Leão agride pouco e fica no empate com o Londrina

Londrina x Remo

A abertura da segunda fase da Série C registrou um empate sem gols entre Londrina e Remo, no estádio do Café. O jogo foi mais intenso no primeiro tempo, com boas chances de lado a lado – o Leão chegou a ter um gol anulado em chute cruzado de Hélio Borges -, mas o tempo final foi fraco tecnicamente. Times pareciam cansados e os erros prevaleceram. O resultado agradou aos remistas, que conquistaram um ponto fora de casa. Ficou, porém, a sensação de que o time poderia ter agredido mais em busca da vitória.

Nos primeiros movimentos, o Londrina forçou mais, até os 15 minutos. O Remo começou a sair com mais intensidade e chegou a ameaçar com Marlon e Hélio. O Tubarão teve três oportunidades seguidas. A primeira com Matheus Bianqui recebendo na área e finalizando para o corte de Mimica. Aos 35, o meia Adenílson mandou uma bomba, e Vinícius espalmou. Em seguida, Marcondes pegou a sobra após escanteio e mandou na trave.

O Remo foi à frente e deu a resposta no lance seguinte. Hélio chutou cruzado, Tcharlles escorou para as redes, mas o gol foi anulado por impedimento.

Depois do intervalo, o Remo voltou sem Hélio, substituído por Augusto. A mudança, de ordem técnica, desmontou um dos lados mais fortes da equipe. Mas coube ao Leão a primeira grande oportunidade. A bola chegou a Felipe Gedoz, que chutou por cima do gol.

Logo em seguida, Julio Rusch foi substituído por Charles e Marlon saiu, lesionado, para a entrada de Dudu Mandai. O Remo foi se desfigurando e piorou ainda mais com a saída de Gedoz, substituído por Carlos Alberto, e de Tcharlles por Gustavo Ermel.

O jogo caiu de nível técnico, com muitos erros de passe e excesso de faltas no meio-campo. O Londrina pressionou aos 33′, com Gedeílson invadindo pela direita e tocando na área, mas ninguém apareceu para finalizar. Pouco agressivo, o Remo chegou bem aos 37′ com Salatiel tocando para Ermel na área, mas o atacante disparou um chute torto, longe do gol.

Na próxima rodada, domingo (20), o Remo disputa o clássico com o Paissandu, no Mangueirão, às 18h.

3 comentários em “Leão agride pouco e fica no empate com o Londrina

  1. Se o primeiro tempo do jogo não foi lá essas coisas, o segundo foi horroroso. Do meio pra frente o Remo não funcionou. Teve algumas cobranças de faltas a seu favor próximas da linha da grande área, mas Gedoz parece ser o dono da bola. Quis cobrar todas e todas que cobrou a bola parou na barreira. Durante todo o jogo foi improdutivo. Por mais sério e competente que um treinador seja, e Bonamigo é um desses, há sempre uma baranga na lista de intocáveis.

    Curtir

  2. O Remo jogs fora por uma bola, fica muito na defensiva apesar de jogar com três atacantes, apesar de basicamente só marcarem, ficam longe do Salatiel que isolado não recede bola, falta mais um meia de armação o Gedoz até que tentou, Mas sozinho sm ninguém para trocar passes sumiu no segundo tempo, não entendi a saída do Hélio Borges, no primeiro tempoera quem mais lavava perigo ao ataque, time do londrina é fraco e se não fosse o Vinicius salvando em duas grandes defesas, o Remo ponderia ter saido derrotado, precisa melhorar muito a parter de transição entre o meio e o ataque, existe um buraco imenso jogando só com um homem de armação, se tivesse agredido mais como fez no final do primeiro tempo, poderia saido com a vitória.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s