Papão enfrenta ex-funcionários na Justiça

Três ex-funcionários do Paissandu cobram indenizações trabalhistas na Justiça. São o goleiro Ronaldo, o lateral Rafael Vieira e o auxiliar técnico Mariozinho. As reclamações são idênticas: salários atrasados, encargos trabalhistas não pagos e multas por rescisões contratuais. As ações somam mais de R$ 2,3 milhões.

Ronaldo terá a primeira audiência contra o clube no dia 14 de janeiro de 2010, reivindicando R$ 996.965,21. Já Mariozinho, que pede R$ 57.837,76 mil em salários atrasados, terá audiência no dia 19 de janeiro. A última audiência será a de Rafael Vieira, que cobra 1,3 milhão de reais.

Um comentário em “Papão enfrenta ex-funcionários na Justiça

Deixe uma resposta