E assim caminha a humanidade

Quatro meses parado após ser demitido do Chelsea, em fevereiro deste ano, o técnico Luiz Felipe Scolari confirmou nesta terça-feira que vai comandar o Bunyodkor, do Uzbequistão, com o qual assinou um contrato de 18 meses. Ele assume o clube no dia 1º de julho. Felipão chegou a ser sondado pelo Benfica e pela seleção de Angola, mas resolveu assinar com o Bunyodkor, que tem como grande astro o brasileiro Rivaldo, destaque da seleção brasileira campeã na Copa-2002. No ano passado, o time uzbeque teve como técnico outro brasileiro, Zico.

Vamos às explicações de Felipão para assumir o abacaxi: “A ideia do presidente da equipe, o projeto do estádio, sete campos de treinamento, a forma como o clube está enfocando uma nova realidade futebolística no Uzbequistão”. 

Revelou também que pensa em trabalhar por mais quatro ou cinco anos, e que deve voltar ao Brasil ou ao futebol europeu após o ano e meio no Uzbequistão. “Poderá surgir algum projeto na Europa, mas também existe uma grande possibilidade de voltar em 2010 ou 2011 a trabalhar numa equipe brasileira e então já pensar em uma situação de permanência no Brasil”, concluiu.

Após fazer sucesso em clubes como Grêmio, Palmeiras e Cruzeiro, Scolari assumiu a seleção brasileira antes da Copa-2002, quando levou o time ao seu quinto título mundial.

Fica a impressão de que o treinador perdeu mercado depois da passagem ruim pelo Chelsea. Como ainda não quer voltar ao Brasil acaba forçado a aceitar um projeto periférico, como esse time obscuro do obscuro Uzbequistão, que nem Zico considerou uma boa pedida.

7 comentários em “E assim caminha a humanidade

  1. Gerson, o Felipao estava nas tribunas no jogo contra o Japao pelas eliminatorias, assistiu ao jogo na companhia de Rivaldo.

    O Bunyodkor tem como unico projeto participar do Mundial de Clubes, o dono do time e’ empresario do petroleo(ta cheio desses por aqui!)
    felipao deve ter levado uma bolada no contrato isso sim, esse papo de projeto e’ o que nao conta para ele. O Chelsea em vez de “encher” seu curriculo ,atrapalhou.

    Se vier a enfrentar o Kashima pela liga dos Camp. da Asia do Osvaldo de oliveira & Danilo e entrar no cacete pode enrolar o diploma

    1. Não tenha dúvida, Harold. É um projeto financeiro do Felipão, que vai trabalhar por lá até 2013 e aí volta ao Brasil para comandar a Seleção em 2014. Se Dunga não ganhar o hexa na África do Sul…

  2. Não é só impressão não, Gerson, o Felipão perdeu terreno e tá apelando demais. menos mal que pelo menos vai encher os bolsos.

    1. É, Diogo, infelizmente o Felipão perdeu espaço com o mau passo no Chelsea. Duvido muito que tenha nova chance no futebol europeu de ponta.

  3. FELIPÃO…. Ainda acho que ele “É O CARA!”. Ser “O CARA”, não necessariamente é ser “UM BRUCUTU!”. rsrsrsrs…. Portanto: VOLTA FELIPÃO!

    1. Sylvio,
      Acho que o Felipão enrolou a bandeira. Depois dessa decadência, volta rico pro Brasil e acaba dirigindo o Grêmio de novo.

Deixe uma resposta