Rádio comunitária Urucará sofre atentado e tem equipamentos destruídos

Na madrugada desta terça-feira (20), a sede da Rádio Comunitária Urucará 104.9 FM, localizada no arquipélago do Marajó, foi alvo da ação criminosa de invasão e destruição de equipamentos, num violento atentado à liberdade de expressão e ao direito humano à comunicação no Pará. Segundo a presidente da Associação Comunitária de Comunicação de Portel, foram danificados todos os equipamentos da emissora, como: microfones, mesa de áudio, computadores, transmissor, cabos e conectores. O valor estimado do prejuízo seria R$30 mil. No entanto, “o maior prejuízo foi causado à população do município que ficou privada do direito à informação”, comentou.

A denúncia foi registrada e a Polícia Civil de Portel iniciou as investigações sobre o ataque e destruição dos equipamentos da Rádio Comunitária Urucará FM, avaliando preliminarmente o caso como “um atentado político”, O Invasor teria cortado os cabos e roubado três câmeras do sistema de vigilância, mas não levou o HD contendo imagens que serão usadas em sua identificação.

O criminoso vestia “camisa vermelha com capuz, calça preta e boné. Além de praticar a destruição dos equipamentos, realizou várias inscrições com spray no estúdio das siglas “CV” (Comando Vermelho) e “TD2” (TUDO 2, que na linguagem das facções significa “Tudo na paz ou tudo tranquilo”). No entanto, segundo informações obtidas pela Polícia Civil, a organização criminosa “Comando Vermelho (CV)” não tem histórico de atentado contra emissoras de rádio.

MOTIVAÇÃO DO CRIME

A Polícia trabalha com a hipótese de motivação política para o crime e que as inscrições são uma estratégia na tentativa de confundir as linhas de investigações. No entanto, acredita-se que seu objetivo era impossibilitar a transmissão da propaganda política no município. A emissora é responsável pela transmissão local do horário eleitoral obrigatório. Por isso, a cópia do Boletim de Ocorrência foi encaminhada ao juiz eleitoral, responsável pelo Cartório Eleitoral da 4ª Zona Eleitoral, comunicando a intercepção nas transmissões autorizadas pelo Tribunal Regional Eleitoral.

No dia 10 de outubro de 2018, durante o período eleitoral, a Rádio Educadora Comunitária de Gurupá também foi alvo de atentado político em contexto eleitoral. Agora a história se repete em Portel. A Rádio Comunitária Urucará FM 104.9MHZ opera há 20 anos, desenvolvendo a comunicação participativa, democrática e popular.

A Rádio Web Idade Mídia .Org (Comunicação para Cidadania) manifesta solidariedade à Rádio Urucará FM 104.9MHZ em nosso apoio para reativar a emissora e prosseguir na luta por uma comunicação dos Povos da Amazônia.

https://www.facebook.com/radioarucarafm

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s