Cuba reage a Trump: “governo desacreditado, desonesto e moralmente falido”

Em seus últimos dias de atuação, o governo do presidente Donald Trump resolveu colocar Cuba em sua lista de “Estados patrocinadores do terrorismo”. O país havia sido retirado do documento durante o mandato de Barack Obama, em 2015, como parte do processo de reaproximação da relação bilateral. O Ministério das Relações Exteriores de Cuba condenou “nos termos mais veementes e absolutos a fraudulenta qualificação” e chamou o ato do governo americano de “cínico e hipócrita”.

O anúncio feito pelo secretário de Estado Michael Pompeo, de acordo com o ministério cubano, “constitui um ato soberbo de um governo desacreditado, desonesto e moralmente falido”. A nota diz ainda que “é sabido, sem dúvida, que a verdadeira motivação para esta ação é impor obstáculos adicionais a qualquer perspectiva de recuperação nas relações bilaterais entre Cuba e os Estados Unidos”.

O secretário de Estado americano, Mike Pompeo, disse em comunicado, nesta segunda-feira (11), que “o Departamento de Estado designou Cuba como Estado Patrocinador do Terrorismo por apoiar repetidamente atos de terrorismo internacional, fornecendo refúgio seguro a terroristas”. (Da Revista Fórum)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s