Aleilson, de Marabá para o mundo

Por Mariuza Giacomin

Após passar pelo Flamengo (RJ) e se destacar no Olaria (RJ), o atacante Aleilson, revelado pelo Águia, visitou Marabá na última semana onde pôde rever amigos e familiares. Na oportunidade, o jogador aproveitou para acompanhar a partida do Azulão contra o Santa Rosa e revelou que seu empresário deve acertar nos próximos dias sua saída para o futebol internacional. O jogador anunciou que seu empresário Francisco Araújo seguiu para Austrália, Portugal e Turquia para avaliar propostas de equipes desses países. Acrescentou que tem propostas no Brasil, como Palmeiras, Goiás, Atlético Paranaense e Juventude, porém prefere jogar no exterior porque economicamente promete ser melhor.
Aleilson disse que não imaginava que sua vida desse toda essa reviravolta por causa do futebol, principalmente depois que saiu do Flamengo. Ele está há cerca de seis meses no Olaria com contrato até o final deste ano. Segundo o jogador, seu salário permanece o mesmo desde que saiu do Águia, quando foi para o Flamengo recebendo R$ 10 mil, mas recebe um extra do empresário e fecha numa média de R$ 20 mil por mês. “Graças ao futebol já pude realizar um sonho, que era construir uma casa. Fiz isso em Morada Nova, onde mora minha esposa Daiane e minhas filhas Daiene e Danieli e também consigo ajudar meu pai”, comemorou Aleilson.
Revelado pelo Águia após marcar um gol contra o Fluminense na vitória azulina pela Copa do Brasil, o veloz atacante também guarda muita gratidão ao técnico Dé, do Olaria. “O Dé me deu muitas oportunidades e tenho muito a agradecê-lo, pois sempre acreditou em mim. Ele viu minha dificuldade de finalização e sempre ficava trabalhando esse ponto fraco comigo. Hoje acredito que tenha melhorado consideravelmente em relação ao tempo que jogava em Marabá”, avaliou.
Apesar do momento feliz que vive na sua carreira profissional, Aleilson lamenta não ter feito um gol contra os grandes do Rio, como Flamengo, Botafogo e Fluminense durante o Carioca. Por outro lado, ele elege como o momento mais especial na sua passagem pelo futebol carioca o gol marcado contra o América, que ajudou a levar o time para a final da Copa Moisés, que aponta o campeão do interior do Rio. Na decisão, o Olaria venceu o Boa Vista por 4 a 1, quando o marabaense também deixou sua marca.

6 comentários em “Aleilson, de Marabá para o mundo

  1. Falta para os dirigentes e tecnicos locais essa percepção para com jogadores locais promissores. Com raras excessões alguns são reconhecidos, mas em vezes picuínas como LOP fez com Dadá e Mael, perdermos. Quando aqui permanecem, elogios mal colocados ou condutas indevidas por parte do atleta põe tudo a perder.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s