Por indisciplina, Petkovic é afastado no Flamengo

Até uma vitória histórica como a do Flamengo sobre o Fluminense, domingo, pode provocar mal-estar e acessos de estrelismo. Foi o que aconteceu com o meia Petkovic, que, ao que tudo indica, não deve seguir mais no clube, a não ser que o diretor de futebol, Marcos Braz, mude de ideia. O sérvio não gostou de ser substituído no intervalo do clássico, arrumou suas coisas e foi embora do Maracanã. O psicólogo Paulo Ribeiro e Marcos Braz tentaram, em vão, demovê-lo da ideia. Antes de sair, Pet ainda discutiu rispidamente com o dirigente, com muitos palavrões de ambos os lados. Depois, Braz avisou ao técnico Andrade que afastará o jogador nesta segunda-feira. Caso não haja uma reviravolta, Petkovic deve passar a treinar separadamente. Não foi a primeira vez que o sérvio causou desconforto no grupo. Já no Brasileiro de 2009, no qual foi protagonista, diferentemente do clássico desse domingo (quando teve atuação discretíssima), o meia mostrou-se, nos bastidores, incomodado com os holofotes voltados para Adriano. Famoso pela intransigência nas negociações salariais, o meia também criou atrito ao passar por cima do que o capitão e goleiro Bruno havia combinado com a direção do clube e cobrou um valor maior de bichos.

Um comentário em “Por indisciplina, Petkovic é afastado no Flamengo

Deixe uma resposta