Técnico ameniza rusgas do passado e afirma que “instituição PSC está acima das pessoas”

Quase 80% dos internautas reprovam a demissão de João Brigatti no Paysandu  | paysandu | ge

O Paissandu negocia o retorno do técnico João Brigatti. O treinador paulista de 56 anos disse pela manhã que conversa com a diretoria do clube, mas que as tratativas ainda não foram finalizadas. Ele comandou o PSC na reta final da Série B de 2018, quando não conseguiu evitar o rebaixamento, e teve o contrato renovado para 2019. No Campeonato Paraense, com exceção das vitórias contra São Francisco e diante do Remo, o Papão estava invicto quando ele foi demitido, de forma inesperada, pelo presidente Ricardo Gluck Paul, em março daquele ano.

Na época, Brigatti saiu atirando. Disse que a demissão havia partido do mandatário bicolor, que alegou não perceber evolução do time no início da temporada. Depois, Ricardo afirmou que o técnico queria falsificar um atestado médico para não ter a responsabilidade de tirar o zagueiro Micael do primeiro clássico do Parazão, vencido pelo Papão por 3 a 0.

Em resposta, o técnico chamou Ricardo de “pseudo presidente”. A respeito disso, ele diz agora que “a instituição Paissandu está acima de qualquer pessoa. Gosto demais de trabalhar em Belém e sempre serei muito grato ao clube”. (Com informações do GE)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s