Edmilson vence eleição contra candidato de Bolsonaro em Belém

Imagem

Com uma diferença de 36 mil votos, o deputado federal Edmilson Rodrigues (PSOL) foi eleito prefeito de Belém neste domingo (29), conquistando 51,75 dos votos válidos contra o Delegado Federal Eguchi (Patriota), que obteve 48,25% dos votos. A abstenção foi de 20,77% e se manteve na média.

Edmilson obteve 388.839 votos contra 358.772 de Eguchi, que recebeu o apoio do PSDB no segundo turno e era declaradamente o candidato de Jair Bolsonaro na eleição de Belém. Edilson Moura (PT) é o vice-prefeito eleito.

Edmilson Rodrigues tem 63 anos e é professor universitário. Volta ao cargo de prefeito depois de 16 anos. Antes, governou a capital por dois mandatos, quando ainda pertencia ao PT.

Imagem

A vitória de Edmilson é também a do agrupamento de partidos de esquerda de Belém, que abraçaram a causa e apoiaram decididamente a candidatura psolista. A frende formada por PSB, PDT, PV e o PT foram decisivos ao longo da campanha do PSOL, que contou ainda com o apoio expressivo de setores do MDB, do governador Helder Barbalho.

Edmilson teve também maciça participação de sindicatos, entidades classistas, lideranças comunitárias, artistas e produtores culturais. Os ataques, na forma de fake news, foram o destaque negativo da campanha. Até o kit gay utilizado na eleição de Bolsonaro foi reeditado para desgastar a candidatura de Edmilson.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s