Leão põe duas bolas na trave, mas perde para o Bota no Baenão

Remo x Botafogo; Chay

Foi um resultado injusto para o Remo no Baenão na noite deste sábado, 4. Apesar de desfalques importantes – Kevem, Lucas Tocantins, Romércio e Erick Flores -, o time paraense foi melhor em grande parte do jogo, criou mais oportunidades e merecia pelo menos o empate. Em jogo equilibrado, sofreu o gol em lance descuidado na zaga, mas pressionou até o fim chegando a carimbar duas vezes a trave alvinegra. Warley foi o autor do gol, aos 19 minutos do segundo tempo, quando o jogo era bastante nivelado.

O primeiro tempo foi de muita luta no meio-campo, poucas chances claras de gol e predomínio dos sistemas de marcação. O Remo começou mais desenvolto arriscando pontadas pelo lado esquerdo do ataque. Victor Andrade teve boa oportunidade logo aos 5 minutos, mas no restante da etapa inicial o Botafogo desenvolveu melhor o balanço ofensivo, com finalizações de Joel Carli, Rafael Moura e Marco Antônio. Nos instantes finais, o Botafogo recuou e o Remo impôs pressão, mas acabou falhando nos arremates.

Ao contrário da primeira metade, o segundo tempo foi movimentado e cheio de alternâncias. Rafael Jansen levou com um chute de fora da área aos 5 minutos. O Botafogo explorava os contra-ataques, mas não levava perigo. No primeiro chute a gol no segundo tempo conseguiu o gol. Aos 19′, em jogada de Pedro Castro pela esquerda, a bola foi cruzada na área, passou por Rafael Moura e chegou a Warley. Ele chutou a bola bateu em Marlon e no rebote acertou um chute no canto direito do gol de Vinícius.

Como o Botafogo se encolheu, o Remo partiu para buscar o empate, e quase conseguiu. Aos 23′, Lucas Siqueira acertou um cabeceio forte no travessão de Diego Loureiro. O cerco se intensificou a partir dos 30′, depois que Felipe Conceição trocou Artur por Jefferson. Rafinha mandou um chute cruzado com perigo.

Novas mudanças no Remo, tornando o time mais agressivo. Wallace entrou na vaga de Igor Fernandes e Tiago Mafra substituiu Gedoz. Aos 44′, outra bola na trave alvinegra em chute de Jefferson após cruzamento de Jansen. O Botafogo se fechava, mas o Remo cercava a área. Aos 52′, três chances claras num só lance. Começou com um cabeceio de Marlon que o goleiro rebateu nos pés de Ronald, que chutou duas vezes e a bola não entrou.

Com o resultado, o time carioca chega à 3ª posição da tabela, com 38 pontos, mesmo número do Goiás, quarto colocado, que encerra a rodada na terça, em partida com o Cruzeiro. O Remo, por sua vez, permanece no 12º lugar, com 27 pontos, mesmo número do Brusque.

5 comentários em “Leão põe duas bolas na trave, mas perde para o Bota no Baenão

  1. Gerson boa análise, fiquei mas puto com o Remo no jogo contra o Brasil do que contra o Bota. Sofremos um gol besta, mas os caras souberam aproveitar, já o Remo me perde uma carrada de gols por pura incompetência. Como o Lucas cabeceia aquela bola em linha reta? Até eu quando jogava bola no caminho do DNER no entroncamento, saberia que aquela bola tinha que cabecear pra baixo. Aquela sequência de chutes ao gol só demonstra a ansiedade inimiga da efetividade. Demos sorte ainda estamos em 12o, isto se o Cruzeiro não ganhar do Goiás. Entretanto precisamos vencer o Vitória pois caso contrário poderemos cair umas 3 posições.

    Curtir

  2. Difícil comentar um jogo em que os clubes do coração se enfrentam. Quando um ganha, é alegria e tristeza simultânea. O Remo não merecia perder. O resultado mais justo seria o empate, se é que há justiça no futebol. Que os engenheiros de obra feitas não venham agora dizer que o técnico azulino tardou em substituir jogadores ou deveria fazer isso ou aquilo. O Remo foi valente, levou um gol inusitado e a bola só não entrou a seu favor, no final da partida, por puro capricho dos deuses do futebol. Que o ânimo não tenha sido afetado com a derrota e nos próximos jogos parta pra cima dos adversários com a mesma vontade e, quem sabe, com seus melhores jogadores já recuperados.

    Curtir

  3. É triste ver esse amor platônico do técnico pelo Gedoz,o cara passa o jogo todo tocando a bola para o lado, se for para fazer isso tem um monte aqui no futebol paraense, as melhores partidas do Remo foi com Gedoz fora, será que estão esperando a vaca ir para o brejo???? Gedoz é banco gente, nada mais que isso.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s