Apesar da variante Delta, FPF e clubes aprovam volta de público aos estádios do Pará

Martelo batido: estádios do Pará vão ter 30% da capacidade liberada - Crédito: Divulgação/FPF

Reunião realizada na tarde desta quinta-feira, na sede da Federação Paraense de Futebol, decidiu pela volta das torcidas aos estádios de Belém. O encontro reuniu representantes da Secretaria de Estado de Saúde (Sespa), da Secretaria de Esporte e Lazer (Seel), órgãos de segurança, Prefeitura de Belém, Ministério Público, FPF e representantes de Remo e Paysandu. A decisão dependerá dos protocolos sanitários e da aprovação final da CBF para as competições nacionais. De maneira geral, as autoridades médicas desaprovam o retorno imediato de torcidas levando em conta os riscos de uma terceira onda da pandemia, provocada pelo avanço da variante Delta.

O vice-presidente da FPF, Maurício Bororó, informou que o decreto estadual – a ser publicado nesta sexta-feira, 27 – vai determinar a liberação de 30% da capacidade dos estádios. “Assim que o decreto for publicado, vamos enviar nossos protocolos para o governo do Pará, prefeituras de Belém, Paragominas e Castanhal. Na primeira semana de setembro, a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) vai reunir com todos os clubes do Brasileirão e, caso a votação seja para liberar a presença de público, o Pará voltará a receber torcedores”, disse.

A decisão vale também para as competições estaduais, como a Segunda Divisão do Campeonato Paraense, que já poderá ter público pagante. Caso a CBF aprove os protocolos e delibere pelo retorno de público nas competições nacionais, os jogos de Remo (Série B), PSC (Série C), Paragominas e Castanhal (Série D) podem ter a presença de torcedores a partir do mês de setembro.

O passo dado pela FPF, com apoio dos clubes, pode esbarrar na deliberação da CBF quanto à uniformidade de decisões sobre a presença de público nos estádios. Em reuniões de seu conselho técnico, para todas as divisões nacionais, a entidade tem defendido que a retomada só será aprovada caso valha para todos os clubes e cidades. Recentemente, Belo Horizonte liberou a presença de público para jogos do Atlético-MG e Cruzeiro, mas a Prefeitura resolveu rever a posição e voltou a proibir a abertura dos estádios.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s