Leão se reencontra e goleia

POR GERSON NOGUEIRA

Intensidade nas jogadas, ocupação de espaços e transição eficiente. Nem parecia o Remo dos seis empates no campeonato. A performance do time de Paulo Bonamigo diante do Caeté surpreendeu e encantou a torcida, sendo premiada com a merecida goleada de 4 a 0.

Assim que a bola rolou, o Remo partiu com fúria e apetite em direção ao gol, disposto a apagar o passado recente. Depois de várias tentativas agudas, a determinação foi recompensada logo aos 18 minutos.

Após um cruzamento alto, Uchoa desviou de cabeça e achou Brenner livre à altura da pequena área. Ele dominou e bateu fora do alcance do goleiro André. Aos 24’, Ricardo Luz cruzou na medida e Erick Flores chegou em velocidade para cabecear e aumentar para 2 a 0.

Apenas 11 minutos depois veio o terceiro gol. Bruno Alves apanhou a bola pelo lado direito e invadiu a área driblando dois marcadores. Disparou um chute seco, rasteiro, no canto direito. A única chance do Caeté no primeiro tempo veio aos 38’, quando Keoma recebeu na área, mas chutou longe.

Josué Teixeira fez três substituições no Caeté, mas não conseguiu mudar a história do jogo. Foi à frente por alguns minutos, mas acabou abrindo espaços e levou o quarto gol aos 12 minutos. Erick Flores, novamente jogando em alto nível, tocou para Bruno Alves, o melhor da noite.

O ponta avançou em direção à área, driblou a marcação e chutou forte, de curva, para marcar 4 a 0. A primeira goleada do Remo no Parazão e a partida que marcou a reconciliação do time com a torcida, que saiu satisfeita e aplaudindo a saída dos jogadores, pela primeira vez. (Fotos: Samara Miranda/Ascom Remo)

Favorito, Papão encara o destemido Boto

O último treino do PSC, ontem, não definiu mudanças no time para o jogo com o Tapajós. Os 11 gols sofridos em três partidas seguem a pesar sobre os ombros do sistema defensivo, mas é improvável que o técnico Márcio Fernandes faça substituições no miolo da zaga.

Marcão e Genilson devem seguir como titulares, apesar das críticas ao desempenho da dupla nos últimos jogos. Na prática, o técnico não muda porque não tem muitas alternativas. Contra o CSA, na semana passada, ao trocar Marcão por Heverton, a emenda saiu pior que o soneto.

Para o confronto decisivo de hoje, o PSC tem a vantagem de jogar pelo empate, pois derrotou o Tapajós por 4 a 3 no jogo de ida. Se quiser modificar o ataque, Márcio Fernandes tem a opção de Robinho para o lugar de Marlon ou Dioguinho.  

Tem a alternativa de retornar com João Paulo na lateral esquerda e Mikael no meio-campo. Ambos não atuaram no primeiro jogo por conta de desgaste físico. O meio-campo, porém, deve continuar com a mesma formação: Bileu, Ricardinho e José Aldo.

Franco-atirador, o Tapajós vai tentar a façanha de eliminar os bicampeões estaduais. A atuação de domingo deixou o time entusiasmado, apesar da derrota. Ficou a certeza de que, com esforço de marcação e movimentação constante, é possível obter um bom resultado na Curuzu. Além disso, o time terá o retorno do atacante Tárcio, que estava suspenso.

Águia volta às semifinais após 10 anos

Em jogo castigado pelos erros de passe e um futebol voltado apenas para a marcação, Castanhal e Águia fizeram uma continuação sem retoques da primeira partida. Tudo exatamente igual: os chutes tortos, as faltas ríspidas e a ausência de qualidade. A única diferença é que, desta vez, o gol saiu.

O primeiro tempo foi sofrível, com poucas oportunidades de gol. No segundo tempo, sob chuva, o placar finalmente foi movimentado. Aos 30 minutos, após cruzamento rasteiro na área, a zaga do Japiim deu rebote e Luan Parede aproveitou, mandando para as redes.

Com a vitória, o Águia volta às semifinais do Estadual, condição que não alcançava há 10 anos. Garantiu vaga na Copa do Brasil e na Série D 2023. Eliminado, o Japiim corre o risco de ficar sem calendário em 2023.

Qatar pode não ver melhores goleadores em ação

Daqui a sete meses, o mundo só vai falar na Copa do Qatar. Curiosamente, o gol pode ser artigo raro no torneio deste ano, para azar de quem gosta de bom futebol. Do Top 10 dos artilheiros da temporada europeia apenas três estão garantidos na competição: Vlahovic (Sérvia), Benzema e Bem Yedder, ambos da França.

Os noruegueses Omoijuanfo e Olsen já estão fora. Até o atual líder da Chuteira de Ouro, Robert Lewandowski, corre sério risco. Sua Polônia vai disputar a repescagem europeia, mesma situação de Patrick Schick, da República Tcheca, e de Cristiano Ronaldo, de Portugal.

É o caso de se dizer: azar da Copa.

(Coluna publicada na edição do Bola desta quarta-feira, 23)

4 comentários em “Leão se reencontra e goleia

  1. Sou um otimista com a fase atual do Remo. Contas em dia, planejamento pragmático, CT, um grande treinador e o Baenão recebendo jogos novamente. Faz pouco tempo que temos tudo isso. Temos um centroavante que é centroavante mesmo e um time evoluindo. O potencial está demonstrado, mas é necessário manter a pegada exibida ontem, eis o desafio para que as boas apresentações se tornem rotina.

    Curtir

  2. Acompanhando pela internet o comentário de Gerson Nogueira, devo dizer que no início eu não acreditei muito em Marlon como zagueiro – creio que a maioria da torcida azulina também não levava fé. Em função da idade dele, a minha ideia é que ele deveria ter se deslocado para volante, como costuma acontecer a alguns laterais.
    Mas, como a necessidade é a mãe da invenção, ele precisou ser transferido para a zaga. Era para ser uma situação temporária, emergencial. Eu desconhecia o fato de que ele começou nessa função.
    É preciso dar a mão à palmatória e reconhecer que Marlon se revelou um zagueiraço, ao menos ao nosso nível de futebol, com todas as qualidades comentadas pelo amigo Gerson, apresentadas no jogo de ontem.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s