Genocida multado: governo do Maranhão autua Bolsonaro por promover aglomeração e ignorar uso de máscara

Da revista CartaCapital

O governo do Maranhão, sob o comando de Flávio Dino (PCdoB), multou nesta sexta-feira 21 o presidente Jair Bolsonaro por desrespeito ao decreto estadual que institui medidas sanitárias em meio à pandemia do novo coronavírus. A passagem do presidente pelo Maranhão foi marcada por aglomerações e ausência de máscara, item obrigatório no Estado desde o início da crise sanitária.

O presidente Jair Bolsonaro durante passagem por Senador La Rocque, no Maranhão, no dia 21 de maio de 2021. Foto: Isac Nóbrega/PR

No município de Senador La Rocque, Bolsonaro cumprimentou apoiadores, inclusive idosos, e pegou uma criança no colo. Antes, em Açailândia, promoveu aglomeração de militantes durante entrega de títulos de propriedade rural.

O chefe do Executivo nacional chegou ao Maranhão na quinta-feira 20, após inaugurar uma ponte que liga os municípios de Alto Parnaíba (MA) e Santa Filomena (PI). Nesta sexta, atacou Flávio Dino, a quem se referiu como “gordinho ditador”.

As atitudes de desrespeito às recomendações sanitárias estão documentadas. O próprio presidente publicou na internet registros do tumulto promovido por ele.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s