Ronaldo Porto, o repórter

Por Orly Bezerra, no Facebook

Pode ser uma imagem de 1 pessoa

Conheci o Ronaldo Porto em meados dos anos 70, quando eu iniciava minha carreira profissional na redação do jornal Liberal e ele, um pouco mais velho, vinha da Marajoara para a equipe de esportes da rádio Liberal. Éramos jovens, ainda cheios de projetos, desejos e impulsos. O Ronaldo sempre foi agitado, elétrico e extrovertido, daí que rapidamente ganhou a alcunha de locutor 40 Graus. Muito comunicativo e extrovertido, logo se tornou um dos bambambãs da locução esportiva, formando um time de primeira ao lado de Jaime Bastos, Cláudio Guimarães, Jones Tavares, Ivo Amaral, Zaire Filho e Guerreiro, entre outros. Mas o Ronaldo foi mais longe.

Além do sucesso nas jornadas esportivas, com a dinâmica característica, era polivalente e sempre estava presente nos grandes eventos, contribuindo com seu talento. Quem não lembra dos resultados do vestibular, na época em que a leitura do listão dos aprovados era uma verdadeira “guerra” pra ver quem acabava primeiro? E nesse ponto o Ronaldo era insuperável: leitura rápida com locução firme e compreensiva.

Nas cerimônias, sejam de que forma for, lá estava o Ronaldo com seu charme de apresentador. Depois abraçou a carreira televisiva com grande sucesso na TV RBA , estrelando vários programas por muitos anos. O tempo passou e , mesmo à distância, até por dever de ofício, nos encontrávamos vez por outra. E os nossos encontros sempre foram festivos, a não ser em um momento quando nos estranhamos , fato que, felizmente, foi logo superado.

O Ronaldo construiu uma legião de amigos e fãs em vida. E a prova disso está nas mais diversas manifestações e homenagens que vem sendo feitas pra ele, desde quando foi acometido por essa terrível doença, que acabou por tirar-lhe a vida. E hoje, abatido pela triste notícia, fiquei aqui pensando na trajetória de mais um amigo que a gente perde nessa batalha desigual devido a essa pandemia. E queria registrar um fato que pouca gente sabe, mas que sempre foi motivo de muito orgulho para o Ronaldo. Falo do Ronaldo repórter.

Sim, era um 6 de agosto de 1978, data marcante no cenário mundial. Dia do falecimento do Papa Paulo VI. Naquele dia, ou melhor naquela final de noite e início da madrugada, o Ronaldo voltava de uma noitada com amigos. Chegando carro, costume caraterístico de quem trabalha com notícia , ligou o rádio. Eis que no dial sintonizado , em um noticiário retransmitido de uma emissora de fora, era dada a notícia em edição extra da morte do Papa Paulo VI.

Não acreditando no que ouvia e ainda meio grogue pelos efeitos da noitada, Ronaldo não contou conversa: foi direto para a redação do jornal O Liberal, que funcionava na Gaspar Viana, no prédio que foi da Folha do Norte. Naquela hora, já por volta das 2h da manhã, a edição do dia seguinte estava na oficina pronta pra ser impressa. Numa hora dessa o repórter não se conforma. E o Ronaldo não se conformou. Ligou da portaria do jornal (ainda não tínhamos celular naquela época) para a casa do Cláudio Augusto de Sá Leal, que comandava a redação.

Naquela altura, com a voz um pouco “atrapalhada” e agitada, do outro lado da linha o Leal ficou meio incrédulo com a narrativa daquele locutor esportivo, louco pra dar um “furo” jornalístico, numa época em que a redação brigava muito pra ter uma notícia exclusiva. Pra desespero do pessoal da oficina, que sempre queria rodar o jornal mais cedo possível, a edição foi mudada com a manchete do Liberal do dia seguinte anunciando a morte do Papa Paulo VI. Um senhor furo, já que, devido o horário, o Liberal foi o único jornal impresso do país a sair com notícia, um senhor furo nacional. Esse “furo” é teu, Ronaldo.

Quando cheguei no Liberal, antes das 7h pra começar o trabalho da chefia de reportagem, encontrei o Ronaldo amanhecido na portaria. Estava se deliciando da edição quentinha , que acabara de sair com o firo da morte do Papa.
Como uma mãe baba sobre uma cria…

Que descanse em paz, amigo!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s