que o envolver.

4 comentários em “Mais um adiamento no caso Moisés

  1. Parabéns as pesoas que gostam de tumultuar o ambiente, grato pela situação, onde, os que estavam descansando agora colocam suas arrogâncias de fora. Uma pena, e olha que demora para aparição de um outro MOISÉS. Não podemos procurar o culpado, apenas como tudo na vida é um grande aprendizado, que sirva de lição, nos meios legal, o que não faltam são brechas para reclamantes à reclamados. Contudo, o que parecia uma grande despedida com acesso à série B, agora fica a frustração e uma grande mancha derramada em seu currículo. Mas para nosso presidente LOP, fale o disse Sócrates: “Sábio é aquele que conhece os limites da própria ignorância”

    Curtir

  2. NÃO SOU torcedor do Paysandu, mas posto meu humilde comentário: tem muito atleta que vê no fato de jogar em clube de massa do Pará, como Paysandu e Remo, a oportunidade de fazer sua independência financeira. Não sei se é o caso do atleta em questão, mas que o oportunismo existe, isso existe, e muitas vezes em função da gestão amadora de tantos que dão azo ao azar (desculpem-me pelo trocadilho infame). Repito: não posso afirmar se é o caso. Não é exclusividade do Pará, e aqui no Paraná, o clube de mesmo nome está falido, segundo dizem as emissoras de rádio locais. Mas no Pará, o pessoal abusa do direito de errar.

    Curtir

  3. LOP ganhou a causa, melhor dizendo, o Paissandú. Agora pelos prejuízos causados ao clube, os empressários devem ser processados. Gibe neles LOP.

    Curtir

  4. A Juíza definiu:Moisés-o traidor é do Papão!

    E que Luis Omar o mande embora o mais rapidamente possível,não podemos perder o foco da subida a série B.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s